Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1106
Tipo: Tese
Título: Tolerância de genótipos de cana-de-açúcar a herbicidas
Título(s) alternativo(s): Sugarcane genotypes tolerance to herbicides
Autor(es): Galon, Leandro
Primeiro Orientador: Ferreira, Francisco Affonso
Primeiro coorientador: Silva, Antônio Alberto da
Segundo coorientador: Barbosa, Marcio Henrique Pereira
Primeiro avaliador: Vieira, Rogério Faria
Segundo avaliador: Sediyama, Tocio
Abstract: Objetivou-se com este trabalho avaliar a tolerância de genótipos de cana-deaçúcar aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e a mistura formulada de (ametryn + trifloxysulfuron-sodium). Foram conduzidos dois experimentos, um em casa de vegetação e outro em campo, no Centro Experimental de Pesquisa da Cana-de-açúcar da Universidade Federal de Viçosa, situado a 20º20 S e 43º48 W no município de Oratórios-MG. No experimento de casa de vegetação, que teve por objetivo avaliar a tolerância dos genótipos SP80- 1816, RB855113 e RB867515, tratados com quatro doses dos herbicidas (0, 0,5; 1, e 3,0 vezes a recomendada para a cultura). Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. As avaliações da intoxicação das plantas pelos herbicidas foram realizadas aos 14, 28 e 42 dias após a aplicação dos herbicidas, e os efeitos destes sobre a área foliar e a massa da matéria seca da parte aérea foram quantificados aos 80 dias após a brotação das gemas. No segundo ensaio, conduzido em campo, usou-se o analisador de gases no infravermelho (IRGA) aos 85 dias após o plantio, para avaliar os efeitos de ametryn (2000 g ha-1), trifloxysulfuron-sodium (22,5 g ha-1) e ametryn + trifloxysulfuron-sodium (1463 + 37,0 g ha-1) sobre as características relacionadas à atividade fotossintética dos genótipos de cana-de-açúcar (RB72454, RB835486, RB855113, RB867515, RB947520 e SP80-1816). Avaliou-se ainda os efeitos dos herbicidas em dez genótipos, os seis citados anteriormente mais os RB855156, RB925211, RB925345 e RB937570 no que diz respeito aos componentes de produtividade e da qualidade da matéria-prima da cana- de-açúcar. Esse experimento foi realizado em parcelas subdivididas, em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Em casa de vegetação, o genótipo RB855113 foi o mais sensível aos herbicidas e doses, seguido do SP80-1816; o mais tolerante foi o RB867515. No campo o ametryn provocou maiores danos à fotossíntese aos genótipos quando comparado aos demais herbicidas. O trifloxysulfuron- sodium e a mistura comercial também causaram intoxicação diferenciada, sendo o RB855156 o mais sensível e o SP80- 1816 o mais tolerante. A produtividade de colmos e de açúcar do genótipo RB855156 foram as características mais afetadas pelos herbicidas, especialmente pelo trifloxysulfuron-sodium. Este também ocasionou efeitos negativos às características produtivas do genótipo RB835486. A produtividade de colmos e de açúcar do genótipo RB855113 foi influenciada negativamente sob ação do ametryn + trifloxysulfuron- sodium. Conclui-se que os genótipos de cana-de-açúcar apresentaram tolerância diferencial ao ametryn, ao trifloxysulfuron-sodium e a mistura de ametryn + trifloxysulfuron-sodium, independentemente das doses. Por isso cuidados devem ser tomados com o uso desses produtos, especialmente na escolha do genótipo a ser cultivado.
The objective of this study was to evaluate the tolerance of sugarcane genotypes to herbicides ametryn, trifloxysulfuron-sodium and their formulated mixture (ametryn + trifloxysulfuron-sodium). Two experiments were conducted, one under greenhouse conditions and the under field conditions, at the Centro Experimental de Pesquisa da Cana-de-açúcar da Universidade Federal de Viçosa, located 20º20 S e 43º48 W in the city of Oratórios-MG. In the greenhouse experiment, which aimed to evaluate the tolerance of genotypes SP80-1816, RB855113 and RB867515, treated with four doses of herbicides (0.0, 0.5, 1 and 3.0 times the recommended for the crop), it was used a completely randomized design, with four replications. Evaluations of plant intoxication by herbicides were performed at 14, 28 and 42 days after treatments application and the effects of the herbicides on the leaf area and shoot dry matter were measured at 80 days after the buds shoot. In the second test, conducted in the field, it was used an infrared gas analyzer (IRGA) 85 days after planting, to assess the effects of ametryn (2.000 g ha- 1), trifloxysulfuron-sodium (22.5 g ha-1) and ametryn + trifloxysulfuron-sodium (1463 + 37.0 g ha-1) on the characteristics related to photosynthetic activity in the sugarcane genotypes (RB72454, RB835486, RB855113, RB867515, RB947520 and SP80-1816). In this same trial, it were also evaluated effects of the herbicides in ten genotypes, the six cited above, plus RB855156, RB925211, RB925345 and RB937570 on the components of productivity and raw matter quality of sugarcane. This experiment was conducted in a split plot design with four replications. For the greenhouse trial, genotype RB855113 was the most sensitive to all herbicides and applied doses, followed by the SP80-1816. The most tolerant genotype to all herbicides was RB867515. For the field experiment, the herbicide ametryn caused more damage to the sugarcane genotypes photosynthesis when compared to other herbicides. The trifloxysulfuron-sodium and the commercial mixes also caused differentiated intoxication, being RB855156 the most sensitive genotype and SP80-1816 the most tolerant. Genotype RB855156 stalks and sugar productivity were more affected by the herbicides, specially by trifloxysulfuron-sodium. This one also caused negative effects in the productive characteristics of the genotype RB835486. Genotype RB855113 stalks and sugar productivity was influenced negatively under the action of ametryn + trifloxysulfuron-sodium. It follows that the sugarcane genotypes showed differential tolerance to ametryn, trifloxysulfuron-sodium and their mixture ametryn + trifloxysulfuron-sodium, independently of the doses. Thus, it should be taken care when using these products, specially when choosing the genotype to be cultivated.
Palavras-chave: Tolerância
Saccharum spp
Ametryn
Trifloxysulfuron-sodium
Krismat
Tolerance
Saccharum spp
Ametryn
Trifloxysulfuron-sodium
Krismat
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: GALON, Leandro. Sugarcane genotypes tolerance to herbicides. 2008. 87 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1106
Data do documento: 18-Dez-2008
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf506,08 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.