Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10721
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação preliminar do potencial de geração de águas ácidas por atividades minerárias no Estado de Minas Gerais
Preliminary evaluation of acid water generation from mining activities at Minas Gerais State
Autor(es): Daniel, Alfredo Mucci
Abstract: A atividade de mineração, a despeito da importância para a economia do Estado de Minas Gerais, é um dos empreendimentos que mais degrada o meio ambiente. Um dos impactos que atualmente se destaca é a drenagem ácida. Este problema é origina-se com a oxidação dos sulfetos, causando a acidificação das águas, possibilitando a mobilização dos elementos tóxicos e a contaminação os recursos hídricos. Este trabalho foi realizado com o objetivo de dimensionar o problema da drenagem ácida no Estado de Minas Gerais. A metodologia adotada partiu de um levantamento bibliográfico junto à Fundação Estadual do Meio Ambiente, identificando-se alguns empreendimentos cujos minérios estão associados a sulfetos. Estes foram visitados, coletando-se amostras para a realização de análises de PA (Potencial de acidificação) e PN (Potencial de neutralização). O PA foi avaliado a partir do teor total de sulfetos e a partir da titulação de acidez gerada por oxidação com peróxido de hidrogênio. O PN foi avaliado a partir do equivalente em carbonato de cálcio. Foram também realizadas lâminas petrográficas, visando a descrição mineralógica, com especial ênfase para sulfetos e carbonatos. A partir das análises químicas foi calculado o B.A.B (Balanço Ácido Base), dado pela diferença entre PA e PN, e a estimativa do potencial foi obtida a partir do B.A.B e da quantidade do material respectivo em cada empreendimento. Entre os sete empreendimentos avaliados, quatro apresentaram potencialidade para gerar drenagem ácida. Conjuntamente, esses empreendimentos apresentam um potencial para produzir um total entre 2,93 e 10,17 bilhões de m 3 de água a pH 2 ou 29,3 e 101,7 bilhões de m 3 de água a pH 3 no Estado. Isto representa um custo da ordem de 7 a 25 milhões de dólares para neutralização com uso de calcário. Tais estimativas possivelmente estão subestimadas em razão da amostragem superficial em alguns empreendimentos e devido à não inclusão de algumas minas que estavam desativadas no período das amostragens e de algumas lagoas de rejeito que, posteriormente ao trabalho, foram identificadas como potencialmente poluidoras. Uma avaliação mais criteriosa do potencial de drenagem ácida no Estado requer estudos adicionais, incluindo maior número de amostras e empreendimentos e levando em consideração a cinética da geração ácida por meio de testes de intemperismo simulado.
Despite its economical importance, mining in Minas Gerais State causes many impacts environment. Acid drainage is one of the most environmental aspects being discussed in mining. It’s origin is from metal- sulfides oxidation which causes water acidification, potentially mobilizing toxic elements and polluting water resources. This study evaluates the acid drainage problem in Minas Gerais State. A bibliographic survey at FEAM (State Environment Foundation) dentified mining where ore is associated with sulfides. Substrate samples were takey at these to determine AP (acidity potential) and NP (neutralization potential). AP was evaluated by two procedures: by total sulfide content and by oxygen peroxide oxidation followed the acidity titration. The NP was evaluated by calcium carbonate equivalent. Petrographic sheets were also done for mineralogical description emphasizing sulfides and carbonates. From chemical analysis the acid-base accounting (ABA) was determined by AP and NP difference, and the generation potential of acid drainage was obtained by ABA value and the total volume of the material at each mining activity. The results allowed to identify four among six undertakings with potential to generate acid drainage in Minas Gerais State. Jointly, these activitie, represents potential to generate around 2,93 to 10,17 billions of m 3 of water at pH 2 or 29,3 to 101,7 billions of m 3 of water at pH 3. It means costs between US$ 7 to 25 millions to neutralize the acidity with limestone. These estimations probably are underestimated because some closed mines were not included at the survey, and for others, superficial samples may not represents reality. A more trustworthy evaluation of the acid drainage potential at the State would require further studies. These studies must include larger number of samples and operations not evaluated in this study, they should the kinetic acid generation by simulated weathering.
Palavras-chave: Geração de águas ácidas
Atividades minerárias
Minas Gerais
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: DANIEL, Alfredo Muccie. Avaliação preliminar do potencial de geração de águas ácidas por atividades minerárias no Estado de Minas Gerais. 2000. 93 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2000.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10721
Data do documento: 19-Jul-2000
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.