Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1143
Tipo: Tese
Título: Caracterização morfoagronômica, culinária e de raízes de genótipos do banco de germoplasma de feijão da UFV
Título(s) alternativo(s): Characterization morpho-agronomic, culinary and roots of genotypes of beans of the germplasm bank of the UFV
Autor(es): Lima, Marilene Santos de
Primeiro Orientador: Carneiro, José Eustáquio de Souza
Primeiro coorientador: Carneiro, Pedro Crescêncio Souza
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Piovesan, Newton Deniz
Segundo avaliador: Motoike, Sérgio Yoshimitsu
Abstract: A caracterização de germoplasma é importante para direcionar o uso dos recursos genéticos nos programas de melhoramento. O objetivo principal deste trabalho foi caracterizar 100 genótipos do Banco de Germoplasma de feijão da Universidade Federal de Viçosa, quanto aos descritores morfológicos e agronômicos. Para a caracterização da parte aérea da planta foi conduzido um experimento em Coimbra-MG, no delineamento em látice quadrado triplo, e parcelas constituídas de duas linhas de 2 m. Foram usados 22 descritores morfoagronômicos: 18 qualitativos e quatro quantitativos. Os dados foram submetidos à análise de divergência genética, empregando-se análise multivariada por intermédio de componentes principais e do método de agrupamento de Tocher. Na caracterização da qualidade tecnológica dos grãos utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, com três repetições para capacidade de hidratação e porcentagem de grãos duros e duas para tempo de cocção. A capacidade de hidratação foi determinada a cada duas horas, durante 16 horas. Para efeito de análise dessa característica utilizou-se o esquema de parcela subdividida no tempo, em que o tempo de embebição foi considerado subparcela. A caracterização morfológica do sistema radical jovem foi conduzida em laboratório e em casa de vegetação, no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Houve efeito significativo (P < 0,01) de genótipos sobre dias do plantio ao florescimento, arquitetura da planta, produtividade e massa de 1000 grãos. A análise de divergência genética possibilitou reunir os genótipos em oito grupos de similaridade genética e identificar o brilho da semente como de menor importância na discriminação dos genótipos. Quanto à qualidade tecnológica dos grãos, observou-se efeito significativo (P < 0,01) de genótipos sobre todas as variáveis. A correlação entre capacidade de hidratação máxima e tempo de cozimento foi negativa e de alta magnitude. A correlação entre tempo de cocção e porcentagem de grãos duros, também foi de alta magnitude, mas positiva. Efeito significativo (P < 0,01) de genótipos foi também observado para todas as características relacionadas à raiz: números de verticilos e de raízes basais, quantidade de pelos radicais, ângulo das raízes basais, nota de arquitetura de raiz, massa das raízes secas e comprimento total das raízes. Concluiu-se que os genótipos de feijão apresentam variabilidade genética quanto às características morfoagronômicas; a similaridade dos genótipos tem relação com a classificação segundo o grupo comercial e origem (pool gênico); tanto a capacidade de hidratação quanto a porcentagem de grãos duros podem ser utilizados como métodos indiretos para avaliar o tempo de cozimento dos grãos de feijão; os genótipos mesoamericanos do Banco Ativo de Germoplasma de Feijão da UFV apresentam grande variabilidade de características do sistema radical; a avaliação da arquitetura das raízes basais do feijoeiro pode ser feita visualmente por meio de escala diagramática.
Germplasm characterization is important for direct the using genetic resources in breeding programs. The objective of this works was to characterize genetic variability of 100 genotypes from the Bean Germplasm Bank of the Universidade Federal de Viçosa as to the morphological and agronomic descriptors. For characterization of the aerial section of the plant, an experiment was carried out in Coimbra-MG, in a triple lattice square design and plots composed of two 2-m lines. Twenty-two morphoagronomical descriptors: 18 qualitative and four quantitative, were using. Data were submitted to genetic divergence analysis using multivariate analyses, through main component and clustering method of Tocher. In the characterization of technological quality of grains, it was used a random block design with three replicates for capacity of hydration and percentage of hard-shell and two for cooking time. Hydration capacity was determined each two hours, over 16 hours. For analysis effect this trait a split-plot design was used, with soaking time being considered the split-plot. The morphological characterization of young radical system was carried out in laboratory and greenhouse in a random block design with four repetitions. There was a significant effect (P < 0.01) from the genotypes on days from planting to flowering, plant architecture, productivity and mass of 1,000 grains. The analyses of genetic divergence, enabled to assemble the genotypes in eight groups of genetic similarity and to identify brightness of seed as the minor importance in discrimination of genotypes. For technological quality of grains, it was observed a significant effect (P < 0.01) of the genotypes on all variables. Correlation maximal among hydration capacity and cooking time was negative and of high magnitude. The correlation among cooking time and hard-shell grain percentage, was also of high magnitude but positive. Significant effect (P < 0.01) of genotypes was also observed for all morphological root traits: number of whorls, basal roots, quantity of root hair, angle of basal roots, notes of root architecture, dry root mass and total length root. It is concluded that there genetic variability among genotypes regarding to morphological and agronomical traits related to aerial section and plant root system and to technological quality of grains; the similarity of genotypes is related to classification according to commercial group and origin (gene pool); both the capacity of hydration as the hard-shell grain percentage can be used as indirect method to assess the time of cooking of grains of beans; mesoamerican genotypes from the Bean Active Germplasm Bank of the UFV show great variability of root system characteristics; the evaluation of the architecture of basal roots of bean can be done visually by diagrammatic.
Palavras-chave: Phaseolus vulgaris
Diversidade genética
Arquitetura de raiz
Qualidade tecnológica
Phaseolus vulgaris
Genetic diversity
Root architecture
Technological quality
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: LIMA, Marilene Santos de. Characterization morpho-agronomic, culinary and roots of genotypes of beans of the germplasm bank of the UFV. 2010. 75 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1143
Data do documento: 16-Dez-2010
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf720,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.