Locus  

O patrimônio na corda bamba de sombrinha: o caso da capela e da festa de Santa Quitéria no distrito de Rodrigo Silva (Ouro Preto - MG)

Show simple item record

dc.contributor Bohrer, Alex Fernandes
dc.contributor.advisor Civale, Leonardo
dc.creator Dias, Jussara Duarte Soares
dc.date.accessioned 2019-04-16T18:31:51Z
dc.date.available 2019-04-16T18:31:51Z
dc.date.issued 2018-05-11
dc.identifier.citation DIAS, Jussara Duarte Soares. O patrimônio na corda bamba de sombrinha: o caso da capela e da festa de Santa Quitéria no distrito de Rodrigo Silva (Ouro Preto - MG). 2018. 289 f. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/24588
dc.description.abstract A presente pesquisa buscou refletir sobre o processo de patrimonialização como um fenômeno característico do nosso tempo, tendo como enfoque os bens culturais representativos das classes marginalizadas, às vezes institucionalizados como patrimônio municipal. Analisamos a construção da história oficial por membros politizados e da elite de Ouro Preto, seguindo pela apropriação feita pelo SPHAN para consolidação de suas políticas patrimoniais. Desta forma, almejou-se elucidar como a dominação da memória e do fazer histórico foram centradas nas obras barrocas e de Aleijadinho, localizadas no centro de Ouro Preto. Utilizadas e reutilizadas, coligiram na ideia de “cidade histórica” e posteriormente de “cidade-monumento”. O nosso principal objetivo incide sobre o patrimônio cultural local, especialmente naqueles representativos para a própria comunidade, que foram por séculos excluídos e marginalizados dos processos culturais. Sendo assim, nosso objeto de estudo contempla a festa e a capela de Santa Quitéria do alto da Boa Vista, pertencente ao distrito de Rodrigo Silva, inventariadas e no processo de tombamento desde o ano de 2005. Para compreender o silêncio que os assola, permeamos por conceitos teóricos da historiografia do patrimônio cultural e também por questões práticas, ressaltando as ações dos órgãos de preservação como o IPHAN, o IEPHA, Conselhos e Departamentos municipais da cidade de Ouro Preto. Como uma estratégia de salvaguarda e utilizando de documentação e estudos adequados, dedicamos um capítulo para narrar sobre as memórias da capela e da festa de Santa Quitéria, bens significativos para a comunidade. O trabalho buscou demonstrar como este período democrático no qual vivemos possibilita a inserção de diferentes expressões culturais que compõem nossa heterogênea sociedade. Por fim, como exercício de cidadania, a intervenção prática aqui realizada refletiu sobre o papel social do patrimônio cultural e sua apropriação pela própria comunidade. pt-BR
dc.description.abstract The present research aims to reflect on the process of patrimonialization as a characteristic phenomenon of our time, focusing on the representative cultural assets from the marginalized classes, institutionalized as municipal patrimony. We analyze the construction of the official history by politicized members and the elite of Ouro Preto, followed by the appropriation made by SPHAN to consolidate its patrimonial policies. Itintends to elucidate how the domination of memory and historical making focused on the baroque works of Aleijadinho, located in the center of Ouro Preto. Used and reused, they gathered in the idea of "historical city" and later of "city-monument". The main objective is related to local cultural heritage, especially those that are representative of the local population, who have been excluded and marginalized from cultural processes for centuries. Therefore, our object of study contemplates the feast and the chapel of Santa Quitéria of the high of Boa Vista, pertaining to the district of Rodrigo Silva, inventoried and in the process of tipping since the year of 2005. To understand the silence that devastates them, we permeate by theoretical concepts of the historiography of cultural heritage and also by practical issues, highlighting the actions of preservation bodies such as IPHAN, IEPHA, Councils and municipal departments of the city of Ouro Preto. As a safeguard strategy and using proper documentation and studies, we dedicated a chapter to narrate about the memories of the chapel and the feast of Santa Quiteria, meaningful goods for the local population. Thus, this paper intends to show how this democratic period allows the insertion of different cultural expressions that make up our heterogeneous society. Finally, as an exercise in citizenship, the practical intervention carried out here reflected on the social role of cultural heritage and its appropriation by the community itself. en
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Patrimônio cultural - Rodrigo Silva (Ouro Preto, MG) pt-BR
dc.subject Cultura popular - Rodrigo Silva (Ouro Preto, MG) pt-BR
dc.subject Festa de Santa Quitéria pt-BR
dc.title O patrimônio na corda bamba de sombrinha: o caso da capela e da festa de Santa Quitéria no distrito de Rodrigo Silva (Ouro Preto - MG) pt-BR
dc.title The heritage on the tightrope: the case of the chapel and the feast of Santa Quitéria in the district of Rodrigo Silva (Ouro Preto - MG) en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Humanas pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/7623551585774397 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de História pt-BR
dc.degree.program Mestre em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2018-05-11
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account