Locus  

Caracterização morfológica e fenológica de clones de palma de óleo (Elaeis guineenses Jacq.)

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Motoike, Sérgio Yoshimitsu
dc.creator Santos, Raissa Rafaella Silva dos
dc.date.accessioned 2018-09-28T12:39:13Z
dc.date.available 2018-09-28T12:39:13Z
dc.date.issued 2018-04-18
dc.identifier.citation SANTOS, Raissa Rafaella Silva dos. Caracterização morfológica e fenológica de clones de palma de óleo (Elaeis guineenses Jacq.). 2018. 37 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/22069
dc.description.abstract A palma de óleo (Elaeis guineensis Jacq.) produz o óleo vegetal mais consumido no mundo. Nesse contexto, além do essencial investimento em cultivares melhoradas e mais produtivas para expansão da cultura, é fundamental o desenvolvimento de técnicas avançadas de manejo e de propagação de plantas, como a produção de clones elites. Estes possibilitam a uniformização das populações e acelera a replicação in vitro de plantas altamente produtivas. A partir de um protocolo eficiente desenvolvido pela Universidade Federal de Viçosa para produção de clones de palma de óleo, essa pesquisa objetivou caracterizar morfologicamente e fenologicamente dois clones de palma de óleo, AM05 (Deli x Ekona) e PL17 (Deli x La Mé), em sua fase juvenil, e comparar a uniformidade dos clones em relação à cultivar seminífera tipo ‘Tenera’. A pesquisa foi desenvolvida na empresa Agropalma S.A., localizada no município de Tailândia-PA. O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente ao acaso com três tratamentos: clone AM05, clone PL17 e a cultivar seminífera tipo ‘Tenera’ (testemunha). Para os tratamentos com clones foram utilizadas 25 repetições e para o tratamento testemunha foram utilizadas 50 repetições. As variáveis morfológicas avaliadas foram: número de folíolo (Nfol), comprimento de folíolo (Cfol), largura de folíolo (Lfol), comprimento de ráquis (CR), comprimento de pecíolo (CP), largura de pecíolo (LP) e espessura de pecíolo (EP). As variáveis fenológicas foram: emissão foliar (EFOL), inflorescência masculina (IM), inflorescência feminina em antese (IFA), inflorescência feminina fecunda (IFF), aborto de cachos (AB), cachos verdes (CAV) e cachos maduros (CM). Os dados foram analisados por meio de análise descritiva, utilizando-se o software SAEG. Os resultados da caracterização morfológica evidenciam que as plantas do clone AM05 apresentaram a maior média de NFOL (120,32 folíolos), CFOL (81,78 cm), CR (301,20 cm), CP (82,92 cm), LP (0,49 mm) e EP (0,31 mm). Portanto, o clone AM05 apresentou maior superfície foliar, indicando a possibilidade de obter melhor desempenho no aproveitamento da luminosidade para conversão em fotossíntese. Em relação à média geral de EFOL, o clone AM05 obteve a maior média (2,08), emitindo em média duas folhas por mês e a cultivar seminífera apresentou a maior variabilidade, com desvio padrão de 0,83. Quanto à caracterização fenológica, a emissão foliar tende a ser maior nos meses de maior precipitação pluviométrica na região. Em relação ao período de emissão de inflorescência masculina, o clone AM05 emite durante os meses de maior déficit hídrico (junho a novembro) e o clone PL17 durante meses de maior precipitação. Já as inflorescências femininas de todas as plantas analisadas são emitidas com maior frequência durante os períodos de maior precipitação. Diferentemente, a produção de cachos verdes e maduros ocorre durante o período de déficit hídrico. pt-BR
dc.description.abstract The Oil Palm (Elaeis guineensis Jacq.) generates the vegetable oil most produced and commercialized all over the world. Thus, in addition to investment in cultivars more productive, the development of advanced techniques of management and propagation such as elite clones’ production are essential. These techniques enable population uniformity and accelerate in vitro replication of highly productive plants. This research aimed to characterize morphologically and phenologically two oil palm clones, AM05 (Deli x Ekona) and PL17 (Deli x La Mé), in their juvenile phase, and to compare the uniformity of these clones to the cultivar Tenera. The research will be developed at the company Agropalma S.A., located in Tailândia-PA. The experiment was arranged in a completely randomized design with three treatments: clone AM05, clone PL17 and the cultivar (control). They were used 25 replicates for clones and 50 replicates for controle. The morphological traits evaluated were: number of leaflets (Nfol), length of leaflet (Cfol), width of leaflet (Lfol), length of rachis (CR), length of petiole (CP), width of petiole (LP), and thickness of petiole (EP). The phenological traits evaluated were: foliar emission (EFOL), male inflorescence (IM), female inflorescence at anthesis (IFA), female inflorescence (IFF), aborted bunches (AB), green curls (CAV) and mature curls (CM). The data were analyzed through descriptive analysis, using SAEG software. The results of the morphological characterization showed that the AM05 plants presented the highest average of NFOL (120.32 leaflets), CFOL (81.78 cm), CR (301.20 cm), CP (82.92 cm), LP (0.49 mm) and EP (0.31 mm). Therefore, the leaves of this clone are larger, indicating a superior photosynthetic area. In relation to the EFOL average of the evaluated months (24 months), the clone AM05 showed the highest mean (2.08), emitting monthly around two leaves and its seeds had the highest variability, with a standard deviation of 0.83. As for the phenological characterization, leaf emission tends to be higher in the months of higher rainfall in the region. In relation to the period of emission of male inflorescence, the clone AM05 emits it during the months of greatest water deficit (June to November) and clone PL17 during the months of higher rainfall. The female inflorescences of all plants analyzed are more frequently emitted during the periods of higher rainfall. Differently, the production of green and mature curls occurs during the period of water deficit. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Palmeira oleaginosa pt-BR
dc.subject Dendezeiro pt-BR
dc.subject Dendezeiro - Melhoramento genético pt-BR
dc.subject Óleos vegetais pt-BR
dc.subject Clonagem pt-BR
dc.subject Plantas - Propagação in vitro pt-BR
dc.title Caracterização morfológica e fenológica de clones de palma de óleo (Elaeis guineenses Jacq.) pt-BR
dc.title Morphological and phenological characterization of oil palm (Elaeis guineenses Jacq.) clones en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Fitotecnia pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/9191951791582975 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitotecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitotecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2018-04-18
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Fitotecnia [831]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta