Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10397
Tipo: Tese
Título: Produtividade potencial do Eucalyptus saligna para a região Sul do Brasil
Potential productivity of Eucalyptus saligna for the Southern region of Brazil
Autor(es): Pimenta, Luciano Roncetti
Abstract: O setor de florestas plantadas é um dos propulsores do desenvolvimento econômico do Brasil. O gênero Eucalyptus é um dos mais adotados nos programas de reflorestamento, se adaptando bem as condições edafoclimáticas brasileiras. Estudar o clima para fazer um bom planejamento agrícola é essencial, pois as variáveis climáticas são fatores imutáveis na produção agrícola. Assim, os modelos que tem como variáveis de entrada dados climáticos, são cada vez mais utilizados no planejamento das atividades florestais. Este estudo teve como objetivo identificar as regiões climaticamente homogêneas para a região Sul do Brasil, além de estimar a produtividade potencial do Eucalyptus saligna para a mesma região. As variáveis utilizadas para realizar a classificação climática foram: precipitação total anual média, temperatura máxima do ar média anual, temperatura mínima do ar média anual, umidade relativa do ar média anual e altitude. Os dados climáticos se encontravam em uma resolução espacial de 0,25° x 0,25° de latitude e longitude de uma série histórica de 1980 a 2013. Para os dados de altitude, utilizou-se um modelo digital de elevação, obtido através de dados de radar SRTM. Para gerar o mapa de grupos climáticos, foi escolhido o método de Análise de Agrupamento considerando os K vizinhos mais próximos. Para estimar a produtividade potencial dos plantios de Eucalyptus saligna para a Região Sul do Brasil foi utilizado o modelo 3-PG, parametrizado, calibrado e validado por Klippel (2015), considerando um ciclo produtivo de oito anos de idade. Por meio da estatística de evolução de grupos com valores de critérios de Davies-Bouldin foram foi definido que o número ideal de grupos climáticos são 9, onde foi gerado um mapa temático com as 9 regiões climaticamente homogêneas para a região Sul do Brasil. Os maiores valores de precipitação anual são observados nos grupos 5 e 8 e no grupo 2 observa-se as maiores médias de temperatura do ar. As estimativas de volume, incremento médio anual, diâmetro a altura do peito e altura pelo modelo 3-PG se comportam de forma semelhante, com maiores produtividades no litoral dos Estados do Paraná e Santa Catarina e na porção Centro-Oeste da Região Sul. De maneira geral, essas são as áreas com maior precipitação. Também são regiões em que não se observa temperaturas do ar máximas, como a região Norte do Estado do Paraná, ou mínimas, como nas regiões com altitudes elevadas.
The planted forest sector is one of the drivers of economic development in Brazil. The Eucalyptus is one of the most adopted in reforestation programs, adapting well to Brazilian soil and climate conditions. Studying the climate for doing a good agricultural planning is essential because climate variables are immutable factors in agricultural production. Thus, the models whose climate data input variables, are increasingly used in the planning of forestry activities. This study aimed to identify the climatically homogeneous regions to the south of Brazil, and estimate the potential productivity of Eucalyptus saligna for the same region. The variables used to achieve climate classification were: total annual average rainfall, maximum temperature average annual air temperature of the average annual air relative humidity annual average air and altitude. Climatic data were in a spatial resolution of 0.25 ° x 0.25 ° latitude and longitude of a historical series from 1980 to 2013. For the data of altitude, we used a digital elevation model, obtained through SRTM radar data. To generate the map of climatic groups, the cluster analysis method considering the K nearest neighbors was chosen. To estimate the potential productivity of Eucalyptus plantations saligna for the Southern Region of Brazil was used 3- PG model, parameterized, calibrated and validated by Klippel (2015), considering a production cycle of eight years old. Through the statistical evolution of groups with Davies-Bouldin criteria values it was defined that the ideal number of climatic groups are 9, which generated a thematic map with 9 climatically homogeneous regions to the south of Brazil. The highest annual precipitation values are seen in groups 5 and 8 and group 2 shows the highest average air temperature. volume estimates, average annual increment, breast height diameter and height by 3-PG model behave similarly, with higher yields on the coast of the states of Paraná and Santa Catarina and in the Midwest portion of the South. In Overall, these are the areas with the highest rainfall. They are also areas where not observed air temperatures peak, as the northern region of Parana State, or minimal, such as in areas with high altitudes.
Palavras-chave: Climatologia agrícola - Brasil, Sul
Eucalyptus saligna
Eucalyptus saligna - Produtividade
Planejamento agrícola
CNPq: Engenharia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PIMENTA, Luciano Roncetti. Produtividade potencial do Eucalyptus saligna para a região Sul do Brasil. 2016. 56 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10397
Data do documento: 28-Abr-2016
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo3,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.