Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10821
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização e gênese de solos em ambientes de Cordilheira e Campo de inundação periódica da sub-região do Pantanal de Poconé, Mato Grosso
Characterization and genesis of the soils in the Cordillera and Flooding field environments at the Pantanal do Poconé sub-region, State of Mato Grosso
Autor(es): Sousa, Juberto Babilônia de
Abstract: O presente estudo foi conduzido na sub-região do Pantanal de Poconé, estado de Mato Grosso. Foram estudados dois solos, sendo um Luvissolo Hipocrômico Órtico planossólico e um Gleissolo Háplico Tb Distrófico argissólico, representativos de ambientes distintos do Pantanal Mato- grossense, Cordilheira e Campo de inundação periódica, respectivamente. Objetivou-se compreender a gênese dos solos, a partir da caracterização e estudo de suas propriedades morfológicas, físicas, químicas e mineralógicas. Os resultados mostraram que a diferença de umidade entre os solos está relacionada a pequena diferença de cota dos ambientes e refletiu-se nas propriedades dos solos. Entre as características morfológicas, é evidente o maior efeito de hidromorfismo no solo do ambiente Campo de inundação periódica. Para as características físicas, os resultados mostraram que os dois solos apresentam grande variação textural, desde texturas franco-argilo- arenosas até muito argilosas. As variações texturais ressaltam as descontinuidades litológicas nos perfis dos solos. Tais variações litológicas refletiram-se significativamente nas características físicas e químicasapresentadas nos solos. Os solos apresentaram valores de acidez média e teores de alumínio trocáveis bastante elevados. A ocorrência de variações nos teores de bases trocáveis é explicada pela variabilidade do material de origem e ao hidromorfismo na remoção e na acumulação de bases. Os teores de sódio são mais elevados no solo do ambiente Cordilheira, em especial nos horizontes mais inferiores. Os teores de carbono orgânico nos dois solos são baixos a muito baixos, o que está relacionado à variação de água disponível durante o ano e às altas temperaturas. Formas de ferro livre ocorrem em maiores teores no solo do ambiente Cordilheira, enquanto o solo do ambiente Campo de inundação periódica apresenta maiores teores de formas de ferro amorfas ou de baixa cristalinidade. Nas extrações de alumínio, observou-se a presença deste elemento nas formas de polímeros ou de baixa cristalinidade. A mineralogia da fração argila dos dois solos mostrou-se bastante semelhante, constituindo uma variabilidade de minerais, dentre os quais destacam-se a caulinita (Ct) e minerais 2:1, como a ilita (Il), vermiculita com hidróxi entre camadas (VHE) e, possivelmente, a esmectita (Es) no solo do ambiente Cordilheira; há ainda a ocorrência do quartzo (Qz). Os óxidos de ferro predominantes nos dois solos foram a hematita (Hm), goethita (GT) e lepidocrocita (Lp). No fracionamento do carbono orgânico em frações humina (FH), ácidos húmicos (FAH) e ácido fúlvico (FAF), destacou-se a fração humina, sendo que, em geral, a proporção apresentada nos dois solos foi FH > FAH > FAF.
This study was carried out in the Pantanal do Poconé sub-region, State of Mato Grosso. The soils Gleyic Luvisol (LVg) and Dystric Gleysol (GLd) were studied, since they are representative for two distinct environments in the Pantanal do Poconé sub-region, that is cordillera and periodical flooding field, respectively. The objective was to understand the genesis of the soils from the characterization and study of their morphological, physical, chemical, and mineralogical properties. The results showed that the difference in moisture between the soils, which is related to the low difference in elevation of these environments, reflected on the properties of these soils. Among the morphological characteristics, the highest effect of the hydromorphism occurred in the soil of the periodical Flooding field. The results for physical characteristics showed that both soils present a wide textural variation, that is, from sandy- clay-loam to very clayey textures. The textural variations emphasize the lithological discontinuities in the soil profiles. These lithological variations were reflected into a significant part of the physical and chemical characteristics found in these soils. The soils presented average values for acidity, while their xcontents of exchangeable aluminum were quite high. The contents of the changeable bases varied because either the variability of the parent material and the hydromorphism influence on the removal and accumulation of the bases. The sodium contents are higher in the soil of the Cordillera environment, especially in the lower horizons. The organic carbon contents in both soils are low to very low, which is related to the variation in the availability of water during the year, as well as to high temperatures. In the Cordillera environment, the soil presents higher contents of free iron, whereas in the periodical Flooding field the soil presents higher contents of amorphous iron or low crystallinity forms. The extractions pointed out the presence of aluminum under polymeric or low crystallinity forms. The mineralogy of the clay fraction in both soils showed to be quite similar, by constituting into a variability of minerals, with emphasis for kaolinite (Ct) and minerals 2:1 such as illite (Il), hydroxy layered vermiculite (VHE) and, possibly, smectite (Es) in the soil of the Cordillera environment. In addition, the occurrence of quartz (Qz) was also found. The predominant iron oxides in both soils were the hematite (Hm), goethite (Gt) and and small amounts of lepidocrocyte (Lp). In the fractionalizing of the organic carbon into fractions humine (FH), humic acids (FAH) and fulvic acid (FAF), the humine fraction was distinguished; generally, the ratio FH> FAH> FAF was found in both soils.
Palavras-chave: Pantanal de Poconé
Solos
Hidromorfismo
Gênese de solos
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SOUSA, Juberto Babilônia de. Caracterização e gênese de solos em ambientes de Cordilheira e Campo de inundação periódica da sub-região do Pantanal de Poconé, Mato Grosso. 2003. 72 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10821
Data do documento: 10-Mar-2003
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,4 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.