Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/12330
Tipo: Artigo
Título: Avaliação do impacto do fogo no estrato de regeneração em um trecho de Floresta Estacional Semidecidual em Viçosa, MG
Autor(es): Camargos, Virgínia Londe de
Martin, Sebastião Venâncio
Ribeiro, Guido Assunção
Silva Carmo, Flávia Maria da Silva
Silva, Alexandre Francisco da
Abstract: Este estudo foi realizado em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual pertencente à Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais (20º35'-28º50'S e 42º45'-43º00'W), onde foram instaladas 10 parcelas de 5 x 5 m interdistantes 1 m. Realizou-se a queima controlada nas parcelas utilizando a técnica do fogo a favor do vento e obedecendo ao sentido do aclive do terreno. Caracterizou-se florística e estruturalmente o estrato de regeneração natural antes e depois do fogo. O levantamento foi feito no canto superior direito de cada parcela, com o auxílio de um quadro de madeira de 1 x 1 m trançado com elástico em intervalos de 10 cm, formando uma rede para mapeamento dos indivíduos amostrados em dois períodos distintos: antes do tratamento com o fogo e dois anos após. Foram amostradas nos dois inventários 24 espécies, pertencentes a 12 famílias. As famílias com maior riqueza específica foram: Rubiaceae (6), Fabaceae (4) e Myrtaceae (4). A similaridade florística foi de 35%, sendo as espécies Sorocea bomplandii, Psychothria sessilis e Anadenanthera macrocarpa com maior valor de cobertura. Não houve redução significativa na densidade das espécies entre as amostragens, mas, sim, no índice de diversidade de Shannon. Os indivíduos amostrados eram de vegetação arbustiva e arbórea, sendo a rebrota mecanismo-chave na regeneração do fragmento.
This study was carried out in a fragment of a Seasonal Semideciduous Forest, which belongs to the Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brazil (20º35'-28º50'S e 42º45'-43º00'W), where ten 5 x 5m plots, 1m away from each other, were set up. A controlled burning was performed on the plots, following the wind-driven fire technique, according to the slope orientation. The natural regeneration layer was floristically and structurally characterized before and after the fire. The floristic survey was performed on the upper right corner of each plot aided by a 1 x 1m wooden square strung with rubber bands each 10cm, making up a net for mapping the sampled individuals in two distinct periods; before fire treatment and then two years after that. Twenty four species and 12 families were sampled for both inventories. The families with greater species richness were: Rubiaceae (6), Fabaceae (4) e Myrtaceae (4). The floristic similarity found was 35% and the species with higher cover value were: Sorocea bomplandii, Psychothria sessilis, and Anadenanthera macrocarpa. There was no meaningful reduction in the species density between the samplings, the same cannot be considered for the Shannon diversity index. The individuals sampled belonged to shrubby or woody vegetation, with resprouting being the key mechanism for this fragment regeneration.
Palavras-chave: Ecologia do fogo
Regeneração pós-fogo
Restauração ecológica
Editor: Revista Árvore
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622010000600011
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/12330
Data do documento: 25-Ago-2010
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
a11v34n6.pdfTexto completo220,93 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.