Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/11067
Tipo: Tese
Título: Dinâmica ruminal de nutrientes por bovinos alimentados com Brachiaria brizantha (Hochst) Stapf. e suplementos contendo diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen
Nutrients ruminal dynamic by steers grazing Brachiaria brizantha (Hochst) Stapf. and fed supplements with different levels of ruminal undegradable protein
Autor(es): Pacheco, Bevaldo Martins
Abstract: Este trabalho foi realizado no Instituto Barreiro de Biotecnologia (IBB), sediado na Fazenda Barreiro Ltda., município de Silvânia, Estado de Goiás, para avaliar os efeitos de suplementos com diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen (PNDR) sobre os parâmetros da cinética de degradação in situ da fibra em detergente neutro (FDN), dos carboidratos fibrosos (CF) e da proteína insolúvel em detergente neutro (PIDN), assim como da cinética de passagem de partículas por bovinos mantidos em pastagem de Brachiaria brizantha. As amostragens foram feitas em duas épocas do ano (época 1 – maio, junho e julho/2000 e época 2 – março, abril e maio/2001). A cinética de passagem de fluidos foi realizada em três períodos, de agosto a setembro/2001, permanecendo os animais (três por tratamento e por período) na pastagem, recebendo os tratamentos da época 2. Em ambas as épocas foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com três novilhos mestiços fistulados no esôfago e no rúmen, por tratamento e por período. Na época 1 os animais foram alojados em baias individuais e alimentados com suplementos com 20, 40 e 60% de PNDR e feno de Brachiaria brizantha e mistura mineral ad libitum, enquanto na época 2 foram distribuídos nos tratamentos: T 0 = pasto de capim-brizanta + mistura mineral ad libitum (PM); T 40 = PM + suplemento com 40% de PNDR; e T 60 = PM + suplemento com 60% de PNDR. Os perfis de degradação da FDN, dos CF e da PIDN obtidos foram interpretados cineticamente, utilizando o modelo logístico decrescente, e as estimativas dos parâmetros da cinética de passagem de partículas foram determinadas a partir do ajuste dos dados a diferentes modelos bicompartimentais (G1G1, G2G1, G3G1, G4G1, G5G1 e G6G1). As comparações dos modelos foram feitas por meio da freqüência observada dos valores mínimos para o quadrado médio residual obtido com os ajustes dos modelos e o número de corridas de sinal dos resíduos padronizados. A fibra em detergente neutro indigerível (FDN i ) correspondeu a cerca de 21 a 40% e de 16 a 35% da FDN nas amostras de pasto, nas épocas 1 e 2, respectivamente. O valor médio da repleção ruminal da fração indegradável, RR(I), foi 47% maior que o da fração potencialmente degradável, RR(U), durante a época 1, enquanto na época foi de 32%. Os carboidratos fibrosos representaram aproximadamente 80% dos carboidratos totais presentes nas amostras de pasto colhidas pelos animais, em ambas as épocas do ano. O aumento da fração carboidrato fibroso indigerível (CF i ), que ocorreu em detrimento da fração carboidrato fibroso digerível (CF d ), resultou em maior efeito de repleção ruminal, o que pode levar à redução da disponibilidade energética para os microrganismos que fermentam carboidratos fibrosos e não-fibrosos e a perdas de nitrogênio, na presença de fontes protéicas de rápida degradação ruminal. O capim-brizanta apresentou proporção significativa de seu nitrogênio na forma de proteína de lenta degradação ruminal, proteína digestível insolúvel em detergente neutro (PIDN d ), com média de 21 e 26% nas épocas 1 e 2, respectivamente. Os modelos G2G1 e G3G1 mostraram- se mais eficientes na determinação das estimativas dos parâmetros de cinética de passagem de partículas, nas épocas 1 e 2, respectivamente. As estimativas do tempo médio de retenção ruminal de partículas e de fluidos não foram influenciadas pelos diferentes níveis de PNDR do suplemento.
This work was carried out in the Instituto Barreiro de Biotecnologia (IBB), in the Barreiro Ltda. farm, county of Silvânia, Goiás State, to evaluate the effect of supplements with different levels of ruminal undegradable protein (RUP) on the kinetic parameters of in situ degradation of neutral detergent fiber (NDF), fiber carbohydrates (FC) and protein insoluble in neutral detergent (PIND), as well as particles passage kinetic by steers grazing Brachiaria brizantha pasture. Samplings were performed in two seasons of the year (season 1 – May, June and July/2000 and season 2 – March, April and May/2001). Fluids passage kinetic was performed in three periods, from August to September/2001, where the animals (three by treatment and by period) were under grazing, receiving the treatments of season 2. In both seasons a completely randomized design, with three esophageally and ruminally fistulated crossbred steers, by treatment and by period, was used. In the season 1, the animals were housed in individual stalls and fed supplements with 20, 40 and 60% RUP and Brachiaria brizantha hay and minerals ad libitum , whereas in the season 2 they were xivallotted to the treatments: T 0 = Palisadegrass pasture + minerals ad libitum (PM); T 40 = PM + supplement with 40% RUP; and T 60 = PM + supplement with 60% RUP. Degradation profiles of NDF, FC and PIND were kineticly interpreted, by using the decreasing logistic model, and the estimates of particles kinetic parameters were performed from adjusting data to the different bicompartimental (G1G1, G2G1, G3G1, G4G1, G5G1 e G6G1) models. The comparison among models were made by means of the observed frequency of minimum values for the average residual square obtained with the models adjustments and the number of signal runs of standardized residues. Indigestible neutral detergent fiber (NDF i ) level corresponded approximately from 21 to 40% and from 16 to 35% NDF in the pasture samples, in the seasons 1 and 2, respectively. The average value of undegradable fraction ruminal repletion, RR(I), was 47% higher than the potentially degradable fraction, RR(U), during the season 1, whereas in the season 2 was of 32%. Fiber carbohydrates were approximately 80% total carbohydrates in the pasture samples selected by the animals, in both seasons of the year. The increase of indigestible fiber carbohydrate (FC i ), as the digestible fiber carbohydrate (FC d ) decreased, resulted in higher ruminal repletion effect, that can leads to the reduction of energy availability for the microorganisms ferment fiber and non fiber carbohydrates and to nitrogen losses, in the presence of protein sources of fast ruminal degradation. Palisadegrass showed significant nitrogen proportion, as protein of low ruminal degradation, digestible protein insoluble in neutral detergent (PIND d ), averaging 21 and 26% in the seasons 1 and 2, respectively. G2G1 e G3G1 models were more efficient to determine the estimates of particles kinetic parameters, in the seasons 1 and 2, respectively. The estimates of average ruminal repletion time of particles and fluids were not affected by the different RUP levels of the supplement.
Palavras-chave: Capim-brizantha
Degradabilidade
Proteina de escape
Suplementos
Taxa de passagem
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PACHECO, Bevaldo Martins. Dinâmica ruminal de nutrientes por bovinos alimentados com Brachiaria brizantha (Hochst) Stapf. e suplementos contendo diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen. 2002. 112 f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11067
Data do documento: 25-Out-2002
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo480,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.