Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10360
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da contaminação dos solos nas imediações de um refúgio antártico, Ilha Robert, Antártica Marítima
Soil contamination assessment in the vicinity of an antarctic refuge, Robert Island, Maritime Antarctic
Autor(es): Lima Neto, Elias de
Abstract: A Antártica é uma das regiões mais remotas e conservadas do planeta, porém não está livre dos efeitos negativos das atividades humanas. Atualmente, as atividades científicas e turísticas são as principais responsáveis pela contaminação local. Acidentes em estações científicas, derrames de combustíveis fósseis, despejo de esgotos domésticos, são algumas das causas de contaminação local. Com isso, o monitoramento ambiental é uma parte fundamental da estrutura de gerenciamento ambiental previsto pelo Protocolo de Madri. Uma das estratégias do monitoramento ambiental é a determinação das concentrações de elementos traço no solo. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi realizar a caracterização geoquímica dos solos próximos ao Refúgio Luis Risopatrón, Península Coppermine, Ilha Robert, Antártica Marítima, por meio da determinação das concentrações dos metais potencialmente tóxicos (Cd, Cr, Cu, Mn, Ni, Pb, V e Zn), a fim de avaliar os efeitos antrópicos e subsidiar valores de background para estudos futuros. Para tal, foram coletadas 42 amostras de solo nas profundidades de 0-10 cm e 10-20 cm, nas imediações do Refúgio. A caracterização química preliminar do solo foi realizada por meio da análise por microfluorescência de raios X. Posteriormente, foi usada a fusão alcalina para a posterior determinação das concentrações totais dos elementos Al, Ca, Fe, K, Mg, Si, Ti e Zr, e digestão pseudototal com água régia, para a determinação dos elementos potencialmente tóxicos Cd, Cr, Cu, Mn, Ni, Pb, V e Zn, e a quantificação dos elementos foi realizada por ICP OES. Na avaliação do grau de contaminação do solo foram calculados os seguintes índices: Fatores de Enriquecimento (FE) e Índice de Geoacumulação (Igeo). Os principais elementos contaminantes verificados foram Pb e Zn, cujos valores de FE e Igeo, nas amostras mais contaminadas, variaram respectivamente, entre 2,6 - 17 e 1,76 - 3,21 para o Pb. Por meio da Análise de Componentes Principais, constatou-se que 2 componentes explicavam 83,61 % da variância dos dados, a primeira associada a elementos de origem geogênica (Cr, Ni e V) e a segunda associada a potenciais contaminantes do solo (Cu, Pb e Zn) Tais resultados evidenciam uma potencial contaminação ambiental variando de baixa a moderada, com poucos pontos intensamente contaminados.
Antarctica is one of the most remote and preserved region of the planet, however it is not free from the negative effects caused by human activities. Currently, scientific and tourist activities are the greatest responsible for on-site contamination. Accidents in the scientific stations, fossil fuel spills and domestic sewage discharge are some causes of local contamination. Therefore, the environmental monitoring is of key importance for the environmental management framework as established by the Madrid Protocol. One of the environmental monitoring strategies is the determination of trace elements concentrations in soil samples. The aim of this study was to fulfill the geochemical characterization of soils nearby Luis Risopatrón Refuge, Coppermine Peninsula, Robert Island, Maritime Antarctica, for the determination of the concentrations of potentially toxic metals (Cd, Cr, Cu, Mn, Ni, Pb, V and Zn) in order to evaluate the anthropogenic impacts and to provide background data for future studies. It was collected 42 soil samples, in two profiles (0-10 cm and 10-20 cm), near the Refuge. The preliminary chemical characterization of the soil samples were made by micro-X-ray fluorescence. Afterwards, alkaline fusion was used to access the total concentrations of Al, Ca, Fe, K, Mg, Si, Ti and Zr, and pseudototal digestion with aqua regia, for the determination of the following potentially toxic elements Cd, Cr, Cu, Mn, Ni, Pb, V and Zn. Elemental quantification was performed by ICP OES. For the evaluation of the soil contamination degree, it was calculated the Enrichment Factors (EF) and Geo-accumulation Index (Igeo). The main contaminants were Pb and Zn, which presented EF and Igeo values, in the most contaminated samples, ranging from 2.6 to 17 and from 1.76 to 3.21, respectively. With the help of Principal Component Analysis, it was found that 2 components were responsible to explain 83,61 % of the total data variance, the first one associated with the geogenic elements (Cr, Ni and V), and the second one associated with potential soil contaminants (Cu, Pb and Zn). These results showed environmental contamination degree ranging from low to moderate, with few hotspots with heavily contaminated soils. .
Palavras-chave: Solos - Poluição - Antártica
CNPq: Ciência do Solo
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LIMA NETO, Elias de. Avaliação da contaminação dos solos nas imediações de um refúgio antártico, Ilha Robert, Antártica Marítima. 2015. 47 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10360
Data do documento: 25-Jun-2015
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,16 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.