Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10500
Tipo: Dissertação
Título: Morfogênese in vitro e transformação genética de laranja ‘Pêra’ [Citrus sinensis (L.) Osb.], mediada por Agrobacterium
Morphogenesis in vitro and genetic transformation of ‘Pêra’ orange [Citrus sinensis (L.) Osb.] mediated by Agrobacterium
Autor(es): Oliveira, Maria Luiza Peixoto de
Abstract: A transformação genética está se tornando, cada vez mais, uma ferramenta importante em programas de melhoramento genético de diversas espécies, sendo uma alternativa para a incorporação de gene(s) exógeno(s) no genoma da planta, modificando características de interesse. Para citros, essa ferramenta permite romper barreiras naturais dessa espécie, visto que o desenvolvimento de novas variedades pelo melhoramento convencional possui uma série de limitações impostas pela sua biologia reprodutiva. Entretanto, os protocolos de transformação genética requerem, primariamente, o estabelecimento de um eficiente sistema de morfogênese in vitro para que o sucesso do método de transformação seja alcançado. Portanto, o objetivo deste trabalho foi o estabelecimento das melhores condições de cultivo in vitro para a organogênese e a posterior adequação de uma metodologia eficiente de transformação genética para a variedade de laranja-doce [Citrus sinensis (L.) Osb.] ‘Pêra’. Na avaliação das melhores condições da organogênese in vitro, segmentos de epicótilos foram introduzidos em meio de cultura MT contendo diferentes concentrações de BAP. A concentração de 1,0 mg L -1 de BAP utilizada na fase de indução de brotações assegurou as melhores freqüências de organogênese. Foram também estudados fatores que possam influenciar o processo de transformação genética de citros via Agrobacterium tumefaciens, utilizando epicótilos de laranja ‘Pêra’ como fonte de explante. Os fatores testados foram: tempo de inoculação com Agrobacterium, o período de co-cultivo e a presença de auxina no meio de pré-cultivo. O protocolo otimizado para a transformação genética de laranja ‘Pêra’ foi a imersão do explante em uma solução contendo Agrobacterium, por um tempo de 5 minutos, seguido de um período de co-cultivo de 2 dias em meio de cultura contendo 100 μM de acetoseringona e transferidos para o meio de seleção, constituído do meio MT e ainda de 75 mg L -1 de canamicina, 500 mg L -1 de Timetin ® e 1 mg L -1 de BAP.
Genetic transformation is a technique whose importance is increasing as an important tool for breeding programs of several species, being a reliable alternative for introducing characteristics of interest. For citrus, this tool helps to overcome natural reproductive barriers, the obtention of new cultivars by conventional breeding methods has several constraints, mainly linked to its reproductive biology. However, genetic transformation protocols demand, primarily, the establishment of efficient regeneration systems, in order to guarantee the success of transformation method. The objective of the present work was to establish promotive conditions for a reliable in vitro regeneration system from epicotyl explants, and further adequate an efficient and reproducinle transformation methodology for a sweet orange variety [Citrus sinensis L. (Osb.) ‘Pêra’]. For organogenesis, epicotyl explants were cultured onto a MT medium containing different BAP concentrations. For induction phase, 1.0 mg L -1 BAP enabled higher regeneration frequencies of adventitious shoots. Also, factors affecting Agrobacterium-mediated transformation efficiency were tested, as follows: incubation period with bacteria, co-culture period, and the presence of auxin in the pre-culture step. The following conditions generated and optimized protocol for ‘Pêra’ transformation: immersion for 5 minutes of the explants in a diluted Agrobacterium suspension; a 2-days co-culture period in a 100 μM acetoseryngone-supplemented medium; transfer for a selective regeneration MT-based medium, supplemented with 1.0 mg L -1 BAP, 75 mg L -1 kanamycin, and 500 mg L -1 Timentin ® .
Palavras-chave: Transformação genética
Agrobacterium tumefaciens
Laranja doce
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: OLIVEIRA, Maria Luiza Peixoto de. Morfogênese in vitro e transformação genética de laranja ‘Pêra’ [Citrus sinensis (L.) Osb.], mediada por Agrobacterium. 2004. 50 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10500
Data do documento: 26-Fev-2004
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo280,94 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.