Locus  

Valência do verbo ganhar em português

Show simple item record

dc.contributor.author Lima, Bruno de Assis Freire de
dc.date.accessioned 2017-11-14T09:15:52Z
dc.date.available 2017-11-14T09:15:52Z
dc.date.issued 2007-06
dc.identifier.issn 2236-5176
dc.identifier.uri http://www.cch.ufv.br/revista/pdfs/artigo2vol7-1.pdf
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/13010
dc.description.abstract O presente trabalho é um estudo da natureza semântica e sintática do verbo ganhar. Partimos do estudo de Lima (2007), que procurou descrever a relação entre o significado dos verbos de vitória e derrota em português (nos quais se enquadra o verbo ganhar) e sua composição sintática. O estudo de Lima partiu do pressuposto de Levin (1993) de que os verbos pertencentes a uma mesma classe semântica teriam comportamento sintático semelhante. O verbo ganhar foi escolhido por ser um daqueles de maior ocorrência dentro da classe de verbos de vitória e derrota. Ainda que seja bastante usual na língua, este verbo, como veremos, não apresenta grande plasticidade semântica, possuindo poucos sentidos além do seu mais usual: indicar vitória. Ainda assim, este verbo apresenta grande variação sintática em suas construções e em relação às construções dos outros verbos desta categoria semântica, o que contribui para inicialmente 2 refutar a proposta de Levin. pt-BR
dc.format pdf pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Revista de Ciências Humanas pt-BR
dc.relation.ispartofseries v. 7, n. 1, p. 27-41, Jan./Jun. 2007 pt-BR
dc.rights Open Access pt-BR
dc.subject Sintaxe do Português pt-BR
dc.subject Linguística descritiva pt-BR
dc.subject Valência verbal pt-BR
dc.title Valência do verbo ganhar em português pt-BR
dc.type Artigo pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Artigos [151]
    Artigos Técnico-científicos na área de Letras

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account