Locus  

Técnicas para estimativa de parâmetros de digestibilidade e produção microbiana em bovinos

Show simple item record

dc.contributor Detmann, Edenio
dc.contributor Valadares Filho, Sebastião de Campos
dc.contributor.advisor Leão, Maria Ignez
dc.creator Dias, Marcia
dc.date.accessioned 2017-07-18T14:00:20Z
dc.date.available 2017-07-18T14:00:20Z
dc.date.issued 2005-08-03
dc.identifier.citation DIAS, Marcia. Técnicas para estimativa de parâmetros de digestibilidade e produção microbiana em bovinos. 2005. 65 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11361
dc.description.abstract Com a realização deste trabalho, objetivou-se: avaliar as estimativas de digestibilidade intestinal da fibra em detergente neutro obtidas por diferentes indicadores; o efeito das amostras coletadas no período diurno ou diário sobre a digestibilidade e os fluxos omasal e ileal da fibra em detergente neutro estimada por diferentes indicadores; comparar a digestibilidade total e parcial da matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp), carboidratos totais (CT) e carboidratos não fibrosos (CNF) com utilização de fibra em detergente neutro indigestível (FDNi) e de fibra em detergente ácido indigestível (FDAi); comparar a produção microbiana estimada pela utilização de FDNi e da FDAi e comparar a produção microbiana estimada pelos métodos das bases purinas no omaso e da excreção urinária de derivados de purinas. Foram utilizadas quatro novilhas mestiças Holandês- Zebu, fistuladas no rúmen e no íleo, mantidas em regime de confinamento com dieta a base de feno de capim-tifton (Cynodon spp.) oferecido ad libitum e 1 kg de concentrado (27% PB). O experimento teve duração de 60 dias com três períodos experimentais de 15 dias cada. Antes do primeiro período experimental foi realizada a adaptação dos animais à dieta experimental por sete dias e entre os períodos, respeitou-se intervalo de quatro dias. Cada período experimental iniciou-se com um dia (1o) de coleta total de fezes, três dias (2o ao 4o) para coleta de digesta omasal, seguidos por dois dias (5o e 6o) de intervalo, novamente um dia (7o) de coleta total de fezes e depois três dias (8o ao 10o) de coleta de digesta ileal, seguidos novamente por dois dias (11o e 12o) de intervalo, um dia (13o) de coleta total de fezes, um dia (14o) para mensuração do pH ruminal e coleta de amostras de urina e líquido ruminal e, finalmente, um dia (15o) de coleta de líquido ruminal para isolamento de bactérias. Para a mensuração do fluxo de digesta omasal foram utilizados os sistemas de indicadores único e duplo. No sistema único foram comparados a fibra em detergente neutro indigestível (FDNi), a fibra em detergente ácido indigestível (FDAi) e o óxido crômico (Cr 2 O 3 ). No sistema duplo foram comparadas as associações entre o complexo de cobalto-ácido etilenodiaminotetracético (Co-EDTA) com a FDNi (Co-FDNi) e a FDAi (Co-FDAi). Para estimativa do fluxo ileal, foram utilizados apenas os indicadores únicos. As amostras spot de urina foram coletadas quatro horas após a alimentação. Os valores das estimativas (omasal e ileal) do fluxo e da digestibilidade intestinal da FDNcp, do período diurno correspondeu à amostra constituída neste período e o período de coleta diária, a média das estimativas dos períodos em questão. Não foi verificada diferença significativa entre as amostras de digesta coletada apenas no período diurno quando comparada às coletas no período diário, podendo a digestibilidade parcial ser estimada com coleta de amostra realizadas apenas no período diurno. Embora a FDNi, a FDAi e o Co-FDAi possam ser utilizados para estimativa de parâmetros de digestibilidade parcial na coleta de digesta omasal, recomenda-se o uso das fibras indigestíveis por serem menos onerosas e de melhor manipulação. Entretanto, dentre as fibras indigestíveis, a FDAi apresenta melhor recuperação e produz estimativas similares para a excreção fecal e a digestibilidade total, quando comparada com a coleta total de fezes. As condições ruminal foram favoráveis à produção microbiana com valores de pH variando de 6,7 a 6,9 e os valores de N-NH 3 , de 10,3 a 14,1 mg/dL. As estimativas da produção microbiana via quantificação de derivados de purinas em amostras spot de urina demonstram-se similares às obtidas por procedimentos invasivos via fluxo de matéria microbiana omasal. pt-BR
dc.description.abstract Through the performance of this work it was aimed: to assess the estimative for intestinal digestion of fiber in neutral detergent obtained through different markers; the effect of collected samples during the morning or daily on digestion and omasum and ileum flow of fiber in neutral detergent estimated with different markers; to compare the total and partial digestion of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber corrected for ashes and protein (NDFap), total carbohydrates (CT) and non fiber carbohydrates (NFC) using indigestible neutral detergent fiber (iNDF) and indigestible neutral acid fiber (iADF); to compare microbial production estimated by using iNDF and iADF and to compare microbial production estimated by methods of purine bases in the omasum and urinary secretion of purine derivative. It was used four mixed race young cows Holstein-Zebu, rumen and ileum fistulated, kept in a confinement diet based on Tifton (Cynodon spp.) bermudagrass hay offered ad libitum and 1kg of concentrated (27% CP). The experiment took 60 days, with three experimental periods of 15 days each. Before the first experimental period, animals were submitted to adaptation to the experimental diet for seven days; intervals of four days between periods were considered. Every experimental period started with one day (1 st ) of total fecal collection, three days (2 nd to 4 th ) for collection of omasum digestion, followed by two interval days (5 th and 6 th ), again one day of total fecal collection (7 th ) and then three days (8 th to 10 th ) for collection of ileum digestion, followed by two interval days (11 th and 12 th ), one day for total fecal collection (13 th ), one day (14 th ) for measurement of pH of rumen and collection of urine and rumen liquid, and finally one day of collection of rumen liquid to isolate bacteria. Single and double system markers were used to measure flow of omasum digestion. iNDF, iADF and chromium oxide (Cr 2 O 3 ) were compared in the single system. In the double system, it was compared association between cobalt-ethilenediaminotetracetic-acid (Co-EDTA) complex and iNDF (Co-iNDF) and iADF (Co-iADF). It was used only single markers ixto estimate ileum flow. Urine spot samples were collected four hours after feeding. Values of intestinal flow and digestion of NDFap estimatives (omasum and ileum) from daytime period matched the sample of this period and the period of daily collection matched the estimative average of the corresponding period. Significant difference was not detected between samples of digestion collected just during the daytime period, when compared to the collections of the daily period so, the partial digestion could be estimated based just on sample collection from the daytime period. Despite iNDF, iADF and Co-iADF can be used to estimate parameters of partial digestion on the collection of omasum digestion, it is recommended the use of non-digested fiber for being less expensive and easier to handle. On the other hand, among indigestible fiber, iADF shows better recovery and produce similar estimative for fecal excretion and total digestion, when compared to total fecal collection. Rumen conditions were favourable to microbial production with pH values between 6,7 and 6,9 and N-NH 3 values of 10,3 to 14,1 mg/dL. Estimative of microbial production through quantification of purine derivative in urine spot samples show to be similar to those obtained by means of invasive procedures via omasum microbial matter flow. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Rúmen - Fermentação pt-BR
dc.subject Proteínas microbianas pt-BR
dc.subject Omaso pt-BR
dc.subject Bovino - Nutrição pt-BR
dc.subject Nutrição animal pt-BR
dc.title Técnicas para estimativa de parâmetros de digestibilidade e produção microbiana em bovinos pt-BR
dc.title Techniques for estimative of parameters of digestion and microbe production in bovine en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/4254525529867844 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Zootecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Zootecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2005-08-03
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Zootecnia [1001]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Zootecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account