Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10387
Tipo: Tese
Título: Adição de estabilizante de nitrogênio na adubação do milho em diferentes manejos hídricos
Nitrogen stabilizer added to corn fertilization with different water management treatments
Autor(es): Silva, Enoque Pereira da
Abstract: O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos de um aditivo estabilizante de ureia no desenvolvimento da cultura do milho e desempenho de métodos para o manejo da irrigação. Foram realizados dois experimentos paralelos utilizando a cultura do milho no ano agrícola 2014/15, em área experimental da Universidade Federal de Viçosa (UFV), localizada no município de Coimbra – MG. O primeiro experimento foi montado em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas quatro lâminas de irrigação correspondentes ao plantio sem irrigação (L1), e com quantidade de irrigação proporcional à demanda hídrica da cultura (50, 100 e 150%), tendo como referência as lâminas L2, L3 e L4, respectivamente, e nas subparcelas a presença do aditivo Nzone Max® em diferentes etapas de adubação (plantio e cobertura (P+C), somente na cobertura (C), somente no plantio (P) e sem o aditivo (S)). O segundo experimento foi montado em esquema de faixas inteiramente casualizadas tendo dois tratamentos correspondentes a dois métodos para manejo de irrigação (GESAI e FAO 56), com três repetições. A evapotranspiração diária foi obtida utilizando-se dados de uma estação meteorológica automática instalada na área. Avaliaram-se as características biométricas da cultura, lâminas de irrigação e evapotranspiração. Observou-se que a produção foi positivamente influenciada pela presença do aditivo/estabilizante na adubação, obtendo aumento na produtividade de grãos de 2437 kg ha -1 , correspondendo a um ganho de 28% na produtividade e ao ganho de matéria seca de até 42%. A utilização do aditivo/estabilizante na ureia aumentou teores de proteína bruta no grão do milho. Recomenda-se a utilização do aditivo/estabilizante Nzone Max® na ureia, nas adubações de plantio e de cobertura. A evapotranspiração da cultura (ETc) obtida pelos métodos FAO 56 e GESAI apresentaram valores próximos, no entanto vale ressaltar que na fase inicial a metodologia FAO 56 apresentou maiores valores estimados de ETc, pois considera a componente evaporação de água no solo de forma mais abrangente. Recomenda-se o método GESAI para a estimativa da evapotranspiração da cultura do milho, devido à facilidade de operação e a sua precisão em relação ao método considerado padrão.
The objective was to evaluate the effects of a stabilizing urea additive to the corn development and irrigation management methods performance. There were two parallel experiments using corn crop in the crop year 2014/15, in the experimental area of the Universidade Federal de Viçosa (UFV), in the municipality of Coimbra - MG. The first experiment was conducted in a split plot, with four irrigation depths plots corresponding to irrigation absence (L1), and proportional irrigation according to the crop water demand (50, 100 and 150%), referring to L2, L3 and L4 water depths, respectively, and the subplots being the presence of Nzone Max® additive in different fertilization stages (at planting and sidedress (P + C), only at sidedress (C), only at planting (P) and without the additive (S)). The second experiment was built on an entirely randomized design, with tracks scheme, in which two treatments correspond to two irrigation management methods (GESAI and FAO 56), with three replications. The daily evapotranspiration was obtained using data from an automatic weather station installed in the area. The crop’s biometric characteristics, the irrigation and the evapotranspiration depths were evaluated. It was observed that the production was positively influenced by the additive/stabilizer presence in the fertilization, resulting in a 2437 kg ha -1 grain yield increase, corresponding to a 28% productivity gain and up to 42% dry matter increase. The additive/stabilizer usage in urea has increased corn grains’ gross protein content. It is recommended the Nzone Max® additive/stabilizer use with urea at planting and sidedress fertilizing. The crop evapotranspiration (ETc) obtained by FAO 56 and GESAI methods showed similar values, however it is noteworthy that FAO 56’s methodology’s initial phase showed higher ETc estimations, because it considers the soil water evaporation component in a more comprehensive way . GESAI methodology is recommended to estimate corn crop evapotranspiration due to its easy applying and its accuracy when compared to the standard method.
Palavras-chave: Milho - adubação
Milho - manejo
Milho - Irrigação
CNPq: Engenharia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVA, Enoque Pereira da. Adição de estabilizante de nitrogênio na adubação do milho em diferentes manejos hídricos. 2016. 84 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10387
Data do documento: 13-Mai-2016
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo727,49 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.