Locus  

Dispersão de Colletotrichum gloeosporioides, agente etiológico da antracnose da cebola, pela água

Mostrar registro simples

dc.contributor Mizubuti, Eduardo Seiti Gomide
dc.contributor Silva, Demetrius David da
dc.contributor.advisor Maffia, Luiz Antônio
dc.creator Viegas, Ernesto do Nascimento
dc.date.accessioned 2017-07-04T11:41:00Z
dc.date.available 2017-07-04T11:41:00Z
dc.date.issued 2001-06-27
dc.identifier.citation VIEGAS, Ernesto do Nascimento. Dispersão de Colletotrichum gloeosporioides, agente etiológico da antracnose da cebola, pela água. 2001. 40 f. Dissertação (Mestrado em Fitopatologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2001. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10991
dc.description.abstract Apesar de a antracnose foliar, causada por Colletotrichum gloeosporioides, ser uma das doenças mais importantes da cebola, não há informações sobre a dispersão do patógeno nas condições do Brasil. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar a dispersão de conídios do patógeno por respingos de água e verificar a importância de restos de cultura infestados como fontes de inóculo do patógeno. Estudou-se o gradiente de dispersão de C. gloeosporioides, a partir de três fontes de inóculo (colônias de fungo esporulando em aveia-ágar, restos de cultura de plantas doentes ou plantas doentes com acérvulos). Para tanto, realizaram-se três experimentos: i – 3, 5 ou 7 gotas de água de 2, 3, 4, 5 ou 6 mm de diâmetro foram produzidas a 2,5 m de altura e deixadas cair sobre cada fonte. Respingos carreando esporos foram coletados em lâminas de microscópio posicionadas em linha reta, na horizontal, nas distâncias de 2,5 a 17,5 cm e em mudas de cebola nas distâncias de 7 a 21 cm a partir de cada fonte; ii – com um simulador de chuvas, operando a 32,75 kPa de pressão por 5 min, produziram-se intensidades de chuva de 32, 50, 72, 90 ou -1 105 mmh , sobre cada fonte. Os respingos de água carreando esporos foram coletados em fundos de placas de Petri posicionados em linha reta, na horizontal, nas distâncias de 10 a 60 cm a partir da fonte; iii – sob condições de campo, parcelas de cebola foram irrigadas por aspersão e a água carreando esporos foi coletada como em “ii”, mas em distâncias de 10 a 50 cm a partir da fonte. Para cada experimento, o número de esporos na suspensão resultante foi determinado com um hemacitômetro. Nos três experimentos, obteve-se melhor ajuste dos dados de dispersão de C. gloeosporioides com o modelo exponencial linearizado. No experimento “i”, a inclinação do gradiente (“b”) foi similar para os diferentes números de gotas, mas decresceu com o aumento do diâmetro. No experimento “ii”, os valores de “b” foram menores a partir de colônias em aveia-ágar que de plantas doentes ou de restos de cultura infestados. A inclinação do gradiente aumentou com o aumento da intensidade da chuva. Os valores da área abaixo da curva de gradiente de dispersão (AACGD) não aumentaram com o aumento na intensidade da chuva. No experimento “iii”, os valores do intercepto foram maiores e o gradiente foi mais inclinado a partir de colônias em aveia-ágar que para restos de cultura e plantas doentes. Nos três experimentos, os valores de AACGD foram estatisticamente maiores (P = 0,05), quando colônias em aveia- ágar eram a fonte de inóculo, e, em geral, não se constatou diferença entre as outras duas fontes. Em vista do obtido, concluiu-se que, considerando-se a dispersão de C. gloeosporioides, restos de cultura infestados são fontes de inóculo tão importantes quanto plantas de cebola doentes. pt-BR
dc.description.abstract Twister, caused by Colletotrichum gloeosporioides, is one of the most important onion diseases. Despite its importance, there is no information on pathogen dispersal in Brazilian conditions. Therefore in this study we analysed of splash dispersal of C. gloeosporioides conidia and verified the importance of infested debris as inoculum source. Dispersal gradients from three inoculum sources (sporulating fungal colonies on oat agar, crop debris of diseased plants, or diseased plants with acervuli) were compared in three experiments: i- 3, 5, or 7 water drops of 3, 4, 5, or 6 mm diameter were set to fall from 2.5m high to each source. Spore-carrying droplets were collected on microscopyc slides positioned horizontally in straight-line at distances of 2.5-17.5 cm and on onion plants at distances of 7 – 21 cm away from each source; ii- with a rain simulator, 32.75 kPa pressure during 5min, rain intensities of 32, 50, 72, 90, or 105 mmh -1 , were set to fall to each source. The splash water carrying spores was collected in uncovered Petri plates positioned horizontally in straight-line at distances of 10-60 cm away from each source; iii-under field conditions, onion plots weresprinkler irrigated and the spore-carrying water was collected as in “ii”, but at distances of 10-50 cm away from each source. For each experiment the concentrations of the resulting spore suspensions were determined with a hemacytometer slide. The data of dispersal of C. gloeosporioides conidia, of the three experiments, were best fitted with the linearized exponential model. At experiment “i”, slope values were similar for the different number of drops, but decreased as drop diameter increased. At experiment “ii”, slope values were steeper from diseased plants and infested debris than from oat agar colonies, from which the gradient slope increased with rain intensity. There was no increase in the area under the curve of dispersal gradient (AUCDG) with rain intensity. At experiment “iii”, intercept values were higher and slope values were steeper from the oat agar colonies than from plants and debris. AUDGC was higher for oat agar colonies than for debris and plants, which originated similar values of AUDGC. It was concluded that infested crop debris is an inoculum source as important as infected plants for C. gloeosporioides dispersal. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Colletotrichum gloeosporioides pt-BR
dc.subject Colônias - Fungo pt-BR
dc.subject Cebola pt-BR
dc.title Dispersão de Colletotrichum gloeosporioides, agente etiológico da antracnose da cebola, pela água pt-BR
dc.title Splash dispersal of conidia of Colletotrichum gloeosporioides, causal agent of onion twister en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitopatologia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitopatologia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2001-06-27
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Fitopatologia [290]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta