Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1243
Tipo: Tese
Título: Da cozinha para o campo: potencial de óleos essenciais de condimentos para o controle de lepidópteros e a seletividade sobre o seu predador
Título(s) alternativo(s): From the kitchen to the field: the potential of essential oils from spices to control lepidopteran and selectivity on its predator
Autor(es): Ribeiro, Rafael Coelho
Primeiro Orientador: Zanuncio, José Cola
Primeiro coorientador: Lemos, Walkymário de Paulo
Segundo coorientador: Zanuncio, Teresinha Vinha
Primeiro avaliador: Lino Neto, José
Segundo avaliador: Araújo, Jackson Victor de
Terceiro avaliador: Silva, Ita de Oliveira e
Quarto avaliador: Ribeiro, Genésio Tâmara
Abstract: Anticarsia gemmatalis Hubner e Spodoptera frugiperda J.E. Smith (Lepidoptera: Noctuidae), insetos polífagos, que danificam plantas de importância econômica no Brasil são controladas por uma ampla variedade de inseticidas químicos. O objetivo desse estudo foi verificar a eficiência de controle de produtos alternativos sobre ovos, imaturos, pupas e adultos de A. gemmatalis e S. frugiperda e o efeito letal sobre seu percevejo predador, Podisus nigrispinus (Dallas) (Heteroptera: Pentatomidae). Os experimentos foram realizados no Laboratório de Controle Biológico (LCBI) e em casa- de-vegetação do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa (UFV) em Viçosa, Minas Gerais. Indivíduos das espécies-praga, A. gemmatalis e S. frugiperda e do percevejo predador, P. nigrispinus foram obtidos da criação massal do LCBI da UFV. Ovos, lagartas de terceiro estádio e pupas de A. gemmatalis e S. frugiperda foram expostos aos concentrados de 1, 5, 10, 15 e 20% (v/v) dos óleos essenciais e produtos comerciais para se obter os valores de CL50 e CL90, necessários para os índices de toxicidade relativa (TXR50) e tolerância relativa (TLR50). A toxicidade aguda (72 horas) de ninfas e adultos (machos e fêmeas) de P. nigrispinus, expostos aos mesmos concentrados dos tratamentos (óleos essenciais e produtos comerciais), nas mesmas condições (aplicação tópica e contato) que os bioensaios com as espécies-praga foram mensuradas e utilizadas nos índices de TXR90, TLR90 e de susceptibilidade relativa (SLR90) entre as espécies-praga e o predador. Plantas pulverizadas e discos foliares de soja Glycine max (L.) (Fabaceae) imersos em caldas da CL25 dos tratamentos (obtidas no ensaio de toxicidade), para avaliar a repelência de oviposição de fêmeas e a deterrência alimentar para lagartas de A. gemmatalis, respectivamente. Os óleos essenciais de tomilho e de menta foram mais tóxicos para ovos de S. frugiperda, o óleo de alho e o emulsionável de nim foram tóxicos para ovos de ambas as espécies-praga. A maior eficiência de controle foi observada com os óleos essenciais de alho, canela, cravo e orégano, com alimento contaminado em lagartas de terceiro estádio de A. gemmatalis (lagarta-da-soja) e de S. frugiperda (lagarta-do-cartucho-do-milho). A maioria dos óleos essenciais proporcionou mortalidade semelhante em pupas desses lepidópteros. Os óleos essenciais de alho, orégano e o emulsionável de nim foram mais eficientes para as lagarta-da-soja e a lagarta-do-cartucho-do-milho nos métodos de exposição tópico e contato, com valores menores de toxicidade relativa (TXR90) em relação ao produto químico sintético. O inseticida químico de deltametrina e os óleos de tomilho, gengibre e o nim, apresentaram maior periculosidade ao percevejo, especialmente as ninfas e machos desse predador. Em concentrações subletais (CL25) os óleos essenciais de canela, cravo, gengibre, menta e tomilho exibiram alta atividade repelente de oviposição (IDO > 80%) de A. gemmatalis. Os efeitos de deterrência alimentar moderado (IDA > 50%) da lagarta-da-soja foram atribuídos aos óleos essenciais de alho, canela, menta e tomilho. Assim, o óleo essencial de alho foi o mais eficiente contra as espécies-praga A. gemmatalis e S. frugiperda e altamente seletivo para P. nigrispinus; em concentrações subletais reduzem a alimentação de lagartas e a oviposição de fêmeas de A. gemmatalis e, por isso, tem potencial para serem utilizados no Manejo Integrado ou Ecológico de Pragas.
Anticarsia gemmatalis Hubner and Spodoptera frugiperda (JE Smith) (Lepidoptera: Noctuidae), polyphagous insects that damage plants of economic importance in Brazil and are controlled by a wide variety of chemical insecticides. The aim of this study was to verify the effectiveness of alternative control on eggs, immatures, pupae and adults of A. gemmatalis and S. frugiperda, and lethal effect on the stink bug predator Podisus nigrispinus (Dallas) (Heteroptera: Pentatomidae). The experiments were carried out in the Laboratory of Biological Control of Insects (LBCI) and greenhouse of Department of Plant Science of the Federal University of Viçosa (UFV) in Viçosa, Minas Gerais. Individuals of A. gemmatalis, S. frugiperda and adult the predator, were obtained from the mass rearing of LCBI of UFV. Eggs, larvae (third instar) and pupae of S. frugiperda and A. gemmatalis were exposed to concentrations to 1, 5, 10, 15 and 20% (v/v) essential oils and commercial products to obtain the values LC50 and LC90 needed for indices of relative toxicity (TXR50) and relative tolerance (TLR50). Acute toxicity (72 hours) of nymphs and adults (males and females) of the predator P. nigrispinus were exposed on the same treatments (essential oils and commercial products), under the same conditions (contact and topical application) described above for pest species, were measured and used the indices of TXR90, TLR90 and relative susceptibility (SLR90) between predator and pest species. Soybean Glycine max (L.) (Fabaceae) plants were treated, and the leaf discs were immersed in the LC25 treatments (obtained in toxicity test) to evaluate the repellency of egg laying and deterrence food for caterpillars of A. gemmatalis respectively. The essential oils of thyme and mint were more toxic to eggs of S. frugiperda, garlic oil and neem emulsible were toxic for eggs of both species. The higher control efficiency was observed with the essential oils of garlic, cinnamon, clove and oregano with contaminated food in third instar larvae of A. gemmatalis (velvetbean moth) and S. frugiperda. (fall armyworm). Most of the essential oils had a similar mortality in pupae of lepidopterans evaluated. The essential oils of garlic, oregano and emulsible neem were more efficient for the velvetbean moth and fall armyworm in the methods of topical and contact exposure with lower relative toxicity values (TXR90) compared to synthetic chemical. The chemical insecticide deltamethrin and oils of thyme, ginger and neem had greater danger to the males and nymphs of the stink bug. Sublethal concentrations (CL25) essential oils of cinnamon, clove, ginger, mint and thyme exhibited high repellency of egg laying (ODI > 80%) of A. gemmatalis. The effects of moderate feed deterrence (ADI > 50%) of the velvetbean moth were attributed to essential oils of garlic, cinnamon, mint and thyme. Thus, the essential oil of garlic was the most effective against the pest species A. gemmatalis and S. frugiperda and highly selective for the predator; at sublethal concentrations reduce feeding caterpillars and egg laying of females of A. gemmatalis and therefore has potential for use in Integrated Pest Management and Ecological.
Palavras-chave: Lepidoptera - Controle biológico
Controle alternativo
Proteção de plantas
Óleos essenciais
Manejo integrado de pragas
Lepidoptera - Biological Control
Alternative control
Protection of plants
Essential oils
Integrated pest management
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: RIBEIRO, Rafael Coelho. From the kitchen to the field: the potential of essential oils from spices to control lepidopteran and selectivity on its predator. 2014. 101 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1243
Data do documento: 17-Fev-2014
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf776,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.