Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1090
Tipo: Tese
Título: Adubação e dinâmica de plantas daninhas em sistema de plantio direto orgânico de milho
Título(s) alternativo(s): Fertilization and dynamics of weeds under corn organic no- tillage system
Autor(es): Fontanetti, Anastácia
Primeiro Orientador: Galvão, João Carlos Cardoso
Primeiro coorientador: Ferreira, Lino Roberto
Segundo coorientador: Santos, Izabel Cristina dos
Primeiro avaliador: Casali, Vicente Wagner Dias
Segundo avaliador: Cruz, José Carlos
Abstract: Os objetivos deste trabalho foram avaliar e comparar o estabelecimento populacional das plantas daninhas, os teores foliares de nutrientes e a produção de milho nos sistemas de plantio direto convencional e orgânico. O experimento foi conduzido nos anos agrícolas 2004/2005 e 2005/2006 na Estação Experimental de Coimbra, localizada no município de Coimbra-MG, pertencente à Universidade Federal de Viçosa- UFV. Os tratamentos foram constituídos pelos sistemas de plantio direto definidos como: convencional 1 (SPDC1): sem adubação + herbicidas; convencional 2 (SPDC2): com adubação mineral na dose de 150 kg ha-1 do formulado 8-28- 16 + 50 kg ha-1 de uréia em cobertura + herbicidas; convencional 3 (SPDC3): com adubação mineral na dose de 300 kg ha-1 do formulado 8-28+16 + 100 kg ha-1 de uréia em cobertura + herbicidas; e sistema de plantio direto orgânico (SPDO): adubado com composto orgânico, na dose de 40 m³ ha-1 aplicado em cobertura ao lado da linha de semeio, após a emergência do milho e roçada das plantas daninhas. A planta de cobertura utilizada foi a aveia-preta (Avena strigosa Schreb), na densidade de 80 kg ha-1 de sementes. Os resultados obtidos permitiram concluir que a diferença no estabelecimento das populações de plantas daninhas entre os sistemas de plantio direto convencional ou orgânico está relacionada ao método de controle das plantas daninhas (químico ou mecânico), e não à fonte da adubação (orgânica ou mineral). O uso do controle mecânico (roçada) no sistema de plantio direto orgânico favorece as plantas daninhas que se propagam vegetativamente, como Cyperus rotundus, Artemisia verlotorum, Commelina benghalensis e Cynodon dactylon, e as que apresentam alta capacidade de rebrota, como a Bidens pilosa, o que dificulta o manejo dessas plantas no SPDO. Após três anos de implantação do sistema de plantio direto orgânico ocorre acentuada queda de produção do milho, principalmente devido à competição das plantas daninhas com o milho e possivelmente, pela deficiência nutricional de nitrogênio, decorrente da sucessão aveia-preta e milho.
The objective of this work was to evaluate and compare weed population establishment, foliar nutrient contents and corn production under conventional and organic no-tillage systems. The experiment was conducted in 2004/2005 and 2005/2006 at the Experimental Station of Coimbra, MG, owned by Universidade Federal de Viçosa, UFV. The treatments were constituted by the following no-tillage systems, defined as: conventional 1 (C1NTS): without fertilization + herbicides; conventional 2 (C2NTS): with mineral fertilization at the dose of 150 kg ha-1 of the formulate 8-28-16 + 50 kg ha-1 of urea on cover crop + herbicides; conventional 3 (C3NTS): with mineral fertilization at the dose of 300 kg ha-1 of the formulate 8-28+16 + 100 kg ha-1 of urea on cover crop + herbicides and organic no-tillage system (ONTS): soil fertilized with organic compound at 40 m³ ha-1 applied as cover crop along the seeding line, after corn emergence and weed cutting. The cover crop plant used was black oat (Avena strigosa Schreb) at a density of 80 kg ha-1 seeds. The results obtained allowed to conclude that the difference in weed population establishment between the conventional and organic no-tillage systems is related to the method (chemical or mechanical) used to control weeds rather than to the fertilization source (organic or mineral). The use mechanical control (cutting) under the organic no-tillage system favors weeds propagated vegetatively such as Cyperus rotundus, Artemisia verlotorum, Commelina benghalensis and Cynodon dactylon, and weeds presenting high re-growth capacity such as Bidens pilosa, making it difficult to manage these plants under ONTS. After three years of implantation of the organic no-tillage system, a sharp corn production decrease was observed, mainly due to weed competition with corn and possibly to nutritional nitrogen deficiency due to black oat and corn succession.
Palavras-chave: Milho orgânico
Plantio direto
Ervas daninhas
Organic corn
No-tillage system
Weeds
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: FONTANETTI, Anastácia. Fertilization and dynamics of weeds under corn organic no- tillage system. 2007. 96 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1090
Data do documento: 11-Out-2007
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf425,08 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.