Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/11650
Tipo: Dissertação
Título: O processo de empoderamento da mulher rural e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): o caso de Viçosa-MG
The process of empowerment of rural women and the Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): the case of Viçosa-MG
Autor(es): Barbosa, Thaís Lopes
Abstract: O acesso a políticas públicas que, embora não tenham como objetivo central promover o empoderamento feminino, mas que possam favorecê-lo indiretamente, como é o caso do Pnae, é fundamental para que as agricultoras familiares percebam uma melhoria em sua qualidade de vida. Sendo assim, o empoderamento feminino no meio rural envolvendo uma política pública que incentiva a agricultura familiar é fundamental para o desenvolvimento territorial não só rural, mas também urbano. Procurou-se responder se: O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) influencia no processo de empoderamento das agricultoras familiares beneficiárias desse programa? Seu objetivo geral é analisar se e como o Pnae contribuiu para o processo de empoderamento das agricultoras familiares, e mais especificamente caracterizá-las socioeconomicamente, identificar e analisar as dimensões de empoderamento na vida das mesmas, verificando se houve mudanças após a participação no Pnae, analisar de que forma se dá a divisão sexual do trabalho das famílias em estudo, a partir da perspectiva das mulheres e comparar a realidade entre as agricultoras familiares beneficiárias e as não beneficiárias do Pnae. Esta pesquisa, analítico-descritiva, teve caráter quanti-qualitativo, o município de Viçosa foi selecionado para desenvolvimento da pesquisa a fim de analisar a realidade do programa em relação à temática de gênero em uma cidade da zona da mata mineira. As agricultoras familiares pesquisadas eram casadas, com idade média de 45 anos, grau de instrução até, no máximo, o ensino médio. Ao participarem do Pnae, elas tiveram melhorias na renda e, como consequência, no acesso a serviços de saúde, ao transporte e à educação. Embora a divisão de trabalho e, consequentemente, o poder entre os dois sexos não seja igualitário, a competência feminina no desempenho de determinadas tarefas a possibilita buscar seu reconhecimento e, consequentemente, sua posição social. As mulheres participantes do Pnae entendem a importância da participação social, principalmente para proporcionar o atendimento das demandas comunitárias e superar as desigualdades enfrentadas. Os resultados mostram que há uma divisão sexual do trabalho bem definida no meio rural. Esse aspecto ressalta a importância de se mudar a realidade da subordinação feminina, que já vem passando por transformações, mesmo que lentas.
The access to public policies that, although not aimed at promoting women’s empowerment, but which may favor it indirectly, as is the case with the Pnae, is fundamental for family farmers to perceive an improvement in their quality of life. Thus, the female empowerment in rural areas involving a public policy that encourages family farming is fundamental to the territorial development and eradication of hunger and poverty, not only rural but also urban poverty. Sought to answer if:: Does the National School Feeding Program (Programa Nacional de Alimentação Escolar-PNAE) influence the empowerment process of womens the family farmers who are beneficiaries of this program? And its general objective is to analyze how Pnae contributes to the process of empowering family farmers, and more specifically To characterize them socioeconomically, to identify and analyze the dimensions of empowerment in their lives, to verify if there were changes after participation in the Pnae, to analyze how the sexual division of the work of the families under study occurs, from the perspective of women and Comparing the reality between the beneficiary family farmers and the non-beneficiaries of the Pnae. This analytical-descriptive research had a quantitative-qualitative character. The city of Viçosa was selected for the development of the research, considering the feasibility, the farmers involved in the Pnae and in order to analyze the reality of the program in relation to the theme of gender in a city in the zone of the forest of Minas Gerais. The family farmer women surveyed were married, with an average age of 45 years, education level up to a maximum of high school. When they participated in the Pnae, they had improvements in income and, as a consequence, in access to health services, transportation and education. Although the division of labor and, consequently, power between the two sexes is not egalitarian, female competence in performing certain tasks enables it to seek its recognition and consequently its social position. The women participating in the PNAE understand the importance of social participation, mainly to meet the demands of the community and overcome the inequalities faced. The results show that there is a well-defined sexual division of labor in rural areas. This aspect highlights the importance of changing the reality of female subordination, which is already undergoing transformations, even if slow.
Palavras-chave: Mulheres
Políticas públicas
Agricultura familiar
CNPq: Administração Pública
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BARBOSA, Thaís Lopes. O processo de empoderamento da mulher rural e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): o caso de Viçosa-MG. 2017. 68f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11650
Data do documento: 17-Fev-2017
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo997,95 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.