Locus  

Correlação dos níveis de hemoglobina glicada com o conhecimento e a atitude sobre Diabetes Mellitus tipo 2

Show simple item record

dc.contributor Magalhães, Lucas Vilas Boas
dc.contributor Cardoso, Silvia Almeida
dc.contributor.advisor Lima, Luciana Moreira
dc.creator Ribeiro, Vivian Santana Soares
dc.date.accessioned 2018-12-12T11:37:01Z
dc.date.available 2018-12-12T11:37:01Z
dc.date.issued 2018-05-17
dc.identifier.citation RIBEIRO, Vivian Santana Soares. Correlação dos níveis de hemoglobina glicada com o conhecimento e a atitude sobre Diabetes Mellitus tipo 2. 2018. 41 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/22765
dc.description.abstract O diabetes mellitus é um importante e crescente problema de saúde pública em todo o mundo. O aumento global do número absoluto de pessoas com diabetes tipo 2 é particularmente ameaçador, necessitando administrar esta complexa doença crônica, e as diversas patologias associadas, que acarretam várias complicações e alta morbimortalidade. O objetivo do presente estudo foi avaliar o conhecimento e a atitude para o diabetes mellitus, correlacionando os níveis de hemoglobina glicada com os escores dos questionários de conhecimento e de atitude sobre diabetes de pacientes diabéticos tipo 2. Para investigar estes desfechos, na presente dissertação é apresentado um artigo original intitulado “Correlação dos níveis de hemoglobina glicada com o conhecimento e a atitude sobre Diabetes Mellitus tipo 2”. Trata- se de um estudo observacional, transversal com duração de noventa dias, conduzido no Centro Estadual de Atenção Especializada, Viçosa, MG. Participaram do estudo 65 portadores de diabetes mellitus tipo 2, adultos e idosos de ambos os sexos. Foram coletados dados do prontuário do paciente a fim de avaliar as variáveis sociodemográficas, clínicas e laboratoriais, sendo então registrado o controle glicêmico por meio da hemoglobina glicada. A avaliação do conhecimento e da atitude para o diabetes mellitus foi realizada pela aplicação do Questionário de Conhecimento sobre Diabetes e do Questionário de Atitude em diabetes, instrumentos validados e traduzidos para o português. As análises estatísticas foram conduzidas utilizando-se o software SPSS (SPSS Inc., Chicago, IL, 2008), versão 20.0. Os resultados apontam que 24,6% (n=16) da população estudada era constituída por homens, e 75,4% (n=49) por mulheres. A idade média foi de 55±12 e 57±12 anos para homens e mulheres, respectivamente, sem diferença estatística entre esse grupo. O IMC foi de 31±6, caracterizando obesidade para 35% da amostra e apenas 34% apresentaram bom controle glicêmico. Para os escores de conhecimento (r=0,005; p=0,966) e de atitude (r=0,034; p=0,790) não houve correlação significante com a HbA1c, sendo que (94%) dos pacientes não atingiram o ponto de corte do ATT-19. Pelo teste de Spearman na correlação entre as variáveis do grupo com pontuação maior que 8 pontos para o escore de conhecimento, foi observada diferença negativa entre este escore e o de atitude. Deste modo, pode-se concluir que o conhecimento e a atitude em relação à doença não traduziram em melhor controle da glicemia, na população estudada. O controle eficiente da HbA1c é multifatorial, envolvendo questões genéticas, comórbidas, comportamentais, medicamentosas, dos serviços de saúde, entre outros, que devem ser considerados na conduta. pt-BR
dc.description.abstract Diabetes mellitus is an important and growing public health problem throughout the world. The overall increase in the absolute number of people with type 2 diabetes is particularly threatening, requiring administer this complex chronic illness, and the various associated pathologies, that lead to various complications and high morbidity and mortality The aim of the present study was to evaluate the knowledge and attitude for diabetes mellitus, correlating glycated hemoglobin levels (HbA1c) with the Diabetes Knowledge Questionnaire and Diabetes Attitudes Questionnaire scores of type 2 diabetic patients. To investigate these outcomes, in this dissertation is presented an original article: “Correlation of glycated hemoglobin levels with knowledge and attitude about diabetes mellitus type 2". It is a cross sectional study with duration of 90 days, conducted at State Center of Specialized Attention, Viçosa, MG. A total of 65 patients with type 2 diabetes mellitus, adults and elderly people of both sexes participated in the study. Data were collected from patient records to assess the socio-demographic variables, clinical and laboratory, being so registered the glycemic control through the glycated hemoglobin. The assessment of the knowledge and the attitude to the diabetes mellitus was held by application of the Diabetes Knowledge Questionnaire (DKN-A) and Diabetes Attitudes Questionnaire (ATT-19). The statistical analyses were conducted using SPSS software (SPSS Inc., Chicago, IL, 2008), version 20.0. The mean age was 55 ± 12 and 57 ± 12 years for men and women, respectively, with no statistical difference. The mean BMI (weight (kg)/height (m) 2) observed was 31 ± 6, characterizing obesity for 35% of the sample and only 34% presented good glycemic control. For the knowledge scores (r = 0.005, p = 0.966) and attitude (r = 0.034, p = 0.790) there was no significant correlation with HbA1c, and (94%) patients did not reach the ATT cutoff -19. By the Spearman test in the correlation between the variables of the group with scores higher than 8 points for the knowledge score, a negative and significant correlation was observed between this score and the attitude score Thus, it can be concluded that knowledge and attitude towards the disease did not translate into better glycemic control in the studied population. The efficient control of HbA1c is multifactorial, involving genetic, comorbid, behavioral, drugs, health services, among others, that should be considered in the conduct. en
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Diabetes pt-BR
dc.subject Hemoglobina A glicada pt-BR
dc.subject Diabéticos - Saúde e higiene pt-BR
dc.title Correlação dos níveis de hemoglobina glicada com o conhecimento e a atitude sobre Diabetes Mellitus tipo 2 pt-BR
dc.title Correlation of HbA1c with knowledge and attitude about type 2 Diabetes Mellitus en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Biológicas pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/4076952023602475 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Medicina e Enfermagem pt-BR
dc.degree.program Metre em Ciências da Saúde pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2018-05-17
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Ciências da Saúde [25]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account