Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/12182
Tipo: Artigo
Título: Avaliação da qualidade fisiológica de sementes de Anadenanthera peregrina (L.) Speg. durante o armazenamento
Autor(es): Pinho, Daniel Santos
Lima e Borges, Eduardo Euclydes de
Corte, Viviana Borges
Nasser, Luiz Carlos Bhering
Abstract: Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da temperatura de armazenamento na viabilidade e vigor de sementes de angico (A. peregrina). As sementes utilizadas neste estudo foram colhidas na região de Viçosa, MG, em setembro de 2005, e armazenadas em câmara fria no Laboratório de Análise de Sementes Florestais (LASF) da Universidade Federal de Viçosa (UFV) por 150 dias, em uma temperatura de aproximadamente 5 ºC. A partir daí, as sementes foram armazenadas a aproximadamente a 20 ºC por mais 150 dias. O teor de água das sementes foi determinado após a secagem em estufa a 105 ± 3 ºC por 24 h. As sementes foram analisadas, mensalmente, pelo teste de germinação, teste de tetrazólio, teste de condutividade elétrica e osmocondicionamento, durante os 300 dias de armazenamento e com quatro repetições de 25 sementes. As sementes de A. peregrina mantiveram as porcentagens de germinação e a porcentagem de sementes viáveis pelo teste do tetrazólio constantes por cinco meses de armazenamento, tanto a 5 ºC quanto a 20 ºC. O teste de condutividade elétrica apresentou diferenças significativas em relação ao período de armazenamento, sendo mais sensível que o teste de germinação-padrão. O osmocondicionamento das sementes em solução de PEG -0,4 MPa não foi eficiente na recuperação da viabilidade e vigor das sementes armazenadas tanto a 5 ºC quanto a 20 ºC.
The aim of this experiment was to evaluate the effect of storage temperature on the viability and vigour of A. peregrina seeds. Seeds of A. peregrina harvested in Viçosa-MG, in September 2005 were used. The seeds were stored in the Laboratory of Forest Seeds Analysis (LASF) of the Universidade Federal de Viçosa (UFV), in a cold chamber, under approximately 5ºC over150 days. The seeds were stored under 20ºC for 150 days more. Seed moisture was determined after oven-drying at 105 ± 3ºC for 24 hours. The seeds were analyzed monthly using germination, tetrazolium and electrical conductivity tests and Osmopriming during 300 days, with four repetitions of 25 seeds. A. peregrina seeds kept a constant percentage of germination and viable seeds under the tetrazolium test for five months of storage, under either 5ºC and 20ºC. The electrical conductivity test showed significant differences in relation to the storage period, proving to be more sensitive than the standard germination test. Seed priming in PEG -0,4 MPa solution was not efficient in recovering the viability and vigor of the stored seeds at 5ºC and 20ºC.
Palavras-chave: Angico
Viabilidade
Armazenamento
Editor: Revista Árvore
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622009000100004
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/12182
Data do documento: 26-Jan-2009
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
v33n1a04.pdftexto completo468,91 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.