Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/115
Tipo: Tese
Título: Poder de mercado no segmento de picapes pequenas da indústria automobilística brasileira
Título(s) alternativo(s): Market power in pick-ups segment of Brazilian automobilist industry
Autor(es): Farias, Christiano Alves
Primeiro Orientador: Lima, João Eustáquio de
Primeiro coorientador: Coelho, Alexandre Bragança
Segundo coorientador: Braga, Marcelo José
Primeiro avaliador: Mattos, Leonardo Bornacki de
Segundo avaliador: Reis, Brício dos Santos
Terceiro avaliador: Santos, Maurinho Luiz dos
Quarto avaliador: Vasconcelos, Silvinha Pinto
Abstract: Este trabalho avaliou o poder de mercado no segmento de picapes novas de pequeno porte da indústria automobilística brasileira. Os veículos desse segmento são utilizados como bens de capital no processo produtivo de boa parte das empresas brasileiras, em especial pelas pequenas e médias empresas, além de possuírem alto valor agregado e significativo desenvolvimento tecnológico. Esse mercado se caracteriza por uma estrutura oligopolizada, com firmas oferecendo produtos diferenciados, em que a concorrência se dá entre marcas e não entre firmas, com alta concentração. Assim, o mercado apresenta condições que podem proporcionar a existência e o exercício do poder de mercado por parte das firmas, ou seja, há condições necessárias à ocorrência de condutas anticoncorrenciais que implicam perda de bem-estar social. Diante disso, o trabalho teve como objetivo geral verificar a existência e a origem do poder de mercado, bem como analisar seu exercício e implicações de sua utilização por parte das empresas produtoras no segmento de picapes de pequeno porte, no período de outubro de 2003 a maio de 2007. Para isso, foi utilizado um modelo desenvolvido por Cotterill, Franklin e Ma (1996), que proporciona índices de mercado capazes de mensurar o poder de mercado total e os poderes que o compõem: o poder unilateral e cooperativo ou colusivo. Para o cálculo destes, foi estimado, de maneira conjunta, um sistema de equações de demanda e de funções de reação de preço através do método de estimação SUR. Foram consideradas no estudo as marcas Strada (Fiat), Montana (General Motors), Saveiro (Volkswagen) e Courier (Ford), que juntas possuem praticamente a totalidade das vendas de picapes de pequeno porte no Brasil. De modo geral, os resultados estimados foram bons, sendo a maior parte dos parâmetros estimados estatisticamente significativos, além de todos os sinais coerentes com a teoria econômica. A partir da pesquisa realizada e dos resultados obtidos, concluiu-se que todas as firmas detentoras das marcas analisadas detêm poder de mercado. Esse poder é formado a partir de duas fontes básicas: o poder unilateral e o poder cooperativo. Todas as marcas apresentaram níveis de poder de mercado unilateral: a Strada obteve um poder comparativamente alto, seguida da Saveiro e Montana, com valores medianos, e da Courier, com menor valor. Os resultados do trabalho indicam que o poder de mercado unilateral das marcas parece ser justificado principalmente pelos seguintes quesitos: preços das picapes, capacidade de desenvolver e incorporar inovações, liquidez do mercado secundário e tipo de suspensão adotada. Outros elementos que podem explicar, ainda que com menor relevância, as diferenças de poder unilateral são os custos de opcionais importantes, como: ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas e valores e seguro. A Strada, por exemplo, foi a marca que, de maneira geral, implementou com sucesso o maior número de inovações e re- estilizações, seguida da Saveiro. Elas também apresentaram os maiores mercados secundários no período analisado. Os valores do poder unilateral obtidos pelas marcas sugerem que as estratégias de diferenciação de produto adotadas pelas firmas nesse mercado obtiveram sucesso, principalmente para a Strada, e também apontam para um alto grau de dificuldade de entrada de concorrentes nesse mercado, podendo, por exemplo, haver a necessidade de despender elevado gasto com propaganda. Verificou-se, também, que há tanto a presença de cooperação quanto a de rivalidade entre as firmas. A Saveiro foi a única que obteve cooperação das outras firmas no tocante às suas ações de preço; as demais marcas se depararam não com colusão, mas com a rivalidade das outras fabricantes de picapes de pequeno porte. A marca que mais enfrentou competição das demais foi a Courier, seguida da Strada e Montana. Quanto ao poder de mercado total, decorrente da interação do poder de mercado unilateral e cooperativo, a Saveiro foi a que desfrutou do mais alto grau de poder, devido ao poder unilateral e ao conferido pela cooperação das demais marcas. A Strada, apesar de possuir o maior poder unilateral, teve seu poder reduzido por defrontar com o maior grau de rivalidade das demais participantes do mercado, resultando no segundo maior poder de mercado total. Também a Montana e a Courier, com o terceiro e o quarto maior poder unilateral, respectivamente, tiveram o seu poder reduzido devido à rivalidade das demais firmas. Dessa maneira, há tanto poder unilateral quanto colusão nesse mercado; este último se dá em um cenário muito específico. Apesar de não ser objetivo deste trabalho mensurar variações no bem-estar-social, os dados apontam para diminuição do bem-estar da sociedade com a existência do poder de mercado no segmento de picapes de pequeno porte.
This work has evaluated the market power in the segment small pick-ups applications diagram of new small Brazilian of the automotive industry. This segment of vehicles are used as capital goods in the production process in good part of Brazilian companies, in particular by small and medium - sized enterprises, hold high value added and significant technological development. This market is oligopoly, with firms offering products differentiated, where competition is between brands and not between firms, with high concentration. Thus, the market presents conditions which can provide the existence and the exercise of power market boardroom, i.e. there are conditions necessary for the occurrence of anti-competitive conduct that imply loss of social welfare. On the work aims general check the existence and the origin of market power, analyse and implications of their use by companies segment pick-ups applications diagram, in October 2003 until May 2007. For this was used a template developed by Cotterill, Franklin and MA (1996), which provides indexes market capable of measuring the total market power and the powers that its members: the power unilateral and cooperative or collusive. For the calculation of these, was estimated, joint, a system of equations demand and functions of reaction price by SUR. It was considered in the study brands Strada (Fiat), Montana (General Motors), Saveiro (Volkswagem) and Courier (Ford) that together have almost all sales of pick-ups applications diagram small in Brazil. In general, the estimed results were good, being most parameters estimated statistically significant, in addition to all the signs consistent with the economic theory. From the research and the results obtained concluded that all firms holding of the marks analysed have market power. This power is formed from two sources: the unilateral or cooperative power. All brands have levels of unilateral market power, and Strada got a comparatively high power, followed by Saveiro and Montana, with average values, and the Courier, with lower value. The results of the work indicate that the unilateral market power of brands seems justified mainly by the following criteria: prices of pick-ups applications diagram, ability to develop and incorporate innovations, liquidity of the secondary market and by type of suspension. Other elements that may explain, albeit with minor differences to unilateral are the costs of optional flippantly: air conditioning, power steering, glass and locks and electric values and secure. The Strada, for example, was the brand that generally implemented successfully, the largest number of innovations and change design, followed by Saveiro. These also submitted the largest secondary markets analysis period. The power values obtained by unilateral power brands suggest that the strategies adopted by the product differentiation of firms in this market successful, mainly for Strada and also points to a high degree of difficulty entry competitors in the market and, for example, need to spend high expenses with marketing. It was found that there are both the presence of cooperation on of rivalry between firms. The Saveiro was the only successful cooperation of other firms their actions price, and the other brands if you had not with collusion, but rivalry of other manufacturers pick-ups applications diagram small. The brand that more competition was faced other Courier, followed by Strada and Montana. Power of total market resulting from the interaction of market power unilateral and cooperative, Saveiro was that has enjoyed the highest degree of power, due to power conferred by unilateral and the cooperation of other brands. The Strada, despite have the unilateral power, was reduced by face with the highest degree of rivalry of other market participants, resulting in the second largest market power. Also the Montana and Courrier with the third and fourth largest unilateral power, respectively, were due to reduced power rivalry of other firms. This way, there are both unilateral as power as collusion in this market, and the latter has a very specific scenario. Although not objective of this work measuring changes in social - welfare, the data point to a decrease of welfare society with the existence of market power segment pick-ups applications diagram small.
Palavras-chave: Poder de mercado
Cooperação
Colusão
Picapes
Indústria automobilística
Market power
Cooperation
Collusion
Pick-ups
Brazilian automotive industry
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::ORGANIZACAO INDUSTRIAL E ESTUDOS INDUSTRIAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Doutorado em Economia Aplicada
Citação: FARIAS, Christiano Alves. Market power in pick-ups segment of Brazilian automobilist industry. 2008. 124 f. Tese (Doutorado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/115
Data do documento: 12-Dez-2008
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.