Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1222
Tipo: Tese
Título: Tratamento antecipado de sementes de soja com fungicida, protetor celular e inoculante
Título(s) alternativo(s): Anticipated treatment of soybean seeds with fungicide, cell protector polymer and inoculant
Autor(es): Sediyama, Camilla Atsumi Zanuncio
Primeiro Orientador: Reis, Múcio Silva
Primeiro coorientador: Sediyama, Carlos Sigueyuki
Segundo coorientador: Piovesan, Newton Deniz
Primeiro avaliador: Alcântara Neto, Francisco de
Segundo avaliador: Pereira, Messias Gonzaga
Abstract: A utilização de sementes de alto vigor na implantação de uma lavoura de soja é essencial para o estabelecimento de uma população adequada de plantas. Nessa cultura, a fixação biológica de nitrogênio, por meio da simbiose soja-Bradyrhizobium spp, foi uma das grandes propulsoras da sojicultura em larga escala, no Brasil, propiciando redução significativa do custo de produção, pela substituição da adubação nitrogenada. A inoculação das sementes é realizada imediatamente antes da semeadura, sendo, frequentemente, descrita como uma atividade que reduz a eficiência dos trabalhos de semeadura pelo tempo despendido na operação. Por vezes, essa dificuldade tem sido responsável pela não utilização da inoculação na cultura por parte dos agricultores, com prejuízos à produtividade das lavouras. No entanto, o uso de polímero protetor celular pode ser uma forma de proteção das sementes durante a inoculação e também responsável pela sobrevivência das células bacterianas no período entre o tratamento das sementes até o plantio, eliminando a necessidade do plantio imediato das sementes inoculadas. Portanto, objetivou-se, neste trabalho, avaliar o número de unidades formadoras de colônias bacterianas, a germinação e o vigor das sementes de soja, a nodulação e o crescimento das plantas, o relacionamento entre os componentes da produção de sementes por planta, o teor de nitrogênio nas folhas e o número e a massa de nódulos por planta, sob a influência dos vários tratamentos derivados da combinação em fatorial, constituído das presenças ou ausências da aplicação de fungicida, do polímero protetor celular EnVigorTM, da inoculação com Bradyrhizobium japonicum e dos diferentes períodos de antecipação da aplicação desses produtos à data da semeadura. Sementes de soja da cultivar TMG 131 RR foram tratadas com o fungicida Derosal Plus® (carbendazim+thiram), o polímero protetor celular EnVigorTM, o inoculante turfoso Rizo-Plus, além de armazenadas em condição ambiente, em sacos de papel, por um período de zero, uma, duas e três semanas de antecipação ao plantio. Para o teste de unidades formadoras de colônias, foram utilizados 16 tratamentos em delineamento inteiramente casualizado com três repetições, constituídos pelo esquema fatorial 2x2x4 (fungicida x polímero x períodos (semanas) de antecipação da aplicação dos produtos à semeadura). Para os demais testes, o delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições e 32 tratamentos, constituídos pelo esquema fatorial 2x2x2x4 (fungicida x polímero x inoculante x períodos). Após o tratamento das sementes, foram colhidas amostras para a avaliação do número de unidades formadoras de colônias (UFC) por grama do inoculante aderido às sementes e, para a avaliação da qualidade fisiológica pelo teste de germinação (primeira contagem e final), envelhecimento acelerado, emergência em leito de areia e índice de velocidade de emergência. Em casa de vegetação, foram conduzidas duas plantas, em vasos de dois litros, contendo solo. No estádio R3, avaliaram-se o número e peso da matéria seca de nódulos por planta, peso da matéria seca por nódulo, teor de nitrogênio foliar, matéria seca da parte aérea e da raiz; no estádio R8, avaliaram-se o número de vagens por planta, número de sementes por vagem, peso de cem sementes e peso de sementes por planta. Os dados foram submetidos à análise de variância e de trilha, e os efeitos foram testados em α=0,05. Concluiu-se que a aplicação de fungicida e/ou de polímero e/ou de inoculante melhorou a germinação das sementes e a emergência das plântulas de soja em leito de areia. O tratamento das sementes de soja com polímero, com ou sem fungicida, aumentou o número médio de unidades formadoras de colônias em todos os períodos estudados, mantendo a viabilidade do produto até a semeadura. Sementes tratadas com fungicida apresentaram maior número de unidades formadoras de colônias e maior germinação que aquelas não tratadas, entretanto, à medida que houve aumento da antecipação da aplicação do fungicida, essa melhoria tendeu a desaparecer. A combinação fungicida e inoculante foi o tratamento que promoveu melhor desempenho das sementes no teste de envelhecimento acelerado, pois a inoculação reduziu a matéria seca de raiz, aumentou o teor de nitrogênio foliar e aumentou a produtividade. A aplicação de fungicida aumentou a matéria seca de raiz, enquanto a de polímero aumentou o tamanho de nódulos. O tratamento fungicida + inoculante reduziu o número e o acúmulo de matéria seca de nódulos no período zero. Entretanto, nos períodos de duas e três semanas de antecipação da aplicação dos produtos à semeadura, os melhores resultados foram observados nos tratamentos com inoculação, seguido de fungicida + inoculação. O peso da matéria seca de nódulos por planta é bom indicador da eficiência da nodulação. A inoculação resultou em maior número de vagens por planta, que se constituiu no componente de maior influência sobre a produtividade da soja. O tratamento polímero + inoculante, seguido do tratamento apenas inoculante, proporcionou maior acúmulo de matéria seca de nódulos quando comparado com os demais tratamentos, no período zero semana do tratamento ao plantio. Também proporcionou produtividade superior ao controle em todos os períodos de antecipação.
The utilization of high vigor seeds in the establishment of a soybean crop is essential for obtaining adequate plant population. In this crop, the biological nitrogen fixation through soybean-Bradyrhizobium symbiosis was a major driving force for large-scale cultivation of this crop in Brazil by replacing the mineral N fertilization and providing a significant reduction of production cost. The inoculation procedure is performed just before the sowing. It is frequently described as an action that reduces the efficiency of sowing operation due to the time expended. In some instances, this difficulty has been responsible for no inoculation by the farmers, with losses in productivity. However, the use of cell protector polymer can be a form of protection during the inoculation of bacteria and also extends the period of survival of bacterial cells between seed treatment and sowing, eliminating the immediate sowing of seeds inoculated. Therefore, the objective of this work was to evaluate number of colony- forming units of bacteria, the germination and vigor of soybean seeds, the nodulation and growth plants, the interrelationship of the components of seed yield per plant, the nitrogen content in leaves and the number and weight of nodules per plant under the influence of the various treatments derived from the factorial combination consisting of the presence or absence of application of fungicides, EnVigorTM cell protector polymer, inoculation with Bradyrhizobium japonicum, and four periods of application of these treatments before sowing. Soybean seeds from cultivar TMG 131 RR were treated with the Derosal Plus® fungicide (carbendazim + thiram), EnVigorTM cell protector polymer, RizoPlus peat inoculants, and stored at environmental conditions in paper bags for a period of zero, one, two and three weeks before sowing. To evaluate the number of colony-forming units, a completely randomized experimental design with three replications and 16 treatments in a 2x2x4 factorial (fungicide x polymer x periods in anticipation of the application of products to sowing) was used. For the evaluation of other traits, the experimental design was randomized blocks with four replications and 32 treatments in a factorial 2x2x2x4 (fungicide x polymer x inoculation x periods). After seed treatment, colony-forming units (CFU) per gram of inoculant on seeds and the seed physiological quality by the germination test (first and final counting), accelerated aging test, emergence and emergence speed rate of seedlings in the sand bed were evaluated. In a greenhouse two plants were raised in a two-liter vessel each containing soil. At the R3 stage, the number and dry matter weight of nodules per plant, dry matter weight per nodule, nitrogen rate in the leaves, aerial part and root system dry matter weight were evaluated; at the R8 stage, number of pods per plant, number of seeds per pod, weight of hundred seeds and seed weight per plant were evaluated. The data were submitted to the analysis of variance, path analysis and the effects were tested at α=0.05. It was concluded that there was improvement in germination and emergence of seedlings with the application of any product, either alone or combined. The use of polymer, with and without fungicide, increased the average number of colony-forming units in all studied period, maintaining the viability of the product until the sowing date. Seeds with fungicide had higher number of colony-forming units and germination than those without treatment; however, with increased anticipation of product application, the improvement in the germination tended to disappear. Seeds inoculated and treated with fungicide was the best treatment on the accelerated aging test. Inoculation decreased the root dry matter, increased nitrogen rate in the leaves and increased productivity. Fungicide application increased the root system dry matter weight, while the application of polymer increased the size of the nodules. The fungicide + inoculation treatment reduced the number and dry matter accumulation of nodules in the zero period. However, in periods of two and three weeks in anticipation of the application of the products of sowing, the best results were observed with inoculation, followed by fungicide + inoculation treatment. The dry matter weight of nodules per plant is a good indicator of the efficiency of nodulation. The inoculation resulted in higher number of pods per plant, which is the component of greatest influence on soybean productivity. Polymer + inoculation treatment, followed by inoculation alone treatment provided a higher dry matter accumulation of nodules when compared with other treatments in period zero. This treatment also provided higher productivity than the control in all periods of anticipation to sowing.
Palavras-chave: Glycine max
Sementes
Vigor
Produtividade
Análise trilha
Inoculante
Glycine max
Seeds
Force
Productivity
Track analysis
Inoculant
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: SEDIYAMA, Camilla Atsumi Zanuncio. Anticipated treatment of soybean seeds with fungicide, cell protector polymer and inoculant. 2012. 92 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1222
Data do documento: 28-Fev-2012
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.