Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10028
Tipo: Dissertação
Título: Efeito da temperatura e de inibidores da ação do etileno na longevidade de flores de esporinha (Consolida ajacis Nieuwl.)
Influence of temperature and ethylene inhibitors on longevity of Consolida ajacis Nieuwl. flowers
Autor(es): Santos, Vanessa Rebouças
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da temperatura e de inibidores da ação do etileno sobre a longevidade, abscisão, produção de CO 2 e etileno nas inflorescências de esporinha (Consolida ajacis Nieuwl.). As flores foram padronizadas em tamanho e distribuídas ao acaso nos seguintes experimentos: 1, mantidas em água destilada nas câmaras com temperatura controlada em 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35 e 40 oC. 2, tratadas com 1-MCP (1- metilciclopropeno), inibidor da ação do etileno, na concentração 0,125; 0,25; 0,5; 1,0 e 1,5 g m -3 de Ethylbloc (produto comercial), que corresponde a 175; 350; 700; 1400 e 2100 ng L -1 de 1-MCP, por 6 horas em câmaras lacradas; 3, mantidas em solução de ‘pulsing’ com 1mM de TSP (tiosulfato de prata), inibidor da ação do etileno, por (30 minutos); 4, ‘pulsing’ com sacarose (5%), por 6 horas; 5, ‘pulsing’ com 1mM de TSP, por 30 minutos combinado com sacarose (5%) por 6 horas; 6, aplicação de 1-MCP (0,5 g m -3 de Ethylbloc) em câmaras lacradas, durante 6 horas e controle; 7, pulverização de 30 em 30 minutos com solução de Ethrel à concentração 0,1; 1; 10; 100 e 1000 mg L -1 ; 8- pulverizadas com Ethrel (100 mg L -1 ) antes e/ou depois do tratamento com 1- MCP (0,5 gm -3 de Ethylbloc), durante 6 horas. Após, todos tratamentos as inflorescências foram transferidas para vasos contendo água destilada. Diariamente registrou-se a abscisão e o murchamento das flores e pétalas; a longevidade baseou-se no critério de 50% de abscisão ou murchamento das flores. A temperatura afetou diretamente a longevidade das flores; com a elevação ocorreu redução na vida em vaso das inflorescências. O tratamento com TSP foi o mais eficaz para prolongar a longevidade, seguido do tratamento com TSP em combinação com sacarose (5%). A sacarose aplicada isoladamente em ‘pulsing’ não teve efeito na manutenção da qualidade das inflorescências. O 1-MCP não foi tão eficiente em relação aos tratamentos que continham TSP na sua formulação, mas possibilitou resultados positivos em relação ao controle ou tratamento com sacarose. O 1-MCP foi eficaz em reverter à ação do etileno, aplicado antes ou depois do tratamento com Ethrel.
The present work had the objective to evaluate the effect of temperature and the inhibitors of ethylene action on longevity, abscission, respiration, ethylene production in inflorescences of Consolida ajacis Nieuwl. The flowers were standardized in length and distributed at random in various treatments: 1, maintained in distilled water in the chambers with controlled temperature at 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35 and 40 oC; 2, treated with 1-MCP (1-methylcyclopropene), inhibitor action ethylene, at 0,125 ; 0,25; 0,5; 1,0 e 1,5 g m -3 de Ethylbloc (product commercial), that correspond at 175; 350; 700; 1400 e 2100 ng L -1 de 1-MCP, for 6 hours in sealed chambers. 3- maintained in pulsing solutions with 1 mM of STS (silver thiosulfate), for 30 minutes; 4, pulsing with sucrose at 5% for 6 hours; 5, pulsing solutions with 1 mM of STS, for 30 minutes combined pulsing with sucrose at 5% for 6 hours; 6, application of 1-MCP (0,5 g m -3 of Ethylbloc) in sealed chambers for 6 hours and control; 7-flowers were aprayed with Ethrel solution at concentration 0,1; 1; 10; 100 e 1000 mg L -1 ; during the period of 2 hours in interval of 30 minutes; 8, flowers were sprayed with Ethrel (100 mg L -1 ) before and/or after of treatment with 1-MCP (0,5 g m -3 de Ethylbloc), for 6 hours. Thereafter, all the treatments were transferred to vase containing distilled water. Daily registered abscission and flower wilting; the end longevity was based on the criteria of 50% of abscission or wilting of the flowers. The temperature affected the longevity of the flowers, reducing the vase life of inflorescences when elevated. The treatment with STS was effective on prolonging the longevity, following of STS treatment combined with 5% sucrose. The sucrose had no effect in maintaining the quality of the inflorescences. The 1-MCP was not as efficient as STS containing treatments, but allowed positive result when compared with the control or sucrose treatment. O 1-MCP was effective to revert the action of ethylene if applied before or after the Ethrel treatment.
Palavras-chave: Fisiologia pós-colheita
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SANTOS, Vanessa Rebouças. Efeito da temperatura e de inibidores da ação do etileno na longevidade de flores de esporinha (Consolida ajacis Nieuwl.). 2003. 48 f. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10028
Data do documento: 14-Abr-2003
Aparece nas coleções:Fisiologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo162,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.