Locus  

Interações ecológicas no complexo plantas de tomate - artrópodes herbívoros mediadas por odores

Mostrar registro simples

dc.contributor Pallini Filho, Angelo
dc.contributor Sperber, Carlos Frankl
dc.contributor.advisor Vilela, Evaldo Ferreira
dc.creator Moreira, Luciano Rezende
dc.date.accessioned 2017-03-21T13:37:55Z
dc.date.available 2017-03-21T13:37:55Z
dc.date.issued 2003-07-31
dc.identifier.citation MOREIRA, Luciano Rezende. Interações ecológicas no complexo plantas de tomate - artrópodes herbívoros mediadas por odores. 2003. 47f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9832
dc.description.abstract Em uma teia alimentar, as interações ecológicas são diversas e os seus membros podem usar os mesmos sinais voláteis para benefício próprio. Analisando as plantas e os herbívoros como parte da teia, podemos verificar que as relações que ocorrem são diferentes daquelas de uma simples cadeia alimentar. Plantas conseguem trocar informações por meio de compostos voláteis, denominados infoquímicos. Esta comunicação química entre as plantas é importante na estruturação da teia alimentar e interfere na interação planta- herbívoro. H erbívoros são capazes de perceber voláteis químicos emitidos por plantas, podendo desta forma, se beneficiar de informações contidas nesses compostos. Plantas são capazes de produzir ativamente infoquímicos, quando diretamente atacadas por herbívoros e os próprios herbívoros sã o importantes fontes de odores utilizados pelos co-específicos na localização do hospedeiro. Estudos sobre comportamento de forrageamento de herbívoros é fundamental para a compreensão das interações que ocorrem entre os organismos que compõem as teias alimentares. O objetivo deste trabalho foi estudar as interações comportamentais entre plantas de tomate (Lycopersicon lycopersicum), variedade Santa Clara, em diversas situações e duas pragas de importância econômica da cultura do tomateiro, o ácaro-vermelho Tetranychus evansi (Acari: Tetranychidae) e o pulgão Myzus persicae (Homoptera: Aphididae). Utilizaram- se técnicas de olfatometria e experimentos de liberação e recaptura dos artrópodos envolvidos. Não foram encontradas diferenças significativas na tomada de decisão dos herbívoros a odores de plantas de tomate limpas, mantidas próximas ou longe de plantas atacadas por co-específicos, bem como entre plantas de tomate limpas previamente infestadas com co-específicos comparativamente com plantas de tomate limpas. A comunicação intra-específica em plantas de tomate, capaz de influenciar o comportamento de carnívoros, não alterou o comportamento dos herbívoros. Os infoquímicos liberados pelas plantas de tomate previamente infestadas e, ou, limpas podem ser indiferentes para o herbívoro na tomada de decisão ou insuficientes para serem percebidos pelos herbívoros na intensidade e duração da infestação utilizada neste trabalho. Herbívoros tiveram preferência significativa por plantas infestadas por co- específicos, não evitando competição intra-específica, quando oferecidos odores de plantas atacadas com a presença do co-específico comparativamente com plantas limpas. Quando foram oferecidos co-específicos como fontes de odores versus plantas previamente infestadas, a tomada de decisão dos herbívoros foi significativamente maior pelos co-específicos. Estes últimos resultados demonstram a fundamental importância da presença do co-específico para a localização do hospedeiro pelo herbívoro. pt-BR
dc.description.abstract In a food web the ecological interactions are diverse and its members may use the same volatile signals to their own benefit. Taking plants and herbivores as part of a food web, we can verify that the interactions occurring are different from those of a simple food chain. Plants are able to exchange information through volatiles compounds, i.e. infochemicals. This chemical communication among plants is important in the shaping and structuring of the food web and certainly interferes in the plant-herbivore interactions. Herbivores can perceive volatiles produced by plants, thereby benefiting from the information conveyed by the compounds. Plants actively produce infochemicals when damaged by herbivores and the herbivores are themselves odors sources used by the coespecifics during searching for their hosts. Studies on herbivore foraging behavior are fundamental for understanding the interactions among the organisms in a food web. The goals of this investigation were to study the behavioral interactions between the tomato plants (Lycopersicon lycopersicum), variety Santa Cruz, and the two important economic pests in the culture of tomato, the mite Tetranychus evansi (Acari: Tetranychidae) and the aphid Myzus persicae (Homoptera: Aphididae). It was used olfactometer techniques and release-recapture experiments of the chosen arthropods. It was not found significant differences on the responses of the herbivores to clean plants kept close or far away from plants damaged by coespecifics, and to plants that have been previously infested but had their animals removed when compared to clean plant. The intraspecific communication among tomato plants, that can influence the carnivore behavior, did not alter the herbivore behavior. The infochemicals released by the previously infested tomato plants and/or clean plants may be different to the herbivore to influence its decision- making or insufficient to be perceived by the herbivores at the intensity and duration of the infestation used in this work. Herbivores had significant preference for coespecific-infested plants. They did not avoid intraspecific competition when offered odors from infested plants with coespecifics against clean plants. When it was offered coespecifics as odor sources against previously infested plant, the herbivores preferred coespecifics. The latter results show the importance of the coespecific presence to the host finding by the herbivores. en
dc.description.sponsorship Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Artrópodes - Controle biológico pt-BR
dc.subject Relação inseto-planta pt-BR
dc.subject Interação de plantas pt-BR
dc.subject Competição intra-específica pt-BR
dc.subject Odores pt-BR
dc.title Interações ecológicas no complexo plantas de tomate - artrópodes herbívoros mediadas por odores pt-BR
dc.title Ecological interactions in the tomato plant-arthropod herbivores complex mediated by odors en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Biológicas pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/6709785861730285 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Entomologia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Entomologia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2003-07-31
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Entomologia [427]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Entomologia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta