Locus  

Produção e qualidade de frutos de genótipos de tomateiro em ambiente protegido e no campo

Show simple item record

dc.contributor Stringheta, Paulo César
dc.contributor Fontes, Paulo Cezar Rezende
dc.contributor.advisor Silva, Derly José Henriques da
dc.creator Caliman, Fabiano Ricardo Brunele
dc.date.accessioned 2017-05-11T13:17:49Z
dc.date.available 2017-05-11T13:17:49Z
dc.date.issued 2003-02-26
dc.identifier.citation CALIMAN, Fabiano Ricardo Brunele. Produção e qualidade de frutos de genótipos de tomateiro em ambiente protegido e no campo. 2003. 72f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10302
dc.description.abstract As condições do ambiente de cultivo e o genótipo podem influenciar a produtividade e a composição dos frutos do tomateiro. Para quantificar tais efeitos, foram conduzidos dois experimentos, no Setor de Olericultura do Departamento de Fitotecnia, na Universidade Federal de Viçosa, Viçosa - MG, no período de janeiro a maio de 2002. Um experimento foi conduzido em ambiente protegido, em estufa tipo capela, coberta com filme plástico de 0,1 mm e o outro no campo sob condições naturais, sem proteção. Utilizou- se o delineamento em blocos casualizados com 6 repetições e três genótipos sendo: 'Santa Clara', híbrido Carmen e um acesso do Banco de Germoplasma de Hortaliças da UFV, codificado como 'BGH-320'. Os frutos foram colhidos no estádio completamente maduro, com 100% da superfície apresentando coloração vermelha intensa. Foram avaliados: 1- características de produção: a) produção total e b) produção comercial. 2- características de qualidade do fruto: a) 'sabor', obtido pela relação sólidos solúveis totais/acidez titulável; b) teor de açúcares redutores; c) acidez titulável (expressa em % de ácido cítrico); d) pH, e) teor de sólidos solúveis totais (expresso em oBrix); f) 'licopeno': g) ácido ascórbico e h) teor de potássio nos frutos. Foi realizada a análise conjunta dos dados de ambos os experimentos. A produtividade dos três genótipos foi superior no ambiente protegido. O híbrido Carmen produziu 105,46 t.ha-1, valor este superior aos demais genótipos. A menor produtividade foi a do 'Santa Clara' (30,04 t.ha-1) quando cultivado no campo. Frutos produzidos no ambiente protegido foram menos saborosos, e com menores teores de açúcares redutores, oBrix, ácido ascórbico e acidez que os frutos produzidos no campo. Entre genótipos, frutos do 'Carmen' e do 'Santa Clara' foram mais saborosos e com maior teor de açúcares redutores e pH que frutos do 'BGH-320'. A acidez titulável e o teor de 'licopeno' dos frutos do 'BGH-320' foram superiores às dos frutos do 'Carmen'e do 'Santa Clara'. O maior teor de ácido ascórbico foi observado nos frutos de 'Santa Clara'. Observou-se, de maneira geral, que o aumento da produtividade das plantas afetou a qualidade dos frutos. Os dados do 'sabor' dos frutos do 'Carmen' ajustaram-se ao modelo quadrático de regressão bivariada com o aumento da produtividade das plantas cultivadas no ambiente protegido. O teor de açúcares redutores dos frutos do 'BGH-320' produzidos no ambiente protegido e a acidez dos frutos de 'Santa Clara' produzidos no campo foram reduzidos à medida que aumentou a produtividade das plantas. O oBrix dos frutos do 'Carmen' e o 'sabor' dos frutos de 'Santa Clara' aumentaram com o aumento da produtividade das plantas cultivadas no campo. Os dados referentes ao teor de potássio dos frutos do acesso 'BGH-320' ajustaram-se ao modelo quadrático de regressão bivariada com o aumento da produtividade das plantas cultivadas no ambiente protegido. pt-BR
dc.description.abstract Growth environment and genotype can be influence tomato yield and fruit composition. To quantify these effects, two experiments were carried, in the Departamento de Fitotecnia, in the Universidade Federal de Viçosa, Viçosa - MG, from January to May of 2002. An experiment was carried in protected environment, in greenhouse type chapel, covered with plastic film of 0,1 mm and the other in the field under natural conditions, without protection. Was used experimental design in randomized blocks with 6 replication and three genotypes being: 'Santa Clara', Carmen hybrid and an access of the UFV Germplasm Vegetable Bank, codified as 'BGH-320'. The fruits were picked completely ripe, with 100% of the surface presenting intense red coloration. They were appraised: 1 - yield characteristics: a) total yield and b) marketable yield. 2 - fruit quality characteristics: a) "flavor", obtained by total solids soluble /titratable acidity ratio; b) sugar reducing content; c) titratable acidity (expressed in % citric acid); d) pH, e) total soluble solids content (expressed in oBrix); f) "lycopene"; g) ascorbic acid and h) fruit potassium content. The united analysis of the data of both experiments was accomplished. The Yield of the three genotypes was higher in the protected atmosphere. The Carmen hybrid yield was 105,46 t.ha-1, upper to the other genotypes. The small yield was the Santa Clara cultivar (30,04 t.ha-1) when growth in the field. Fruits produced in the protected environment makes less tasty, and with smaller sugar reducing content, oBrix, ascorbic acid and acidity that the fruits produced in the field. Among genotypes, fruits of the 'Carmen' and 'Santa Clara' they were tastier and with better sugar reducing content and pH that 'BGH-320" fruits. Titratable acidity and "lycopene" content of the 'BGH-320' fruit they were better than 'Carmen' and 'Santa Clara' fruits. The largest ascorbic acid content was observed in the 'Santa Clara' fruits. It was observed, in a general way, that the increase of the plant yield affected the fruit quality. 'Carmen' fruit "flavor" data they were adjusted to the quadratic component of bivariate relationship with the increase of the plant yield growth in the protected environment. Sugar reducing content of the 'BGH-320' fruits produced in the protected atmosphere and the acidity of the 'Santa Clara' fruits produced in the field decrease as it increased of the plant yield. oBrix of the 'Carmen' fruits and the 'Santa Clara' fruit "flavor" increased with the increase of the plant yield growth in the field. Potassium content of the 'BGH-320' fruits were adjusted to the quadratic component of bivariate relationship with the increase of the plant yield growth in the protected environment. en
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Científico pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Lycopersicon esculentum pt-BR
dc.subject Sabor Brix pt-BR
dc.subject Vitamina C pt-BR
dc.subject Licopeno pt-BR
dc.title Produção e qualidade de frutos de genótipos de tomateiro em ambiente protegido e no campo pt-BR
dc.title Fruit yield and quality of the tomato genotypes growth in protected environment and field en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/8723632497689309 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitotecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitotecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2003-02-26
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Fitotecnia [847]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account