Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10138
Tipo: Dissertação
Título: Cana-de-açúcar em monocultivo e consorciada com feijão-guandu visando a produção de silagens
Sugarcane in monoculture and intercropped with pigeon pea aiming the production of silages
Autor(es): Pereira, Djalma Silva
Abstract: O objetivo do presente trabalho foi avaliar o cultivo de cana-de-açúcar e feijão-guandu visando à produção de silagens mistas de qualidade. Neste contexto, foram realizados três experimentos para avaliar o desempenho agronômico do feijão-guandu em diferentes intervalos de corte na rebrota durante o período seco do ano (capítulo 1), avaliar a produção de forragens de cana-de-açúcar e feijão-guandu cultivados em monocultivo e consorciados (capítulo 2) e avaliar as perdas fermentativas e a composição química de silagens mistas de cana-de-açúcar e feijão-guandu (capítulo 3). No primeiro experimento o delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, com três tratamentos e cinco repetições. O feijão-guandu foi plantado no espaçamento de 1,0 m entre linhas e 0,2 m entre plantas. Os tratamentos consistiram de três períodos de corte realizado na rebrotação das plantas na época seca do ano. Os cortes foram realizados em épocas diferentes para cada tratamento, correspondente a três, quatro e cinco meses após o primeiro corte. No segundo experimento adotou-se o delineamento experimental em blocos casualizados, com três tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos testados foram: cana-de-açúcar em monocultivo; feijão- guandu em monocultivo e consórcio de cana-de-açúcar e feijão-guandu. Para o cultivo da cana-de-açúcar, o plantio foi realizado manualmente, em espaçamento de 1,0 m entre linhas. O feijão-guandu foi semeado no espaçamento de 1,0 m entre linhas e 0,2 m entre plantas. No consórcio o plantio foi feito em linhas alternadas, em uma linha foi plantado feijão-guandu e na outra linha a cana-de-açúcar no espaçamento de 1,0 m entre linhas. No terceiro experimento adotou-se o delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições, totalizando 20 unidades experimentais. Os tratamentos consistiram em cana-de-açúcar ensilada com proporções crescentes de feijão-guandu (0; 25; 50; 75 e 100%). Os silos experimentais foram abertos após o período de 60 dias de fermentação. A partir dos resultados obtidos concluiu-se que o espaçamento adotado nesta pesquisa de 1 m entre linhas de cana-de-açúcar com feijão- guandu em linhas alternadas não é o recomendado para aumentar a oferta de forragem, sendo necessárias novas pesquisas para se determinar o espaçamento ideal entre a cana- de-açúcar e o feijão-guandu visando maiores ofertas de forragem. A partir de 25% de feijão-guandu na ensilagem de cana-de-açúcar há melhora do perfil fermentativo, aumento do valor nutritivo e diminuição das perdas das silagens de cana-de-açúcar. De acordo com as produtividades obtidas para ambas as culturas é necessário o plantio exclusivo de um hectare de cana-de-açúcar para dois hectares de feijão-guandu ou o consórcio com uma linha de cana-de-açúcar para duas linhas de feijão-guandu para atender a proporção de 75:25 na produção das silagens mistas.
The purpose of this study was to evaluate the cultivation of sugarcane and pigeon pea for mixed silages of production quality. In this context, three experiments were conducted to evaluate the agronomic performance of pigeon pea in different cutting intervals on regrowth during the dry period of the year (Chapter 1), evaluate the production of fodder from sugarcane and beans-pigeon pea grown in monoculture and intercropping (Chapter 2) and evaluate the fermentative and losses the chemical composition of mixed silage of sugarcane and pigeon pea (Chapter 3). In the first experiment the experimental design was randomized blocks, with three treatments and five replications. The pigeon pea was planted in 1.0 m spacing between rows and 0.2 m between plants. The treatments consisted of three periods held in coppicing-cutting plants in the dry season of the year. The cuts were made at different times for each treatment, corresponding to three, four and five months after the first cut. In the second experiment took the randomized block experimental design with three treatments and five replications. The second experiment was randomized block experimental design with three treatments and five replications. The treatments tested were: sugar cane in monoculture; pigeon pea in monoculture and intercropping of sugarcane and pigeon pea. For the cultivation of sugar-cane sowing was carried out manually, in 1.0 m spacing between lines. The pigeon pea was planted in 1.0 m spacing between rows and 0.2 m between plants. In the Consortium the planting was done in alternate rows in which in a row was planted pigeon pea and on the other line with sugarcane in 1.0 m spacing between lines. The third experiment was completely randomized design with five treatments and four replications, totaling 20 experimental units. The treatments consisted of sugar cane and growing proportions of pigeon pea (0; 25; 50; 75 and 100%). The silos were opened after the period of 60 days of fermentation. From the results obtained it was concluded that the spacing of 1 m in this survey adopted between rows of sugar cane and beans-guandu in alternating rows is not recommended to increase the supply of fodder, being necessary for further research to determine the ideal spacing between sugarcane and beans-larger forage offerings aiming at guandu. From 25% of guandu in silage bean of sugar cane there is improvement of the fermentation profile, increased nutritional value and reduction of losses of silage from sugarcane. According to the capacities obtained for both cultures requires the exclusive planting one hectare of sugar cane to two acres of beans-pigeon pea or the consortium with a line of sugar cane for two lines of pigeon pea beans to meet the 75:25 ratio in the production of mixed silages.
Palavras-chave: Ruminantes - Alimentação e rações
Silagem
Cana-de-açucar como ração
Forragem
CNPq: Zootecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PEREIRA, Djalma Silva. Cana-de-açúcar em monocultivo e consorciada com feijão-guandu visando a produção de silagens. 2017. 42f. Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10138
Data do documento: 17-Fev-2017
Aparece nas coleções:Agroecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo440,29 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.