Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1017
Tipo: Tese
Título: Estratégias de controle da ferrugem em cafeeiro irrigado e não-irrigado
Título(s) alternativo(s): Strategies for the control of coffee leaf rust in irrigated and nonirrigated conditions
Autor(es): Souza, Antonio Fernando de
Primeiro Orientador: Zambolim, Laércio
Primeiro coorientador: Jesus Júnior, Waldir Cintra de
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Picanço, Marcelo Coutinho
Segundo avaliador: Pereira, Antonio Alves
Terceiro avaliador: Costa, Hélcio
Abstract: Experimentos de campo foram conduzidos em lavoura comercial de café do cultivar Catuaí Vermelho IAC 144, irrigada e não irrigada por gotejamento, em Viçosa Minas Gerais, no período de dezembro de 2000 a junho de 2006 com o objetivo de avaliar diferentes estratégias de aplicação de fungicidas sistêmicos e protetores no controle da ferrugem e na produtividade do cafeeiro. Os fungicidas cúpricos oxicloreto de cobre e calda Viçosa (sulfato de cobre + nutrientes) foram aplicados preventivamente no período de dezembro a março, enquanto o fungicida sistêmico epoxiconazole foi aplicado nos meses de dezembro e março (calendário) e seguindo o esquema de amostragem (com início das aplicações a partir da constatação de 5 e 10% de incidência, respectivamente). Já o tratamento com fungicida + inseticida sistêmico ciproconazole + tiametoxan GR foi aplicado anualmente, via solo, sem complementação por via foliar, em anos alternados, complementado com quatro aplicações foliares de sulfato de cobre + nutrientes. A irrigação por gotejamento foi realizada de forma complementar, no período de julho a novembro de cada ano, com base no balanço hídrico do solo calculado diariamente. Os resultados obtidos mostraram que a irrigação por gotejamento não alterou o padrão das curvas de progresso da ferrugem do cafeeiro e proporcionou acréscimo de 17% na produtividade. A aplicação de fungicidas no controle da ferrugem do cafeeiro proporcionou acréscimo de 38 e 32% na produtividade das plantas irrigadas por gotejamento e naquelas não irrigadas, respectivamente, em relação à testemunha. Os tratamentos com oxicloreto de cobre e sulfato de cobre + nutrientes apresentaram maior intensidade de ferrugem nas plantas em relação aos tratamentos com fungicidas sistêmicos, mas mantiveram estável a produtividade do cafeeiro ao longo de cinco safras avaliadas. A aplicação do fungicida sistêmico epoxiconazole, baseada na observação de 5% de incidência de ferrugem, proporcionou controle mais eficiente da doença em relação à aplicação iniciada ao se verificar 10% de incidência, mas quanto à produtividade, somente no experimento irrigado houve diferença. A resposta do calendário de aplicação do epoxiconazole foi semelhante a do tratamento iniciado ao se constatar 5% de incidência. O tratamento que consistiu em aplicação anual de ciproconazole + tiametoxan GR apresentou como resultado maior intensidade de ferrugem nas plantas em relação ao tratamento em que a aplicação do produto foi feita em anos alternados e complementada com aplicação por via foliar com fungicida cúprico. A média de produtividade obtida nesses tratamentos, nos cinco anos de avaliação, não diferiu das médias apresentadas pelas plantas tratadas apenas com fungicidas cúpricos. De acordo com esses resultados, pode-se afirmar que o fungicida oxicloreto de cobre ou a mistura de sulfato de cobre + nutrientes poderiam ser utilizados em programas controle integrado da ferrugem, a custos supostamente mais baixos que os fungicidas sistêmicos, garantindo assim a sustentabilidade econômica, ecológica e social da cafeicultura na Zona da Mata de Minas Gerais.
The experiment was realized in commercial field of cultivar Catuaí Vermelho IAC 144 using drip irrigation and non irrigated condition in Viçosa Minas Gerais from December 2000 up to June 2006. The objective of the experiment was to evaluate the different strategies of fungicide application systems and protectors for the control of leaf rust and productivity of coffee. The fungicide cooper oxychloride and calda Viçosa (mixture of cooper sulphate + nutrients) were applied during December until march, while the systemic fungicide epoxiconazole was applied in December and March following the sampling scheme (the application determined from the observation of the values of 5 and 10 % incidence of coffee leaf rust). The treatment with fungicide + systemic insecticide (cyproconazole + thiamethoxan) granule was applied annually in the soil with out complementation of foliar application, in alternate years complemented with four foliar application of calda Viçosa . To supplement the drip irrigation was realized during the period of July up to November of every year based on the direct measure of the water balance in the soil. The result obtained showed that drip irrigation did not change the progress of standard curve of leaf rust of coffee and proportionally increased productivity up to 17 %. The application of fungicide to control the leaf rust of coffee proportionally increased 38 and 32 % of productivity in relation to the control treatment for irrigated and none irrigated plants, respectively. The treatment with cooper oxychloride and calda Viçosa showed higher leaf rust intensity in plants in relation to treatments with systemic fungicide, but maintain stable productivity of coffee during five seasons evaluated. The application of systemic fungicide epoxiconazole based on the observation of 5 % incidence of leaf rust control more efficiently the disease in relation to application started after verification of 10 % incidence, but the productivity only showed difference with irrigated experiment. The response from the application of fungicide based on the calendar of epoxiconazole was similar to the treatments applied with 5 % incidence of leaf rust. The treatment include the annual application of cyproconazole + thiamethoxan granule presented more leaf rust intensity in plants in relation to treatments where the application was done in alternate years and complemented with foliar application of fungicide calda Viçosa . The mean productivity obtained in these treatments during five years evaluation was not differed from mean of plants treated with cooper fungicide. According to these results it can be affirmed that the fungicide cooper oxychloride or calda Viçosa can be used in the program of integrated leaf rust management and its cost was lower than the systemic fungicide. In addition it provides economical, ecological and social sustainability of coffee production in the region of Zona de Mata Minas Gerais.
Palavras-chave: Ferrugem do cafeeiro
Controle integrado
Hemileia vastatrix
Coffee leaf rust
Integrated control
Hemileia vastatrix
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Doutorado em Fitopatologia
Citação: SOUZA, Antonio Fernando de. Strategies for the control of coffee leaf rust in irrigated and nonirrigated conditions. 2008. 107 f. Tese (Doutorado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1017
Data do documento: 29-Fev-2008
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf346,65 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.