Locus  

Curva de lactação, efeitos ambientais e genéticos sobre o desempenho produtivo de cabras leiteiras

Show simple item record

dc.contributor Leão, Maria Ignez
dc.contributor Torres, Robledo de Almeida
dc.contributor.advisor Rodrigues, Marcelo Teixeira
dc.creator Guimarães, Vinícius Pereira
dc.date.accessioned 2017-07-14T16:43:14Z
dc.date.available 2017-07-14T16:43:14Z
dc.date.issued 2004-07-27
dc.identifier.citation GUIMARÃES, Vinícius Pereira. Curva de lactação, efeitos ambientais e genéticos sobre o desempenho produtivo de cabras leiteiras. 2004. 87 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11297
dc.description.abstract Os dados deste estudo − provenientes do rebanho do setor de caprinocultura da Universidade Federal de Viçosa − foram utilizados com os objetivos de comparar modelos estatísticos que proporcionem ajuste para curva de lactação; determinar fatores de meio que interferem no formato da curva e, conseqüentemente, na produção; e estimar parâmetros genéticos, como herdabilidade e repetibilidade, da produção de leite. A consistência dos dados fundamentou-se na exclusão de lactações em que o primeiro controle só foi efetuado em tempo igual ou superior a 35 dias após o parto. Intervalos sem controle de leite foram permitidos em no máximo 21 dias, que corresponde a praticamente três ausências na pesagem do leite. Lactações muito curtas (abaixo de 80 dias) e superiores à quarta, por não representarem uma fração significativa no conjunto de dados, não foram consideradas. Após a triagem, foram utilizados 23.502 registros de produção de leite no estudo. Dentre os modelos estudados, o proposto por Nelder (1966) foi o que melhor se ajustou à curva de lactação para os animais avaliados. Este modelo obteve as menores estimativas de desvio residual médio (DMA) e a menor dispersão no gráfico de resíduos. A definição de pelo menos dois critérios na escolha dos modelos foi fundamental, tendo em vista a proximidade das estimativas para cada equação, com falsa indicação de ajuste para alguns modelos. Verificaram-se também diferenças nos parâmetros do modelo escolhido para as diferentes lactações e raças, porém a utilização de uma única curva estimada garante maior facilidade na avaliação produtiva, apesar do erro decorrente dessa extrapolação. Não houve influência de raça sobre a produção de leite e seus constituintes, sugerindo igualdade produtiva entre os animais Saanen e Alpinos nas condições estudadas. A idade ao parto, o mês de parto, o ano de parto e o número de crias interferiram significativamente na produção total de leite e na maioria de seus constituintes. Houve tendência de maior produtividade para os primeiros meses do ano (Jan. - Jun.), tanto para produção quanto para porcentagem de gordura, proteína, extrato seco (ES) e lactose, possivelmente pelas condições de umidade e temperatura mais amenas nessa época do ano. Foi encontrada herdabilidade de 0,47 para produção total de leite, indicando a possibilidade da seleção individual para essa característica. O elevado valor para repetibilidade de 0,61 reforça a existência de alta correlação entre lactações do mesmo animal. Os constituintes do leite tiveram valores de herdabilidade muito baixos, demonstrando a necessidade de teste de progênie para incremento dessas características em seleções direcionadas. pt-BR
dc.description.abstract The data of this study were used with the objectives of comparing thirteen statistical models to provide adjustment for lactation curve; to determine factors of environment that interfere in the format of the curve and, as a consequence, on milk yield; and to estimate genetic parameters such as herdability and repetibility of milk production. The consistency of data was based on the exclusion of lactations in which the first measurement was taken after 35 days post partum. A 21 day interval between registers, corresponding to three absence of milk yield, was accepted as normal, otherwise lactations was excluded. Two other criteria were used to exclude data that is lactation curve lower than 80 days or order of lactation greater than 4. A 23,502 registers of milk yield was considered from goat herd of the Federal University of Viçosa. To define the model of choice four criteria were used named the dispersion of graph of residue, the average of deviation of residues, the correlation coefficient and the visual appraisal of curve based on comparison between estimated and observed data. At least two of those cited criteria were used to define the model. Among models studied, that proposed by Nelder (1966) produced the best adjustment of lactation curve. Parameters of model used to describe lactation curve, were different for both breed and order of lactation. It is suggested that by using only one equation to define the lactation curve may facilitate data evaluation despite drawbacks cause by extrapolation. No difference was found between breed xiiifor milk production and components, suggesting similar productive potencial between the Saanen and Alpine breed used for this study. The variables, age, month, year and type of kidding (simple or multiple), had significant interference in both milk production and composition. It was observed a tendency of higher milk yield and composition for the months of January to June. It is suggested that the existence of more favorable environmental conditions at that time of year have caused better animal response. A herdability of 0.47 for total milk production, indicates the possibility of individual selection for the trait. The high value for repetibility of 0.61 showed the existence of high correlation among lactations for the same animal. Very low values for herdability were found for milk components, demonstrating the need of progenie test to increase those trait in directioning selection. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Cabra - Lactação - Modelos estatísticos pt-BR
dc.subject Cabra - Lactação - Fatores ambientais pt-BR
dc.subject Leite - Composição pt-BR
dc.subject Cabra - Melhoramento genético - Métodos estatísticos pt-BR
dc.title Curva de lactação, efeitos ambientais e genéticos sobre o desempenho produtivo de cabras leiteiras en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/9134096634251344 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Zootecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Zootecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2004-07-27
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Zootecnia [1016]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Zootecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account