Locus  

IDE-UFV: proposta de infraestrutura de dados espaciais acadêmica

Show simple item record

dc.contributor Filho, Jugurta Lisboa
dc.contributor.advisor Santos, Afonso de Paula dos
dc.creator Silva, Priscila de Lima e
dc.date.accessioned 2019-04-23T18:38:04Z
dc.date.available 2019-04-23T18:38:04Z
dc.date.issued 2019-02-11
dc.identifier.citation SILVA, Priscila de Lima e. IDE-UFV: proposta de infraestrutura de dados espaciais acadêmica. 2019. 81 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2019. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/24711
dc.description.abstract Uma Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE) é uma plataforma que permite interligar produtores e usuários de informações espaciais, por meio de padrões e políticas bem definidas. Em uma universidade, devido ao setor administrativo, responsável pela gestão do território, e aos diversos projetos de pesquisa, de ensino e de extensão é grande a utilização e produção de dados cartográficos. No entanto, parte dos dados produzidos se perdem em laboratórios ou em posse dos pesquisadores, inviabilizando a reutilização dessas informações e proporcionando gastos duplicados para a nova geração de tais dados. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é o desenvolvimento de uma IDE Acadêmica para a Universidade Federal de Viçosa (UFV). Para o desenvolvimento dessa IDE, foram feitas parcerias com os órgãos administrativos da UFV a fim de definir a estrutura institucional para a infraestrutura. Para garantir o gerenciamento, a manutenção e a continuidade da IDE dentro da universidade, foi proposta a nomeação de uma comissão permanente, composta por membros de diversos setores administrativos e acadêmicos. Foi elaborado um modelo de Resolução para criação da IDE-UFV, e proposto o desenvolvimento desta infraestrutura em três ciclos. Com o intuito de elucidar todos os elementos a serem comtemplados na IDE, foi elaborada uma modelagem conceitual. Em relação aos componentes tecnológicos, optou-se pela utilização de softwares livres e de código aberto. Dessa forma, empregou-se o sistema PostGIS para o gerenciamento do banco de dados, o software i3Geo para o desenvolvimento do visualizador de mapas, o editor edpMGBs para a criação dos metadados e o software GeoNetwork para gerenciamento do catálogo de metadados. Os padrões adotados foram os homologados pela Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE) e pela Comissão Nacional de Cartografia (CONCAR). A proposta de desenvolvimento de IDE apresentada considerou as peculiaridades da UFV, espera-se que ela possa servir como base para o desenvolvimento de outras IDE Acadêmicas. pt-BR
dc.description.abstract A Spatial Data Infrastructure (SDI) is a platform that allows the interconnection of producers and users of spatial information, through well defined standards and politics. In an university, due to the administrative sector, responsible for the territory management, and to the diverse projects of research, teaching and extension is great the use and production of cartographic data. However, part of the data produced is lost in laboratories or in the possession of researchers, making it impossible to reuse this information and providing duplicate expenses for the new generation of such data. The objective of this work is the development of an Academic SDI for the Federal University of Viçosa (UFV). For the development of this SDI, partnerships were made with the administrative bodies of the UFV in order to define the institutional structure for the infrastructure. To ensure the management, maintenance and continuity of SDI within the university, a permanent committee was nominated, composed of members from various administrative and academic sectors. A model of Resolution was elaborated for the creation of the SDI-UFV, and the development of this infrastructure in three cycles was proposed. A conceptual modeling was elaborated in order to elucidate all the elements to be contemplated in the SDI. Regarding the technological components, we opted for the use of free and open source softwares. Therefore, we used the PostGIS database management system, the i3Geo software for the development of the map viewer, the edpMGBs editor for the creation of the metadata and the GeoNetwork software for managing the metadata catalog. The standards adopted were those homologated by the National Spatial Data Infrastructure (INDE) and the National Cartography Commission (CONCAR). The proposal for the development of Academic SDI adopted was viable for the university, and it is expected that it could support the development of other Academic SDI. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Infraestruturas de dados espaciais pt-BR
dc.subject Dados geoespaciais pt-BR
dc.subject Universidade Federal de Viçosa - Sistema de informação geográfica pt-BR
dc.subject Software livre pt-BR
dc.title IDE-UFV: proposta de infraestrutura de dados espaciais acadêmica pt-BR
dc.title SDI-UFV: proposed spatial data infrastructure academic en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Cartografia Básica pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/4237254283743400 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Engenharia Civil pt-BR
dc.degree.program Mestre em Engenharia Civil pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2019-02-11
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Engenharia Civil [378]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account