Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/110
Tipo: Tese
Título: Desempenho econômico e riscos associados à integração lavoura-pecuária no Estado do Paraná
Título(s) alternativo(s): Economic performance and risks associated to integrated crop-livestock system in the state of Paraná
Autor(es): Lazzarotto, Joelsio José
Primeiro Orientador: Santos, Maurinho Luiz dos
Primeiro coorientador: Lima, João Eustáquio de
Segundo coorientador: Moraes, Aníbal de
Primeiro avaliador: Reis, Brício dos Santos
Segundo avaliador: Rufino, José Luís dos Santos
Terceiro avaliador: Gomes, Alexandre Lopes
Abstract: No setor agropecuário brasileiro, há grande diversidade e heterogeneidade de sistemas de produção, que tendem a ser cercados por amplo número de fatores de riscos operacionais e de mercado. Embora esses riscos não possam ser completamente eliminados, eles podem ser minimizados mediante a adoção de algumas estratégias, como a diversificação. Dentro da diversificação, tem-se a integração lavoura-pecuária, que corresponde à condução de sistemas em que são conjugadas atividades agrícolas e pecuárias, que possuem um mínimo de interação entre si. No entanto, apesar de existirem na literatura diversos trabalhos que demonstram as vantagens técnicas em combinar explorações vegetais e animais, no Brasil ainda é grande a carência de resultados científicos que evidenciem os benefícios e riscos econômicos, sobretudo para o longo prazo, da condução de práticas de integração agropecuária. Diante disso, buscou-se analisar, de forma comparativa e considerando situações de riscos operacionais e de mercado, a viabilidade financeira, os efeitos da diversificação e a volatilidade, ao longo do tempo, dos retornos econômicos de sistemas de produção com integração lavoura-bovinocultura de corte frente a sistemas caracterizados apenas pela exploração de grãos ou pela especialização na bovinocultura de corte. Em termos metodológicos, desenvolveram-se dois tipos de análises: financeira e de volatilidade. Na primeira, foram obtidos indicadores de longo prazo, como o valor presente líquido e a taxa interna de retorno. Na análise de volatilidade, calcularam-se medidas, sobretudo de curto prazo, como os coeficientes de impactos da diversificação de atividades, o value-at-risk e a relação risco/retorno esperados. Para realizar essas análises, utilizaram-se dados históricos relativos ao período de janeiro de 1995 a agosto de 2007. Esses dados contemplam informações técnicas e econômicas acerca das estruturas e dos funcionamentos dos sistemas em questão, explorados na microrregião de Guarapuava - PR. A partir dos resultados da análise financeira, são destacadas duas conclusões: 1) no longo prazo, o sistema de integração lavoura-pecuária (ILP) constitui a alternativa que resulta nos melhores indicadores financeiros; e 2) frente a riscos operacionais e de mercado, o sistema de produção vegetal (PV) gera maior risco (52,3%) de o produtor não obter resultados suficientes para ao menos cobrir os custos de oportunidade do capital; para os sistemas de bovinocultura de corte (BC) e ILP, esses riscos são, respectivamente, de 39,2% e 26,0%. Por sua vez, os resultados da análise de volatilidade conduzem a duas conclusões principais: 1) a combinação de atividades no sistema de ILP propicia, em relação àquela do sistema de PV, maiores benefícios associados com a redução dos riscos nãosistemáticos; e 2) o sistema de ILP gera, também no curto prazo, melhores resultados, pois, mesmo em condições operacionais e/ou mercadológicos desfavoráveis, esse sistema apresenta a relação mais favorável entre retornos e riscos.
In the Brazilian agriculture, there is a great diversity and heterogeneity of production systems which tend to be subject to a wide number of operational and market risk factors. Although these risks cannot be completely eliminated, they can be minimized by adopting some strategies including diversification, such as crop- livestock integration, i.e., systems combining agricultural and livestock activities with a minimum of integration between them. However, although several works available in the literature show the technical advantages of combining plant and animal explorations, Brazil still lacks scientific work results evidencing the economic benefits and risks, especially in the long run, of conducting crop-livestock practices. This work aimed to analyze, considering operational and market risk situations, the financial viability, diversification and volatility effects of the economic returns of integrated crop-beef cattle systems compared to systems characterized by grain cultivation or beef cattle specialization. In methodological terms, two types of analyses were developed: financial analysis and volatility analysis. In the first, long term indicators were obtained, such as the net present value and the return internal rate. In the volatility analysis, measurements were made, especially short term ones, of the activity diversification impact coefficient, the value-at-risk and the risk/return relation expected. To carry out these analyses, historical data related to the period January 1995/August 2007 period were used. These data concern technical and economic information on the structures and functioning of the systems under study, explored in the micro-region of Guarapuava - PR. Based on the financial analysis results obtained, two conclusions were reached: 1) in the long run, the crop-livestock integration system (CLI) is the alternative providing the best financial indicators; and 2), in view of the operational and market risks, the plant production system (PP) offers the greatest risk (52.3%) for the producer, in terms of not providing sufficient results to at least cover the capital opportunity costs; regarding the beef cattle (BC) and CLI systems, these risks are, respectively, 39.2% and 26.0%. Regarding the volatility analysis results, two major conclusions were reached: 1) the combination of activities in the CLI system, provides, compared to that of the PP system, greater benefits, associated with the reduction of non- systematic risks; and 2) the CLI system, also generates better results in the short-term, for, even under unfavorable operational and/or market conditions, this system presents the most favorable return/ risk relation.
Palavras-chave: Sistemas de produção agropecuária
Investimento
Indicadores financeiros
Análise de volatilidade
Probabilidades
Agricultural production systems
Investment
Financial indicators
Volatility analysis
Probabilities
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::METODOS QUANTITATIVOS EM ECONOMIA::METODOS E MODELOS MATEMATICOS, ECONOMETRICOS E ESTATISTICOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Doutorado em Economia Aplicada
Citação: LAZZAROTTO, Joelsio José. Economic performance and risks associated to integrated crop-livestock system in the state of Paraná. 2009. 196 f. Tese (Doutorado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/110
Data do documento: 10-Fev-2009
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.