Locus  

Contribuição ao zoneamento agroclimático para a cultura do sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) no Estado de Minas Gerais

Show simple item record

dc.contributor Aspiazú, Celestino
dc.contributor Aguiar, Luiz Marcelo Sans
dc.contributor.advisor Costa, José Maria Nogueira da
dc.creator Costa, Antônio Carlos Lôla da
dc.date.accessioned 2017-07-20T14:06:10Z
dc.date.available 2017-07-20T14:06:10Z
dc.date.issued 1988-08-23
dc.identifier.citation COSTA, Antônio Carlos Lôla da. Contribuição ao zoneamento agroclimático para a cultura do sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) no Estado de Minas Gerais. 1988. 61 f. Dissertação (Mestrado em Meteorologia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 1988. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11408
dc.description.abstract Neste trabalho ficou evidenciada a importância dos regimes térmicos e hídricos de uma região em relação ao desenvolvimento e à aptidão da cultura do sorgo. Destacaram-se, entre os objetivos específicos do presente trabalho, a determinação das exigências térmicas nas diversas fases fenológicas de cinco cultivares de sorgo granífero e a seleção de áreas e de épocas de plantio consideradas mais adequadas para esta cultura, no Estado de Minas Gerais. Dados fenológicos, referentes aos cultivares de sorgo granífero Jade, Ranchero, Br 300, Pioneer B 815 e Ag 1011, foram utilizados. Para o cálculo das unidades térmicas e a determinação da estação de crescimento da cultura, utilizaram-se dados diários de precipitação pluvial, temperaturas máximas e temperaturas mínimas do ar. O método WB 10/30 Foi selecionado para o cálculo das unidades térmicas recebidas nas diversas fases fenológicas dos cultivares em estudo, assim como no acumulo diário de unidades térmicas nos diferentes locais estudados, no Estado de Minas Gerais. Na determinação das melhores épocas de plantio, levou-se em consideração, além das exigências térmicas da cultura, a distribuição me dia semanal das precipitações. Deste modo, tais épocas variaram desde o final do mês de setembro até o final do mês de fevereiro, em função do local estudado. Após o traçado das isolinhas trimestrais de unidades térmicas no Estado, verificou-se uma tendência anual de os maiores potenciais térmicos manifestarem-se a partir do mês de outubro, nas microrregiões do Triângulo Mineiro e Norte do Estado de Minas Gerais. pt-BR
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Regimes térmicos e hídricos pt-BR
dc.subject Cultura do sorgo pt-BR
dc.subject Exigências térmicas pt-BR
dc.title Contribuição ao zoneamento agroclimático para a cultura do sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) no Estado de Minas Gerais pt-BR
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/8489039131103228 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Engenharia Agrícola pt-BR
dc.degree.program Mestre em Meteorologia Agrícola pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 1988-08-23
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Meteorologia Agrícola [232]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Meteorologia Agrícola

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account