Locus  

Dinâmica da regeneração natural de espécies arbóreas e arbustivas no sub-bosque de povoamento de Mimosa scabrella Bentham, em área minerada, em Poços de Caldas-MG

Mostrar registro simples

dc.creator Nappo, Mauro Eloi
dc.date.accessioned 2015-03-26T12:27:20Z
dc.date.available 2007-10-15
dc.date.available 2015-03-26T12:27:20Z
dc.date.issued 2002-11-11
dc.identifier.citation NAPPO, Mauro Eloi. Dynamics of natural regeneration of tree and shrub community in understory of stands of Mimosa scabrella Bentham in mined area, Poços de Caldas, Brazil. 2002. 97 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2002. por
dc.identifier.uri http://locus.ufv.br/handle/123456789/609
dc.description.abstract Como estratégia de reabilitação de área minerada a ALCOA Alumínio S.A. realizou, no ano agrícola 1982/1983, hidrossemeadura de gramíneas e leguminosa e o plantio puro de Mimosa scabrella Bentham, na área do Retiro-Branco. Em 1997 foi implantado um conjunto de 19 parcelas permanentes de 50m2 nesta área, para caracterização inicial do processo de regeneração natural, tendo sido testada a suficiência amostral e do tamanho das parcelas do inventário. Em 2000, foi realizado o segundo inventário nas parcelas, para caracterização do processo de dinâmica da regeneração natural que é o objeto deste trabalho. O processo de dinâmica da regeneração natural foi caracterizado mediante análises quantitativas e qualitativas, da composição florística, da estrutura horizontal e vertical, da distribuição diamétrica, e por análise de gradientes ambientais em relação a fatores edáficos e de abertura de dossel. Os estudos demonstraram que o monitoramento mediante inventário florestal contínuo, com parcelas permanentes setorizadas, é uma ferramenta viável para avaliações da dinâmica da regeneração natural, rumo a compreensão dos caminhos da sucessão. Foi caracterizado o processo de estratificação da regeneração natural, onde as espécies pioneiras e clímax são as principais componentes do estrato inferior e as secundárias as principais componentes do estrato superior. O povoamento florestal do Retiro-Branco está sobre intensa atividade de estruturação, caracterizando o estágio inicial do processo de sucessão. O declínio do povoamento puro de Mimosa escabrella, está modificando a ordem anteriormente estabelecida para o processo de sucessão da área, provocando a diversificação de condições de sítio, e assim, selecionando a ocupação dos mesmos em função dos grupos ecológicos, sendo as espécies pioneiras as mais favorecidas. As espécies secundárias, são as de maior dominância nas maiores classes de altura e de diâmetro, sendo as principais responsáveis pela edificação do estrato superior, em especial, a espécie Miconia sellowiana. As espécies que apresentaram melhor desempenho na colonização e estruturação da regeneração natural do Retiro-Branco, nos dois inventários, foram Miconia sellowiana, Psychotria sessilis, Leandra melastomoides, Clethra scabra, Myrsine umbellata, Miconia pepericarpa, Tibouchina candolleana, Cordia suberba, Cestrum amictum, Alchornea triplinervia, Casearia sylvestris, Blepharocalyx salicifolius, Myrcia rostrata e Schinus terebinthifolius, sendo indicadas como espécies para uso nos programas de reabilitação de áreas mineradas em condições semelhantes, sobre a estratégia sucessional. A prognose da distribuição diamétrica, realizada mediante o emprego de matriz de transição, foi uma ferramenta de fácil implementação e que permitiu prever o caminho do processo de sucessão para o povoamento todo e para os grupos ecológicos de espécies, ampliando o entendimento dos mecanismos que regem o comportamento interno da sucessão. O uso conjunto das ferramentas de dinâmica da composição florística, análise de estrutura vertical, horizontal e de distribuição diamétrica, correlacionadas com variáveis ambientais se mostrou eficiente para o entendimento do comportamento do processo de sucessão em nível de espécies e grupos ecológicos, sendo útil para a seleção de espécies e de estratégias para reabilitação de áreas degradadas. pt_BR
dc.description.abstract In 1982/1983 as part of its mine rehabilitation strategy, ALCOA Alumínio S.A. hydroseeded herbaceous species and planted tree seedlings of Mimosa scabrella Bentham in Retiro-Branco bauxite mining site. In 1997, 19 sample plots of 50m2 were implanted in this area for initial characterization of natural regeneration process. Sampling sufficiency and ideal size of sample plots were tested. In 2000, a second inventory was performed in these sample plots, to characterize natural regeneration dynamics. Dynamics of natural regeneration process were characterized by means of quantitative and qualitative analyses of floristic composition, horizontal and vertical structure and diameter distribution. Environmental gradients in relation to soil properties and canopy gap were also considered. These studies demonstrated that using continuous forest inventory with a sample plot grid is a viable tool for evaluating natural regeneration dynamics. The stratification process for natural regeneration was characterized. Pioneer and climax species are the main components of the inferior stratum and secondary ones the main component of the superior stratum. The forest succession of Retiro-Branco was found to be undergoing intense structuring activity, characterizing initial stage of succession. The decline of pure stand of Mimosa escabrella is modifying the sucessional order that previously occurred in this area, provoking modification in site conditions. Occupation of these sites occurs by ecological groups, pioneer species being favored in the process. Secondary species, especially Miconia sellowiana, are the most dominant in classes with greatest height and diameter, being the most responsible for construction of the superior stratum. The species which presented best performance in colonization and structuring of natural regeneration at Retiro-Branco for both inventories were Miconia sellowiana, Psychotria sessilis, Leandra melastomoides, Clethra scabra, Myrsine umbellata, Miconia pepericarpa, Tibouchina candolleana, Cordia suberba, Cestrum amictum, Alchornea triplinervia, Casearia sylvestris, Blepharocalyx salicifolius, Myrcia rostrata and Schinus terebinthifolius. These are indicated as promising species for rehabilitation programs of mined areas in similar conditions of sucessional strategy. The prediction of diameter distributions using a transition matrix proved to be a simple way for foreseeing both the succession process of natural regeneration and future ecological groupings of species, increasing understanding of mechanisms that rule internal succession behavior. The combined use of analysis of floristic composition as to vertical and horizontal structure and distribution diameter plus correlation with environmental variables proved to be efficient for understanding the sucessional process at the level of species and ecological groups. This is useful for the selection of species and for making other strategic decisions for rehabilitation of degraded areas. eng
dc.description.sponsorship Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais
dc.format application/pdf por
dc.language por por
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa por
dc.rights Acesso Aberto por
dc.subject Áreas degradadas por
dc.subject Poços de Caldas (MG) por
dc.subject Recuperação por
dc.subject Dinâmica de vegetação por
dc.subject Previsão por
dc.subject Comunidades vegerais por
dc.subject Áreas mineradoras por
dc.subject Revegetação por
dc.subject Degraded areas eng
dc.subject Poços de Caldas (MG) eng
dc.subject Regeneration eng
dc.subject Plant dynamics eng
dc.subject Forecasting eng
dc.subject Plant communities eng
dc.subject Mined areas eng
dc.subject Revegetation eng
dc.title Dinâmica da regeneração natural de espécies arbóreas e arbustivas no sub-bosque de povoamento de Mimosa scabrella Bentham, em área minerada, em Poços de Caldas-MG por
dc.title.alternative Dynamics of natural regeneration of tree and shrub community in understory of stands of Mimosa scabrella Bentham in mined area, Poços de Caldas, Brazil eng
dc.type Tese por
dc.publisher.country BR por
dc.publisher.department Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de por
dc.publisher.program Doutorado em Ciência Florestal por
dc.publisher.initials UFV por
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA por
dc.creator.lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761266U9 por
dc.contributor.advisor1 Griffith, James Jackson
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787063H6 por
dc.contributor.referee1 Martins, Sebastião Venâncio
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784895Z9 por
dc.contributor.referee2 Marco Junior, Paulo de
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4723007A6 por
dc.contributor.referee3 Souza, Agostinho Lopes de
dc.contributor.referee3Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787807J6 por
dc.contributor.referee4 Oliveira Filho, Ary Teixeira de
dc.contributor.referee4Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783903E5 por


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Ciência Florestal [600]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta