Locus  

Desempenho de genótipos de feijão-comum selecionados para resistência parcial ao mofo-branco

Mostrar registro simples

dc.contributor Vieira, Rogério Faria
dc.contributor Cecon, Paulo Roberto
dc.contributor.advisor Carneiro, José Eustáquio de Souza
dc.creator Teixeira, Pablo Henrique
dc.date.accessioned 2018-11-06T10:45:38Z
dc.date.available 2018-11-06T10:45:38Z
dc.date.issued 2018-07-23
dc.identifier.citation TEIXEIRA, Pablo Henrique. Desempenho de genótipos de feijão-comum selecionados para resistência parcial ao mofo-branco. 2018. 23 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/22478
dc.description.abstract O mofo-branco (MB), causado pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum, é a principal doença do feijoeiro no outono-inverno. A resistência genética é uma das principais ferramentas no manejo do MB. Nosso objetivo foi avaliar o desempenho, a resistência de campo ao MB e as características envolvidas na resistência de escape com o uso de linhagens/cultivares de feijão selecionados de ensaios de Valor de Cultivo e Uso (VCUs) conduzidos entre 2008 e 2016 em áreas com histórico dessa doença. Dois ensaios (Viçosa e Oratórios) foram conduzidos no outono-inverno de 2017, com irrigação por aspersão, em área com histórico de MB. Doze linhagens/cultivares foram selecionadas nos VCUs por apresentarem resistência parcial ao MB; as cultivares Pérola e Estilo, por apresentarem resistência moderada; e as cultivares Ouro Negro, Majestoso e Ouro Vermelho, por apresentarem suscetibilidade ao MB. Também foram incluídas linhagens internacionais com reconhecida resistência parcial ao MB: A 195, G 122 e Cornell 605. O delineamento foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. A pressão de MB foi alta em Oratórios e moderada/alta em Viçosa, com produtividades médias de 2733 e 2453 kg.ha -1 , respectivamente. As linhagens CNFC 10432 e CNFP 11990, selecionadas como parcialmente resistentes ao MB, ficaram entre as mais produtivas e com as plantas mais altas. Além disso, essas duas linhagens apresentaram menores IMB, ISMB, acamamento e produção de escleródios. As linhagens internacionais, especialmente A 195 e G 122, ficaram no grupo com menor IMB e ISMB, mas foram menos produtivas que as linhagens selecionadas para resistência parcial ao MB. O fechamento de fileiras só diferenciou as linhagens internacionais que são do tipo I dos demais genótipos que são dos tipos II e III. A associação entre IMB e ISMB foi muito alta (r > 0,90). A baixa produtividade das linhagens internacionais reconhecidamente resistentes ao MB e a suscetibilidade de algumas linhagens à antracnose, a qual camuflou os sintomas de MB, explicam a baixa ou a inexistência de correlação entre produtividade e ISMB. O acamamento apresentou correlação positiva com ISMB: foi moderada em Oratórios e fraca em Viçosa. A correlação entre fechamento de fileiras e ISMB foi positiva e moderada. Altura de plantas e ISMB correlacionaram-se fracamente (r = -0,20) em Oratórios e não significativamente em Viçosa. Os resultados sugerem que acamamento e fechamento de fileiras tiveram maior associação com ISMB que altura de plantas. As linhagens CNFC 10432 e CNFC 11990 apresentam alta produtividade, resistência parcial ao MB e características de plantas que favorecem essa resistência. pt-BR
dc.description.abstract White mold (WM), caused by fungus Sclerotinia sclerotiorum, is the main common bean disease of fall-winter. Genetic resistance is one of the main tools in WM management. Our objective was to evaluate the performance, the field resistance to WM and the characteristics involved in resistance of escape with the use of bean lines/cultivars selected from trials of Value for Cultivation and Use (VCUs) conducted between 2008 and 2016 in areas with history of this disease. Two trials (Viçosa and Oratórios) were conducted in the fall-winter of 2017, with sprinkler irrigation, in an area with a history of WM. Twelve lines/cultivars were selected in the VCUs because they presented partial resistance to WM; the cultivars Pérola and Estilo, for presenting moderate resistance; and the cultivars Ouro Negro, Majestoso and Ouro Vermelho, due to their susceptibility to WM. International lines with recognized partial resistance to WM were also included: A 195, G 122 and Cornell 605. The randomized complete block design with four replicates was used. The WM pressure was high in Oratórios and moderate/high in Viçosa, with average yield of 2733 and 2453 kg.ha -1 , respectively. The lines CNFC 10432 and CNFP 11990, selected as partially resistant to WM, were among the most yield and with the highest plants. In addition, these two lines presented the lowest WMI, WMSI, lodging and sclerotia production. The international lines, especially A 195 and G 122, were in the group with lower WMI and WMSI, but were less yield than the lines selected for partial resistance to WM. The canopy closure only differentiated the international lines that are of type I of the others genotypes that are of types II and III. The association between WMI and WMSI was very high (r > 0.90). The low yield of international lines with recognized resistance to WM and the susceptibility of some lines to anthracnose, which camouflaged WM symptoms, explain the low or no correlation between yield and WMSI. The lodging presented positive correlation with WMSI: was moderate in Oratórios and weak in Viçosa. The correlation between canopy closure and WMSI was positive and moderate. Canopy height and WMSI presented weak correlation (r = -0.20) in Oratórios and was non-significant in Viçosa. The results suggest that lodging and canopy closure had greater association with WMSI than canopy height. The lines CNFC 10432 and CNFC 11990 present high yield, partial resistance to WM and characteristics of plants that favor this resistance. en
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Sclerotinia sclerotiorum pt-BR
dc.subject Phaseolus vulgaris pt-BR
dc.subject Feijão - Melhoramento genético pt-BR
dc.subject Feijão - Resistência a doenças e pragas pt-BR
dc.title Desempenho de genótipos de feijão-comum selecionados para resistência parcial ao mofo-branco pt-BR
dc.title Performance of genotypes of common bean selected for partial resistance to white mold en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Melhoramento Vegetal pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/1120100196704482 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitotecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitotecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2018-07-23
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Fitotecnia [834]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta