Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10393
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de índices de severidade de seca na bacia do rio Doce visando ao desenvolvimento de sistema de classificação de secas
Assessment of drought severity indexes for the rio Doce basin, in order to develop a classification system for the drought periods
Autor(es): Lima, Rafael Petruceli Coelho
Abstract: Visando caracterizar a ocorrência e a intensidade de secas na bacia hidrográfica do rio Doce, assim como desenvolver um sistema de classificação de secas no âmbito da bacia, foram avaliados quatro diferentes índices de seca (Índice de Porcentagem Normal – IPN, Método dos Decis – MD, Índice de Anomalia de Chuva – RAI e Índice de Precipitação Padronizada – SPI). Os índices foram calculados nas escalas de tempo mensal, trimestral e anual, a partir de dados de precipitação de 89 estações pluviométricas da rede hidrometeorológica da Agência Nacional de Águas. Trabalhou-se com nove unidades de análises (UAs) na bacia do rio Doce, tendo sido utilizado o método dos Polígonos de Thiessen para fins de obtenção da precipitação média nas respectivas áreas de drenagem. Para cada uma das UAs foi avaliado o número de ocorrências das classes de intensidade de seca associada aos quatro índices. Para a escala de tempo anual foi proposta uma classificação global dos índices para posterior uso no sistema de classificação de secas dos 30 anos do período base, compreendido entre 1985 e 2015. Os resultados indicaram alta variabilidade espacial na distribuição das precipitações entre as UAs, com diferenças de até 400 mm nos totais precipitados anuais, fato que pode ser explicado pela extensão territorial e pelos três tipos climáticos identificados na bacia. A região do alto rio Doce apresenta maiores índices pluviométricos no início da estação chuvosa (outubro a dezembro), em relação ao médio e baixo rio Doce. Já no período seco, entre abril e setembro, os totais precipitados são similares nas três regiões da bacia. Os anos hidrológicos mais críticos da bacia do Doce em relação à seca foram 1994/1995, 2000/2001 e 2014/2015, sendo esse último o mais crítico dos últimos 30 anos. O índice de seca IPN, tanto na escala mensal como trimestral, indicou um maior número de eventos de seca em todas as unidades de análise, quando comparado aos índices MD, RAI e SPI. Os resultados obtidos demostram que, dentre os quatro índices de seca avaliados, os índices RAI e SPI constituem-se nos mais apropriados para a avaliação de secas mensais e trimestrais na bacia hidrográfica do rio Doce. A classificação global dos índices de seca, baseada na escala anual, mostrou-se importante ferramenta de gestão a ser utilizada no sistema de classificação das secas anuais, permitindo verificar que a bacia do rio Doce apresenta uma condição climática grave de seca, em média, a cada sete anos.
Aiming to characterize the occurrence and intensity of droughts in the Rio Doce basin, as well as to develop a drought classification system for it, there were evaluated four different drought indexes (Percentage of Normal (IPN), Decis Method (DM), Rainfall Anomaly Index (RAI) and Standardized Precipitation Index (SPI). The indexes were calculated in monthly, quarterly and annual time scales, based on precipitation data from 89 pluviometric stations of the National Water Agency’s hydro meteorological network. The work was done in nine units of analysis (UAs) in the Rio Doce basin and the Polygon Thiessen method was used with the purpose of obtaining the rainfall average in the catchment areas. For each UA was evaluated the occurrences of drought intensity classes associated with the four indexes. For the annual time scale was proposed indexes overall rating for later use in the 30-year base period drought classification system, between 1985 and 2015. The upper region of Rio Doce basin has higher rainfall at the beginning of the rainy season (October to December) if compared to the middle and lower regions of the basin. Whereas in the dry season, between April and September, the total precipitates are similar along these three regions. The most critical hydrological years in the Rio Doce basin, with more intense droughts, were 1994/1995, 2000/2001 and 2014/2015, being the last period the most critical of the past 30 years. The IPN index indicated a higher number of drought events in every UA, for both monthly and quarterly scales, when compared to the DM, RAI and SPI indexes. The results has shown that among the four drought indexes evaluated, RAI and SPI constitute the most appropriate for assessing monthly and quarterly the droughts in the Rio Doce basin. These indexes overall ratings, based on the annual scale, is seen as an important management tool to be used in the classification system for annual drought. It was possible to conclude through this tool that the Rio Doce basin has severe climatic conditions of drought every seven years in average.
Palavras-chave: Bacia hidrográfica
Bacia hidrográfica - Minas Gerais
Doce, Rio, Bacia (MG e ES)
Secas - Classificação
CNPq: Engenharia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LIMA, Rafael Petruceli Coelho. Avaliação de índices de severidade de seca na bacia do rio Doce visando ao desenvolvimento de sistema de classificação de secas. 2016. 85 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10393
Data do documento: 26-Jul-2016
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.