Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10477
Tipo: Dissertação
Título: Citotaxonomia de populações do gênero Astyanax (Characiformes, Characidae) da bacia do rio Doce
Cytotaxonomy of populations of genus Astyanax (Characiformes, Characidae) of the Doce Basin
Autor(es): Ramos, Fabrício Oliveira
Abstract: Foram realizados estudos citogenéticos em três espécies pertencentes à subfamília Tetragonopterinae, provenientes de seis localidades na bacia do rio Doce. Astyanax fasciatus apresentou 2n=50 (4m+14sm+34a) e um par de cromossomos com regiões organizadoras do nucléolo, sugerindo se tratar de uma nova espécie, por apresentar um cariótipo diferente aos indicados para a espécie até o momento. As populações de Astyanax scabripinnis apresentaram 2n=50 (4m+10sm+20st+16a) no rio Casca, 2n=50 (4m+12sm+18st+16a) no rio Das Pacas e 2n=48 (8m+20sm+14st+6a) no rio Turvo e respectivamente um, três e dois pares cromossômicos portadores de regiões organizadoras do nucléolo, confirmando a extensa variabilidade cariotípica existente nesse complexo de espécies na região neotropical. Os resultados de Astyanax bimaculatus confirmam a estabilidade cariotípica característica da espécie, apresentando 2n=50 (14m+22sm+6st+8a) no rio Turvo e rio Piranga e 2n=50 (14m+24sm+4st+8a) no rio Santo Antônio. Os resultados sugerem que a bacia do rio Doce tem sido um cenário de evolução cariotípica independente para as espécies do gênero Astyanax.
Three species of Tetragonopterinae from six locales in the rio Doce basin were subject to cytogenetic analyses. Astyanax fasciatus showed a diploid number of 2n=50 (4m+14sm+18st+14a) and one pair of NOR-bearing chromosomes, this unique karyotype suggests that this population represents a new species within the A. fasciatus species complex. Populations of Astyanax scabripinnis were 2n=50 (4m+10sm+20st+16a) in rio Casca, 2n=50 (4m+12sm+34a) in rio das Pacas, and 2n=48 (8m+20sm+14st+6a) in rio Turvo, while chromosome bearing pairs varied from one, three and two for each population, showing high levels of variation characteristic of this species complex elsewhere in the Neotropical region. Patterns of variation in Astyanax bimaculatus indicated stability of diploid number 2n=50 (14m+22sm+6st+8a) in the Turvo and Piranga rivers, and 2n=50 (14m+24sm+4st+8a) in rio Santo Antônio. The results suggest that the rio Doce basin has been a scenario of independent karyotypic evolution for fish populations of the genus Astyanax.
Palavras-chave: Astyanax bimaculatus
Astyanax fasciatus
Cariótipo
Astyanax scabripinnis
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RAMOS, Fabrício Oliveira. Citotaxonomia de populações do gênero Astyanax (Characiformes, Characidae) da bacia do rio Doce. 2004. 39 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10477
Data do documento: 17-Jun-2004
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo686,9 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.