Locus  

Arranjos espaciais equidistantes modulam o desenvolvimento de genótipos de soja

Show simple item record

dc.contributor Aquino, Leonardo Ângelo de
dc.contributor.advisor Macedo, Willian Rodrigues
dc.creator Silva, Rodrigo Rocha
dc.date.accessioned 2018-10-19T17:45:23Z
dc.date.available 2018-10-19T17:45:23Z
dc.date.issued 2018-07-06
dc.identifier.citation SILVA, Rodrigo Rocha. Arranjos espaciais equidistantes modulam o desenvolvimento de genótipos de soja. 2018. 55 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Produção Vegetal) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba. 2018. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/22361
dc.description.abstract Atualmente, o cultivo de soja no Brasil ocorre em mais da metade de toda sua área agrícola. Por ser um país de grande extensão territorial, existe uma proeminente diversidade de condições de solo, clima e fotoperíodo em que a soja é cultivada. Essa diversidade ambiental demanda a necessidade de uma grande diversidade genética da espécie, para que, o desenvolvimento da soja seja satisfatório nas diferentes condições à que esta possa estar submetida. O arranjo espacial equidistante de plantas proporciona uma mesma distância entre plantas vizinhas, situadas a qualquer direção e, por isso, possibilita que estas tenham uma maior eficiência no uso dos recursos fundamentais ao seu desenvolvimento (água, luz, CO 2 e nutrientes). Apesar de todo avanço observado nos últimos anos, em relação ao potencial genético dos cultivares, bem como do maquinário agrícola, o principal modelo de cultivo da soja, ainda baseia-se no plantio por linhas, espaçadas a uma distância de 45 a 50 cm, e plantas espaçadas entre 5 a 10 cm na linha de cultivo. O objetivo deste trabalho foi verificar o comportamento de genótipos de soja, com características morfológicas distintas, cultivados em arranjo espacial equidistante (AEE), em comparação ao modelo tradicional de cultivo, baseado no plantio por fileiras simples, com 50 cm de distância entre si, quando submetidos a duas condições ambientais e tecnológicas: uma com alto nível tecnológico (irrigação, altos níveis de fertilidade, com adubação acima do recomendado, época de plantio favorável) e outra, dentro de um ambiente compatível a realidade dos agricultores do Cerrado brasileiro, considerando assim, um nível médio de tecnologia. Para tanto, foram instalados dois experimentos no município de Patos de Minas – MG no ano agrícola de 2017/2018, um para cada ambiente tecnológico, sendo que cada um deles era constituído de 2 genótipos de soja e 6 arranjos espaciais, perfazendo um esquema fatorial de 2x6. Foram avaliados características relacionadas a morfologia e fisiologia da planta, bem como os componentes de rendimento. As variáveis analisadas foram: índice de área foliar, altura de plantas, índice de vegetação por diferença normalizada (NDVI), teor de pigmentos nas folhas (clorofilas a, b, total e carotenoides), altura da primeira vagem, notas de acamamento, número de grãos por vagem, número de vagens por planta, número de grãos por planta, peso de mil sementes e rendimento por planta. pt-BR
dc.description.abstract Currently the cultivation of soybeans in Brazil occurs in more than half of the entire agricultural area. The country has a great territorial extension, with diversified characteristics of: soil, climate and photoperiod, where soybeans are grown. These extremes environmental conditions require the existence of a genetic diversification of the specie, so that the soybean development is satisfactory, under the different conditions to which it may be submitted. The equidistant spatial arrangement of plants provides the same distance between neighboring plants, sowing in any direction and, therefore, allows them to have a greater efficiency in the use of the essential resources for their development (water, light, CO 2 and nutrients). In spite of all the progress observed in recent years in relation to the genetic potential of cultivars as well as agricultural machinery used, persists as the main model of soybean cultivation the planting spaced 45 to 50 cm between rows, and plants spaced 5 and 10 cm in the row. The aim of this research was to verify the behavior of soybean genotypes with different morphological characteristics, cultivated in an equidistant spatial arrangement (ESA), in comparison to the traditional model of cultivation, based on simple row planting at 50 cm, when subjected to two environmental and technological conditions: one with a high technological level (irrigation, high fertility levels, fertilization above recommended for crop, season more favorable for planting) and another, which represents the majority of the farmers of the Brazilian Cerrado, thus considering a medium level of technology. For this purpose, two experiments were installed in the city of Patos de Minas - MG, in 2017/2018 season, one for each technological environment, each of which consisted of two soybean genotypes and six spatial arrangements, making up a factorial scheme of 2x6. Characteristics related to plant morphology and physiology, as well as yield components were evaluated. The variables analyzed were: leaf area index, plant height, normalized difference index vegetation (NDVI), Leaf pigments content, height of first pod, lodging notes, number of grains per pod, number of pods per plant, number of grains per plant, weight of one thousand seeds and yield per plant. en
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Espaçamentos soja pt-BR
dc.subject Arranjo equidistante pt-BR
dc.subject População de plantas pt-BR
dc.title Arranjos espaciais equidistantes modulam o desenvolvimento de genótipos de soja pt-BR
dc.title Equidistant spatial arrangements modulate the soybean genotypes development en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Fisiologia de Plantas Cultivadas pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Agronomia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Agronomia pt-BR
dc.degree.local Rio Paranaíba - MG pt-BR
dc.degree.date 2018-07-06
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account