Locus  

Efeitos do ácido giberélico no capim-tifton-85 cultivado em sistemas alagados construídos operados em bateladas

Show simple item record

dc.contributor Ribeiro, Dimas Mendes
dc.contributor Souza, Cecília de Fátima
dc.contributor.advisor Borges, Alisson Carraro
dc.creator Araújo, Edcássio Dias
dc.date.accessioned 2018-05-07T14:03:14Z
dc.date.available 2018-05-07T14:03:14Z
dc.date.issued 2017-02-23
dc.identifier.citation ARAÚJO, Edcássio Dias. Efeitos do ácido giberélico no capim-tifton-85 cultivado em sistemas alagados construídos operados em bateladas. 2017. 46f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/19355
dc.description.abstract Os sistemas alagados construídos (SACs) são sistemas de tratamento que podem ser usados para depuração de diversas águas residuárias (ARs) e apresentam boa eficiência para remoção de cargas orgânicas. Contudo, são pouco eficientes na remoção de nitrogênio (N) e fósforo (P). As plantas cultivadas nestes sistemas, extraem o N e P das ARs e usam nos seus diversos metabolismos para o seu crescimento e acúmulo de biomassa. Com base nestas informações, o uso de fitohormônios de crescimento, como o ácido giberélico (GA 3 ) poderia ser uma alternativa promissora para potencializar o acúmulo de biomassa e consequentemente promover uma maior remoção de N e P das ARs. Neste contexto, objetivou-se avaliar o efeito da aplicação de diferentes doses de GA 3 na produtividade e absorção de nutrientes e sódio pelo capim-tifton-85, cultivado em SACs operando em batelada. O trabalho constituiu na aplicação de cinco doses do fitohormônio no capim-tifton-85: 0, 5, 25, 50 e 100 μM de GA 3 , no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições, totalizando vinte parcelas experimentais. Cada parcela experimental foi estabelecida por um vaso de 10 L, preenchidos com britas e cultivados com o capim-tifton-85 para o tratamento do esgoto sanitário de origem sintética (ESS), a troca do ESS era efetuado com um tempo de ciclo de 3,5 dias. O sistema operacional ficou em estabilização por um período de 48 dias e não efetuou a aplicação do GA 3 , ao final deste período realizou-se o corte do capim e a pulverização do GA 3, iniciando assim o primeiro ciclo que durou 18 dias. O segundo ciclo de cultivo iniciou-se após o final do primeiro ciclo, caracterizado também pela aplicação do GA 3 e permaneceu por 23 dias, o final de cada ciclo foi padronizado com o início do tombamento do capim. Avaliou-se em cada ciclo de cultivo a produtividade em matéria seca e a extração de nutrientes e sódio pelo capim-tifton-85. Constatou-se no primeiro ciclo de cultivo que as doses de GA 3 promoveram um incremento na produtividade do capim-tifton-85, visto que o tratamento controle (0 μM de GA 3 ) possibilitou uma produtividade de 2682,6 kg ha -1 , ou seja, 33,8% inferior a produtividade obtida com o tratamento de 50 μM de GA 3 . Em função dessa maior produtividade, observou-se uma maior absorção de N T pela parte aérea do capim- tifton-85. O GA 3 estimula a divisão celular e o alongamento das células, e a adição exógena desse fitohormônio promove um aumento do crescimento das plantas, melhorando a disponibilidade de GA 3 endógeno. No segundo ciclo de cultivo não houve efeito significativo do fitohormônio para a produtividade e absorção de nutrientes. Justifica-se que uma das possíveis causas dessa ausência de efeito pode estar relacionada à restrição do crescimento radicular promovida pela parcela experimental. Portanto, conclui-se que a aplicação de 50 μM de GA 3 proporcionou maior produtividade em matéria seca e remoção de N pela biomassa vegetal do capim- tifton-85 em SACs, para o primeiro ciclo de cultivo. A adição de fitohormonio apresenta-se como uma alternativa promissora para potencializar a remoção de poluentes pelas plantas cultivadas em SACs. pt-BR
dc.description.abstract Constructed wetland systems (CWs) are treatment systems that can be used to purify several wastewater (WW) and have good efficiency for organic loads removal. However, they are inefficient in the removal of nitrogen (N) and phosphorus (P). Plants grown in these systems extract N and P from WW and use them in their metabolism for growth and biomass accumulation. Based on this information, the use of growth phytohormones, such as gibberellic acid (GA 3 ), could be a promising alternative to potentiate biomass accumulation and consequently promote greater removal of N and P from WW. In this context, the objective of this study was to evaluate the effect of different doses of GA 3 on productivity and absorption of nutrients and sodium by tifton 85 bermudagrass, cultivated in CWs operating in batch. The work consisted in the application of five doses of the phytohormone in tifton 85 bermudagrass: 0, 5, 25, 50 and 100 μM of GA 3 , in a randomized block design with four replications, totaling twenty experimental plots. Each experimental plot was established by a 10 L container, filled with gneissic gravel and cultivated with tifton 85 bermudagrass for the treatment of synthetic wastewater (SWW), the exchange of SWW was effected in a cycle time of 3,5 days. The operating system was stabilized for a period of 48 days when GA 3 was not applied. At the end of this period the grass was cut and GA 3 was sprayed, thus initiating the first cycle, which lasted 18 days. The second cycle of cultivation started after the end of the first cycle, also characterized by the application of GA 3 and remained for 23 days. The end of each cycle was standardized with the beginning of the tipping of the grass. Dry matter yield and nutrients and sodium removal by Tifton 85 bermudagrass were evaluated in each crop cycle. It was observed in the first crop cycle that the doses of GA 3 promoted increase in productivity of tifton 85 bermudagrass, since the control treatment (0 μM of GA 3 ) allowed a productivity of 2682.6 kg ha -1 , that is, 33.8% lower than the productivity obtained with the 50 μM treatment of GA 3 . As a result of higher productivity, there was higher uptake of TN by the aerial part of tifton 85 bermudagrass. GA 3 stimulates cell division and cell elongation, and the exogenous addition of this phytohormone promotes increase in plant growth, improving the availability of endogenous GA 3 . In the second crop cycle there was no significant effect of phytohormone on productivity and nutrient uptake. One of the possible causes of the absence of effect may be related to the restriction of root growth promoted by the experimental plot. Therefore, it was concluded that the application of 50 μM of GA 3 provided higher dry matter yield and N removal by plant biomass of tifton 85 bermudagrass in CWs, for the first cycle of cultivation. The addition of phytohormones presents a promising alternative to potentiate the removal of pollutants by plants cultivated in CWs. en
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Águas residuais - Purificação - Tratamento biológico pt-BR
dc.subject Ácido giberélico pt-BR
dc.subject Produtividade pt-BR
dc.title Efeitos do ácido giberélico no capim-tifton-85 cultivado em sistemas alagados construídos operados em bateladas pt-BR
dc.title Effects of gibberellic acid on tifton 85 bermudagrass grown on batch-operated constructed wetland systems en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Engenharia Agrícola pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/4861640024471847 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Engenharia Agrícola pt-BR
dc.degree.program Mestre em Engenharia Agrícola pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2017-02-23
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Engenharia Agrícola [744]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account