Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10006
Tipo: Dissertação
Título: Estrutura fatorial e proposta de novo quociente motor para o teste de coordenação corporal para crianças (KTK): um estudo com escolares de 5 a 10 anos de idade
Factor structure and new motor quotient proposal for body coordination test for children (KTK): a study with children 5 to 10 years old
Autor(es): Moreira, João Paulo Abreu
Abstract: O quadro atual aponta para um decréscimo dos níveis de competência motora em crianças, com consequente diminuição da prática de atividades físicas, queda nos níveis de aptidão física e prejuízos à saúde e qualidade de vida dessa população. Assim, parece importante investir em programas que busquem ampliar tal competência desde a infância, especialmente nas aulas de Educação Física. Para isso, além de estratégias de intervenção, é necessária a realização de testes motores para medir os níveis de competência motora, a fim de monitorar o processo. Neste sentido, é preciso um teste motor válido, confiável, objetivo, de baixo custo, que possa ser facilmente aplicado e analisado. O Teste de Coordenação Corporal para Crianças - KTK (Körperkoordinationstest Für Kinder) parece ser uma excelente opção. Composto por quatro tarefas: Equilíbrio na Trave, Saltos Laterais, Transferência sobre Plataformas e Saltos Monopedais, propõe medir o fator competência motora. Os objetivos da pesquisa foram testar a validade do KTK para uma amostra brasileira composta por 295 crianças, de 5 e 10 anos de idade, além de propor uma equação para o cálculo do seu quociente motor geral, que leve em consideração a influência específica de cada uma das tarefas do teste para medir a competência motora, o que não é considerado em seu formato original. Verificou-se também a influência do sexo e da idade das crianças nas pontuações obtidas por elas nos itens testados. Os resultados demonstraram que as propriedades psicométricas e a estrutura fatorial do KTK foram bem ajustadas ao modelo, que se mostrou adequado, confirmando a competência motora como seu único fator, além de mostrar que as cargas fatoriais dos itens da bateria são diferentes. Por meio da abordagem da regressão dos mínimos quadrados para obtenção do escore fatorial, chegou- se à equação para o cálculo do novo quociente motor do KTK, que leva em consideração a influência que cada sub-teste tem no resultado final da bateria e permite a comparação dos resultados entre grupos distintos. Os resultados também sugerem que a idade interfere na pontuação das quatro tarefas do KTK e do novo quociente motor e que o sexo interfere nas tarefas Transferência sobre Plataformas e Saltos Monopedais, e também no novo quociente motor. Pode-se concluir que o KTK é um teste válido e confiável para medir a competência motora de crianças brasileiras, sensível ao sexo e à idade, de simples execução, com resultados objetivos, de baixo custo, aspectos que o qualificam como um bom instrumento a ser conduzido nas escolas brasileiras. Além disso, o novo quociente motor, que ressalta o peso de cada tarefa no resultado final do teste, irá oferecer novas formas de interpretação desse resultado e novas possibilidades para a pesquisa.
The current situation points towards a reduction in motor competence levels in children, with a consequent decline in their practice of physical activities, a drop in their levels of physical aptitude, and damages to the health and quality of life of such population. Therefore, it seems important to invest in programs which aim to broaden such competence from as early as childhood, especially in physical education classes. In addition to well-planned and coherent interventions, it is necessary to carry out systematic motor tests to measure the levels of motor competence, in order to monitor the whole process. It is therefore necessary to have a motor test which is valid, trustworthy, objective and low-cost, and which may be easily administered and interpreted. For such purposes, the Körperkoordinationstest Für Kinder – KTK seems to be an excellent option. The KTK is a German test, established for over four decades, widely mentioned in the literature and much used in Brazil. Composed of four tasks – Walking Backwards, Jumping Sideways, Moving Sideways and Hopping for Height – the test aims at measuring the motor competence factor. The objectives of this study were to test the validity of the KTK to a sample of 295 Brazilian children, aged 5 to 10 years, as well as to suggest an equation to calculate a general motor quotient that takes into consideration the specific influence to each of the four motor-competence tests, which is not considered in the KTK’s original format. The influence of gender and age in the scores obtained by the children in each test was also analyzed. The results showed that the psychometric properties and the KTK structure were well-adjusted to the model (x² = 3,972; p = 0,137; CFI = 0,997; TLI = 0,990; RMSEA = 0,058; SRMR = 0,012), and confirmed the motor competence as its only latent factor, as well as the fact that the factorial charges of the battery items are different. By using the least squares regression approach to obtain the factorial score, it was possible to reach an equation to calculate the KTK new motor quotient, which takes into consideration the influence of each subtest in the battery final result, and allows the results of distinct groups to be compared. The results also suggested that age interferes in the scores of all four KTK and new motor quotient tasks and that gender interferes in the Moving Sideways and Hopping for Height, and also in the new motor quotient. It was possible to conclude that the KTK is a valid, low-cost and trustworthy test to measure the motor competence of Brazilian children, sensitive to gender and age, of simple execution and objective results. Such aspects qualify the KTK as a good instrument to be used by Brazilian schools. In addition, the new motor quotient, which highlights the weight of each task in the test’s final result, will offer new ways to interpret such result and new possibilities of research.
Palavras-chave: Capacidade motora em crianças - Testes
Educação física para crianças
CNPq: Educação Física
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MOREIRA, João Paulo Abreu. Estrutura fatorial e proposta de novo quociente motor para o teste de coordenação corporal para crianças (KTK): um estudo com escolares de 5 a 10 anos de idade. 2016. 69 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10006
Data do documento: 1-Jul-2016
Aparece nas coleções:Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.