Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/10830
Tipo: Dissertação
Título: Compostos orgânicos de diferentes graus de hidrofobicidade na formação e estabilidade de agregados do solo
Organic compounds with different hidrophobicity levels in the soil aggregates formation and stability
Autor(es): Bastos, Renato Saldanha
Abstract: O presente trabalho objetivou mostrar como compostos orgânicos com diferentes graus de hidrofobicidade podem fornecer um aumento da estabilidade dos agregados do solo, e como os ciclos de umedecimento e secagem influenciam nesse aumento. Para isto, com amostras de dois horizontes (A e B) de um Latossolo Vermelho Amarelo, foram conduzidos três experimentos: o primeiro, utilizando a matriz Pan-Puebla III modificada variando a dose dos compostos orgânicos adicionados, em um único tempo de incubação; o segundo, um fatorial incompleto 2x3[(4-1)+(4-1)], constituído por: dois horizontes (A e B), três intervalos de tempo (40, 80 e 160 dias), três compostos orgânicos (amido, ácido esteárico e ácido húmico) em combinações amido sem e com ácido húmico (Am e AmAH) e ácido esteárico sem e com ácido húmico (E e EAH) menos a testemunha; e o terceiro, semelhante ao segundo, com a diferença que ao invés de ser incubado, o solo foi exposto a ciclos semanais de umedecimento e secagem (5 semanas e 5 dias, 11 semanas e 3 dias e 22 semanas e 6 dias). Os resultados obtidos indicaram que o composto hidrofílico (amido) apresenta as melhores respostas em doses mais baixas e quando o tempo de incubação é de 160 dias, e que quando se tem uma única dose (9,9 g kg -1 ) o menor tempo de incubação (40 dias) proporciona maior agregação. Para o composto hidrofóbico (ácido esteárico) a melhor dose nos tempos de incubação maiores (160 dias) variou entre 4,8 e 5,1 g kg -1 conforme a variável analisada, sendo que doses maiores que essa dificultam a agregação. Em tempos de incubação de 80 a 160 dias, a dose de 9,9 g kg -1 aumenta a estabilidade de agregados em água. Utilizando um composto com características, tanto hidrofóbica como hidrofílica (ácido húmico), verificou-se resposta sempre positiva na agregação para doses até 9,9 g kg -1 , quando incubados durante 160 dias. Para esse mesmo composto, incrementos significativos na agregação foram observados para todas as variáveis analisadas, seja por via úmida ou via seca. De maneira geral, os ciclos semanais de umedecimento e secagem dificultaram a formação e a estabilização de agregados em ambos os horizontes.
How the organic compounds with differents hidrophobicity levels, and wet-drying cycles can improve the aggregate stability was the objective of this work. Then, with samples of two horizons (A and B) from an Oxissol was conduced three experiments: first, plotted in a Pan-Puebla III modified matrix varying the organic compounds doses in a single incubation time; second, plotted in a incomplete factorial 2x3[(4-1)+(4-1)], where the factors are, two horizons (A and B), three interval time (40, 80, 160 days), three organic compounds(starch, stearic acid and humic acid) in combinations starch with or without humic acid (Am and AmAH) and stearic acid with or without humic acid (E and EAH) less control; third, was similar to second, the difference was that the soil didn’t stay incubated but exposed to wet-drying weekly cycles (5 weeks and 5 days, 11 weeks and 3 days and 22 weeks and 6 days). The results showed that to the hydrophobic compound (starch) the best results are at lower doses when the incubation time was 160 days, and when there was a single dose the lower incubation time (40 days) provided higher aggregations. To the hydrophobic compound (stearic acid) the best dose, in highest incubation time (160 days), varyied between 4,8 until 5,1 g kg -1 depending to the analysed variable, in this way higher dose make difficult the aggregation. Nevertheless, in higher incubation times (80 and 160 days) the 9,9 g kg -1 improve the aggregate stability in water. Utilizing the hydrophobic and hydrophilic characters compound (humic acid) the result was always positive aggregation to doses until 9,9 g kg -1 , when incubated xduring 160 days. Improvements in aggregation were observed for all analyzed variables either by wet or dry way. Generally, the weekly wet drying cycles make difficult the aggregate formation and stabilization to both horizons.
Palavras-chave: Compostos orgânicos
Hidrofobicidade
Agregados do solo
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BASTOS, Renato Saldanha. Compostos orgânicos de diferentes graus de hidrofobicidade na formação e estabilidade de agregados do solo. 2003. 51 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/10830
Data do documento: 30-Jan-2003
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo731,23 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.