Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1087
Tipo: Tese
Título: Enriquecimento com CO2 por meio de compostagem para a cultura do tomateiro em ambiente protegido
Título(s) alternativo(s): CO2 enrichment by compost pile for tomato plant culture in protected environment
Autor(es): Caliman, Fabiano Ricardo Brunele
Primeiro Orientador: Silva, Derly José Henriques da
Primeiro coorientador: Santos, Ricardo Henrique Silva
Segundo coorientador: Puiatti, Mário
Primeiro avaliador: Amaral, José Francisco Teixeira do
Segundo avaliador: Souza, Jacimar Luis de
Abstract: Este trabalho teve o objetivo de avaliar a utilização da compostagem como fonte de CO2 e seu efeito na produtividade do tomateiro, na qualidade dos frutos e na partição de fotoassimilados. Foram realizados dois cultivos de outono-inverno nos anos 2005 e 2006, na Horta de pesquisa do Departamento de Fitotecnia, na Universidade Federal de Viçosa, MG. Foi utilizado o delineamento em blocos casualizados com oito repetições no ano 2005 e com 12 repetições no ano 2006. No primeiro ano foram utilizadas as cultivares Andrea, Débora Plus e Rebeca e no segundo as cultivares Andrea e Alambra. As plantas foram cultivadas em ambiente protegido normal (AP normal), ambiente protegido com enriquecimento de CO2 (AP + CO2), e numa área de campo, sob condições naturais. Como fonte de CO2 no AP + CO2 foi utilizada a compostagem. Foram avaliadas as produções total e comercial classificada, o índice de precocidade das plantas, a qualidade dos frutos no que se refere ao teor de sólidos solúveis totais (SST), pH, acidez total titulável (ATT) e a relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável (SST/ATT). No cultivo do ano 2006 foram avaliadas a espessura do mesocarpo, a firmeza dos frutos, a partição de fotoassimilados e o acúmulo de massa seca (MS) nas plantas. A compostagem foi eficiente como fonte de CO2, elevando a concentração para aproximadamente 750 µL/L. O enriquecimento de CO2 não alterou a produtividade das plantas, entretanto, proporcionou maior precocidade de produção nas cultivares Andrea e Débora Plus no ano 2005. Neste ano, o pH variou de 3,79 a 4,40, com valores mais elevados no AP normal. Em 2006, não houve diferença no pH dos frutos do Andrea e o pH dos frutos da cv. Alambra foi maior no AP normal. O teor de SST variou entre 2,94 ºBrix e 4,88 ºBrix, sendo maior nos frutos produzidos no campo no ano 2005, exceto nos frutos da cv. Andrea, que foi semelhante entre os ambientes. No ano 2006 foi semelhante nos AP + CO2 e campo. A ATT variou de 0,23% a 0,30% e, no ano 2005, apenas a cv. Andrea apresentou variação entre os ambientes de cultivo, sendo maior no campo. No ano 2006 também foi observada maior acidez nos frutos produzidos no campo. A relação SST/ATT variou de 11,90 a 16,75 e, no ano 2005, foi maior nos frutos da cv. Rebeca produzidos no campo. No ano 2006, entretanto, na cv. Andrea a relação foi semelhante entre o AP + CO2 e o campo e na cv. Alambra foi maior no AP + CO2. O acúmulo de MS foi maior nos ambientes protegidos se comparados ao campo. A cv. Andrea acumulou 786,39 g de MS/pl no AP + CO2, 815,49 g/pl no AP normal e 637,41 g/pl no campo. A cv. Alambra acumulou 766,68 g de MS/pl no AP + CO2, 824,35 g/pl no AP normal e 592,44 g/pl no campo. O maior dreno de fotoassimilados foram os frutos, que acumularam 59%, 63% e 72% da MS produzida pelas plantas nos AP + CO2, AP normal e campo, respectivamente. O enriquecimento de CO2 não afetou a produção das plantas e a partição de fotoassimilados. Entretanto, a qualidade dos frutos produzidos no AP + CO2 no ano 2006, no que se refere ao teor de SST e à relação SST/ATT, melhorou, pois se assemelhou à dos frutos produzidos no campo, ambiente onde a qualidade dos frutos é geralmente melhor que em ambiente protegido.
The objective of this study was to evaluate the use of composting pile as a CO2 source and its effect on tomato productivity, fruits quality and photoassimilate partition. Two autumn-winter crops in years 2005 and 2006 had been carried at Department of Plant Science, at Federal University of Viçosa, Minas Gerais State. It was used a randomized complete blocks design with eight repetitions in the year 2005 and with 12 repetitions in the year 2006. In the first year were used cultivars Andrea, Deborah Plus and Rebeca and in the second one the cultivars Andrea and Alambra. The plants were grown in a protected environment (AP normal), protected environments with CO2 enrichment (AP + CO2), and in the field, under natural conditions. Composting was used as a CO2 source for AP + CO2. The following items were evaluated: the total and marketable yield, precocity index, fruit quality characteristics concerning the total soluble solid content (TSS), pH, total titratable acidity (TTA), and the ratio total soluble solids/total titratable acidity (TSS/TTA). In the year 2006 were evaluated the thickness of mesocarp, firmness of fruit, photoassimilate partition and dry matter (DM) accumulation. The composting was efficient as a CO2 source, raising de concentration to approximately 750 µL/L. The CO2 enrichment did not changed the productivity of plants, however, a higher early yield in the cultivars Andrea and Deborah Plus in the year 2005 was observed. In the 2005 s crop, pH ranged from 3,79 - 4,40, with higher values in the AP normal. In 2006 s crop didn t have difference on pH of the Andrea fruits, and Alambra s pH was higher on AP normal. The TSS content ranged between 2.94 - 4.88 ºBrix, and was higher in fruits produced in the field in the year 2005, except for fruits of Andrea that was similar between the environments. In the 2006, TSS was similar in AP + CO2 and field. TTA ranged from 0.23 - 0.30%, and in the year 2005, only cv. Andrea showed variation between environment, being higher in the field. A higher acidity was also observed in the year 2006 in fruit produced in the field. The TSS/TTA ranged from 11.90 - 16.75 and, in 2005, was highest for cv. Rebeca grown in the field. In 2006, already, the ratio on Andrea s fruits was similar on AP + CO2 and in the field, and in Alambra was higher in the AP + CO2. DM accumulation was higher in protected environments compared to the field. Andrea accumulated 786.39 g of DM/pl in the AP + CO2, 815.49 g/pl on AP normal and 637.41 g/pl in the field. The Alambra accumulated 766.68 g of DM/pl in the AP + CO2, 824.35 g/pl on AP normal and 592.44 g/pl in the field. The biggest drain of photoassimilates were the fruits, which accumulated 59%, 63% and 72% of DM produced by plants in the AP + CO2, AP normal and field, respectively. The CO2 enrichment did not affect photoassimilates partition in Andrea and Alambra cultivars.
Palavras-chave: Lycopersicon esculentum
Dióxido de carbono
Produção
Qualidade
Lycopersicon esculentum
Carbon dioxide
Production
Quality
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: CALIMAN, Fabiano Ricardo Brunele. CO2 enrichment by compost pile for tomato plant culture in protected environment. 2008. 91 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1087
Data do documento: 29-Fev-2008
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf748,76 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.