Locus  

Alterações na adesão, viabilidade e morfologia de Pasteuria penetrans pela exposição a desinfetantes e antibióticos

Mostrar registro simples

dc.contributor Ferraz, Silamar
dc.contributor Oliveira, Rosângela D'Arc de Lima
dc.contributor.advisor Freitas, Leandro Grassi de
dc.creator Giaretta, Rosangela Dallemole
dc.date.accessioned 2017-04-26T18:29:15Z
dc.date.available 2017-04-26T18:29:15Z
dc.date.issued 2003-03-18
dc.identifier.citation GIARETTA, Rosangela Dallemole. Alterações na adesão, viabilidade e morfologia de Pasteuria penetrans pela exposição a desinfetantes e antibióticos. 2003. 54 f. Dissertação (Mestrado em Fitopatologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10157
dc.description.abstract Avaliou-se a ação dos desinfetantes álcool 70%, detergente neutro 5%, formol 10%, hipoclorito de sódio 0,5% de cloro ativo e dos antibióticos penicilina 200 mg/mL, estreptomicina 200 mg/mL e cloranfenicol 200 mg/mL, sobre a adesão e a reprodução de Pasteuria penetrans em Meloidogyne javanica. Bem como a ação direta de hipoclorito de sódio, em diferentes concentrações de cloro ativo, sobre a adesão e a morfologia dos endósporos e o período necessário para promover a desinfestação de placas contaminadas com endósporos da bactéria em solução de hipoclorito de sódio a 0,5% de cloro ativo. Os tratamentos com álcool, detergente neutro e antibióticos não impediram a adesão nem a reprodução de P. penetrans, e incremento de 277% e 169% na adesão dos endósporos nos tratamentos com álcool e detergente neutro respectivamente, com relação à testemunha. Formol a 10% não afetou a adesão dos endósporos porém inibiu seu desenvolvimento ao passo que o hipoclorito de sódio a 0,5% de cloro ativo impediu a adesão dos endósporos aos nematóides e, portanto, a multiplicação da bactéria. O pré-tratamento dos endósporos de P. penetrans com hipoclorito de sódio, em diferentes concentrações de cloro ativo, afetaram drasticamente a adesão dos endósporos de P. penetrans aos juvenis de M. javanica, principalmente em concentrações a partir de 0,125%. O estudo morfológico mostrou que houve mudanças na estrutura dos endósporos, iniciando com a dissolução das fibras parasporais em hipoclorito de sódio a 0,125% e atingindo destruição total das mesmas a 0,5%. Quando placas contaminadas com endósporos da bactéria foram submersas em uma solução de hipoclorito de sódio a 0,5% de cloro ativo, 1 minuto de contato já foi o suficiente para promover a eliminação de 85% dos endósporos das placas e 15 minutos para completa desinfestação das mesmas. Conclui-se, portanto, que o hipoclorito de sódio é um potente agente inativante de endósporos de P. penetrans atuando num curto período de tempo, podendo ser recomendada a utilização de hipoclorito de sódio a 0,5% de cloro ativo por 15 minutos para a desinfestação de vidrarias contaminadas com P. penetrans. pt-BR
dc.description.abstract The action of the disinfectants alcohol 70%, neutral detergent 5%, formol 10%, sodium hypochlorite 0,5% of active chlorine and of the antibiotics penicillin 200 mg/mL, streptomicin 200 mg/mL and chloranphenicol 200 mg/mL on the attachment and reproduction of Pasteuria penetrans in Meloidogyne javanica was evaluated. The direct action of sodium hypochlorite, in different concentration of active chlorine, on the attachment and morphology of the endospores was also evaluated, as well as the time required for disinfestation of glass petri dishes contaminated with the bacterial endospores in sodium hypochlorite at 5% of active chlorine. Treatments with alcohol, detergent and antibiotics did not impair the attachment or the reproduction of P. penetrans, and increments of 277% and 169% in the attachment of the endospores were observed in the treatments with alcohol and detergent, respectively. Formol 10% did not affect the attachment but inhibited the bacterial development while sodium hypochlorite at 5% of active chlorine impaired the attachment of the endospores to the nematode and, consequently, the multiplication of the bacteria. Pre-treatment of P. penetrans endospores with sodium hypochlorite in different concentrations of active chlorine drastically affected the attachment to M. javanica juveniles, mainly in concentrations above 0,125%. The morphological study showed changes in the structure of the endospores, beginning with the dissolution of the parasporal fibers in sodium hypochlorite at 0,125% of active chlorine and reaching the total destruction of them at 0,5%. One minute of immersion of the contaminated petri dishes in sodium hypochlorite 0,5% of active chlorine was enough to eliminate 85% of the bacterial endospores and 15 minutes for a complete disinfestation of them. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Bactéria pt-BR
dc.subject Hipoclorito de sódio pt-BR
dc.title Alterações na adesão, viabilidade e morfologia de Pasteuria penetrans pela exposição a desinfetantes e antibióticos pt-BR
dc.title Alterations in the attachment, viability and morfology of Pasteuria penetrans by the exposure to disinfectants and antibiotics en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/5786298870082488 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitopatologia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitopatologia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2003-03-18
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Fitopatologia [290]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta