Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10586
Tipo: Tese
Título: Ensaios econômicos sobre ondas de calor e seus impactos sobre a saúde no Brasil
Economic essays on heatwaves and their impacts on health in Brazil
Autor(es): Araújo, Paulo Henrique Cirino
Abstract: Ondas de calor são eventos de tempo excessivamente quente, nos quais os registros de temperatura média de um município são elevadas e extremas por dias consecutivos. Dentre as suas principais consequências, destacam-se os seus efeitos sobre a saúde humana, em especial sobre as taxas de morbidade e mortalidade. Nesse contexto, o objetivo central desta tese e avaliar os efeitos desses extremos consecutivos de temperatura sobre a saúde humana no Brasil. Os objetivos específicos desta tese foram seccionados em três capítulos, conforme três temáticas diferentes. Primeiramente, buscou-se definir esses eventos de ondas de calor e identifica-los nos municípios brasileiros, durante o período de 1998 a 2015. A metodologia utilizada baseou em indicadores de calor excessivo e limiares de calor extremo. Dessa forma, identificou-se a incidência desses eventos e realizou-se suas caracterizações em termos de suas durações, frequências e amplitudes. Os resultados revelaram que os municípios brasileiros enfrentam esses eventos de forma heterogênea. Em específico, os municípios da região Centro-oeste, do estado do Rio de Janeiro e do Tocantins foram aqueles com maior número de notificações de ondas de calor. Exatamente nesses municípios, esses eventos foram mais frequentes, duradouros e mais severos. Aproximadamente um quarto das ondas de calor notificadas no Brasil podem ser classificadas como severas. Em média, em um município brasileiro e registrado 1 evento de onda de calor com duração média de cerca de 5 dias. A se- gunda abordagem desta tese procurou relacionar esses eventos de ondas de calor com o bem-estar relacionado a saúde. A metodologia foi segregada em três etapas: uma primeira seção que analisou os efeitos das ondas de calor sobre as taxas de mortalidade de doenças infecciosas e parasitárias, do aparelho circulatório e respiratório, por meio de modelos de regressão com variáveis dependentes censuradas ou truncadas; uma se- gunda seção que buscava estimar o Valor Estatístico da Vida (VSL) como estratégia de valoração dos efeitos das ondas de calor, em termos de vida humana; e, uma última seção que apresentava os custos governamentais ou sociais para contornar as consequências para a saúde humana desses fenômenos. Os resultados revelam que a mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias é a mais afetada por eventos de ondas de calor, principalmente em crianças e idosos. Os custos médios para contornar os efeitos das ondas de calor sobre a mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias e do aparelho circulatório são 50 reais e 2,24 centavos por habitante, respectivamente. Ao contrario desses resultados, as doenças respiratórias são influenciadas negativamente pelas ondas de calor, deixando de se gastar cerca de 7 reais por habitante para contornar seus efeitos. A última análise realizada por essa tese foi sobre a saúde infantil no Brasil. A finalidade deste capítulo foi avaliar os efeitos das ondas de calor sobre a internação hospitalar infantil por 12 tipos de doenças. Utilizou-se como metodologia modelos de contagem para dados em painel. Os resultados foram gerados para todas as capitais estaduais brasileiras. Dentre eles, as principais causas de hospitalizações por crianças durante ocorrências de ondas de calor são por desidratação, desnutrição e doenças diarreicas. Além disso, ondas de calor tendem a reduzir o número de internações infantis por doenças respiratórias. Fatores intervenientes como número de médicos, gastos hospitalares, idade dos pais, renda familiar e saneamento básico foram significativos para explicar as taxas de internações hospitalares infantis. A saúde infantil foi mais afetada por ondas de calor em Goiânia, São Paulo, Palmas e Rio de Janeiro. No caso de doenças diarreicas, os efeitos das ondas de calor são particularmente maiores em crianças recém-nascidas e com idade entre 1 e 4 anos. Os principais resultados deste trabalho revelam que a saúde e comprometida por ondas de calor, bem como e significativo o efeito de alguns fatores intervenientes, tais como saneamento, renda familiar e a escolaridade dos pais. Os efeitos são especialmente maiores nas capitais situadas na região Centro-oeste. Em muitas circunstâncias, mediante um aumento na duração desses eventos, os efeitos são tão perniciosos quanto um aumento na intensidade da onda de calor mais severa. Dentre os grupos demográficos mais vulneráveis estão as crianças, os idosos e os residentes de municípios extremamente pobres.
The main consequences of these events have a direct impact on human health, causing variations in morbidity and mortality rates. The general objective of this thesis is to evaluate the effects of these excessively hot days on human health in Brazil. Specificaly, direct effects of heat waves are evaluated on total mortality levels and on the number of hospital admissions for children. Firstly, these events were defined and identified in Brazilian municipalities from 1998 to 2015. Indicators of excessive heat and extreme heat thresholds were used as methodology. In this way, the incidence of these events was identified and their characterizations were performed in terms of their durations, frequencies and amplitudes. The results revealed that the Brazilian municipalities face these events in a heterogeneous way. In particular, the municipalities in the Midwest, Rio de Janeiro and Tocantins states were those with the highest number of heat wave reports. Exactly in these municipalities, these events were more frequent, longer lasting and more severe. Approximately a quarter of the heat waves reported in Brazil can be classified as severe. On average, in a Brazilian municipality, 1 heat wave event with an average duration of about 4 days is recorded. The second approach of this thesis sought to relate these heatwaves events with the well-being related to health. The methodology was segregated into three stages: a first section that examined the effects of heat waves on mortality rates of infectious and parasitic diseases of the circulatory and reSpiratory system, through regression models with censored or truncated dependet variables; a second section that sought to estimate the statistical of value of life (VSL) and evaluation strategy of the effects of heat waves, in terms of human life; and a final section that had the government or social cost to evade the consequences to human health of theses phenomena. The results reveal that the mortality from infectious and parasitic diseases are the most affected by heatwaves of events, specially in children and the elderly. The average cost to circumvent the effects of heat waves on mortality from infectious and parasitic diseases and the circulatory system are 35 reais and 40 cents per capita, respectively. In contrast to these results, respiratory diseases are negatively impacted by heat waves, leaving to spend about 3,5 reais per inhabitant to circumvent its effects. The last analysis carried out by this thesis was on the health of children in Brazil. The purpose of this chapter was to evaluate the effects of heat waves on hOSpital admissions for 12 types of diseases. The methodology used was counting models for panel data. The results were generated for all Brazilian state capitals. Among them, the main causes of hOSpitalizations by children during occurrences of heat waves are due to dehydration, malnutrition and diarrheal diseases. In addition, heat waves tend to reduce the number of infant hospitalizations due to respiratory diseases. Intervening factors such as number of doctors, hospital expenses, parental age, family income and basic sanitation were significant to explain the rates of hospital admissions for children. Child health was more affected by heat waves in Goiânia, São Paulo, Palmas and Rio de Janeiro. In the case of diarrheal diseases, the effects of heat waves are particularly greater in newborn infants and aged between 1 and 4 years. The main results of this study reveal that health is compromised by heat waves, as well as the effect of some intervening factors, such as sanitation, family income and parental schooling, is significant. The effects are especially greater in the capitals of the Midwest. In many circumstances, by increasing the duration of these events, the effects are as pernicious as an increase in the intensity of the more severe heat wave. Among the most vulnerable demographic groups are children, the elderly and residents of extremely poor municipalities.
Palavras-chave: Calor - Efeito fisiológico
Homem - Efeito do clima
Saúde
CNPq: Economia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ARAÚJO, Paulo Henrique Cirino. Ensaios econômicos sobre ondas de calor e seus impactos sobre a saúde no Brasil. 2017. 247f. Tese (Doutorado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10586
Data do documento: 22-Fev-2017
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo7,79 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.