Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/11648
Tipo: Dissertação
Título: Socialização, inclusão e exclusão social e educacional dos surdos: um olhar sobre a identidade dos sujeitos participantes dos projetos EAMES e SAB
Socialization, inclusion and social educational exclusion of the deaf: a look at the deaf identity of the people users of the projects EAMES and SAB
Autor(es): Leandro, Fúlvia Ventura
Abstract: A presente pesquisa objetiva analisar a identidade surda pelos surdos participantes do projeto Ensino e Aprendizagem e Metodologias de Ensino para Surdos – EAMES e das famílias do projeto Sala de Aprendizagem Bilíngue-SAB, no sentido de negar ou aceitar a surdez e a Língua de Sinais - Libras. A motivação para o estudo surgiu, inicialmente, pela experiência minha com a comunidade surda de Viçosa/MG. Os participantes da pesquisa foram treze pessoas, sendo quatro surdos do projeto e seus respectivos familiares, além de seis membros das famílias de seis surdos do projeto SAB, já que os surdos participantes do projeto SAB são crianças, tornando inviável entrevistá-los visando obter as informações necessárias aos propósitos desta pesquisa. Em termos metodológicos, a pesquisa é do tipo qualitativa, constituída por um estudo de caso. Para a coleta de dados, utilizou-se entrevistas semiestruturadas, realizadas individualmente com os surdos e com o membro familiar mais próximo. Os dados revelaram que todas as famílias participantes da pesquisa desconheciam as especificidades da surdez e da língua de sinais, quando a surdez foi diagnosticada. Mesmo com a regulamentação da Língua Brasileira de Sinais, as famílias entrevistadas tinham poucos conhecimentos sobre suas particularidades. Entretanto, após o familiar surdo conhecer a Libras, ficou mais fácil aceitar a surdez. Os surdos entrevistados, por sua vez, conheceram a Libras na fase adulta. A maioria deles relatou situações de preconceitos decorrentes da surdez. Admitiram que mesmo conhecendo a Libras, ainda enfrentavam dificuldades de inserção na sociedade, dada aos problema de comunicação com os ouvintes. Em relação às identidades, dois dos surdos demostraram possuir inicialmente a identidade de transição, passando para o estágio da identidade surda propriamente dita. Os outros dois surdos possuíam a identidade de transição, porém apresentavam aspectos da identidade surda incompleta. Todos reconheceram que a Libras trouxe um novo significado para suas vidas. Em termos gerais, os surdos e suas famílias vivem em um contexto onde a negação e a aceitação da surdez estão relacionadas à interpelação do contexto inserido. Todos os sujeitos da pesquisa presumem que se a sociedade usasse a Libras como língua oficial do país, as experiências vivenciadas teriam uma conotação mais positiva.
The present research aims to analyze the deaf identity of the deaf participants in the project named Teaching and Learning and Teaching Methodology for Deaf - EAMES and the families of the Bilingual Learning Room Project (SAB), in the sense of denying or accepting deafness and the Sign Language. The motivation for the study arose, initially, from my experience with the deaf community in Viçosa / MG. Thirteen people participated to the interview: four deaf people from the project and their respective relatives as well as six members of the six deaf families from the SAB project, since the deaf participants in the SAB project are children, making it impossible to interview them in order to obtain the necessary information for the purposes of this research. In methodological terms, the research is characterized as qualitative type, constituted by a case study. For data collection, semi-structured interviews were used and conducted individually with the deaf and with the closest family member. The data revealed that all the families participating in the research did not know the specifics of deafness and Sign Language when deafness was diagnosed. Even with the regulation of the Brazilian Sign Language, the families interviewed had little knowledge about their particularities. However, after the deaf familiar knew the Libras, it became easier to accept the deafness. On the other hand, the deaf people interviewed met the Libras in adulthood. Most of them reported situations of prejudice due to deafness. They admitted that even knowing the Libras, still faced difficulties of insertion in the society, given the problem of communication with the listeners. In relation to the identities, initially, two of the deaf ones demonstrated to possess the transition identity, passing later to the stage of the deaf identity itself. The other two deaf individuals had the transition identity, but they had aspects of incomplete deaf identity. Everyone recognized that Libras brought new meaning to their lives. In general terms, the deaf and their families live in a context where denial and acceptance of deafness are related to the interpellation of the inserted context. All the subjects of the research presume that if the society used Libras as the official language of the country, their lived experiences would have a more positive connotation.
Palavras-chave: Surdos - Educação
Língua sinais
Surdez
Família
CNPq: Economia Doméstica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LEANDRO, LEANDRO. Socialização, inclusão e exclusão social e educacional dos surdos: um olhar sobre a identidade dos sujeitos participantes dos projetos EAMES e SAB.. 2017. 134 f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11648
Data do documento: 21-Jun-2017
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,32 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.