Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1263
Tipo: Tese
Título: Desenvolvimento das plantas, ocorrência de insetos, produção e conservação de frutos de goiabeiras sob adubações orgânica e mineral
Título(s) alternativo(s): Plant development, insect incidence, fruit yield and conservation of guava fruits under organic and mineral fertilization
Autor(es): Trivellato Barrantes, Maria Dalva
Primeiro Orientador: Freitas, Gilberto Bernardo de
Primeiro coorientador: Ribeiro Junior, José Ivo
Primeiro avaliador: Sediyama, Maria Aparecida Nogueira
Segundo avaliador: Lima, Eraldo Rodrigues de
Terceiro avaliador: Araújo, Roberto Fontes
Abstract: Foi avaliada a influência de adubos minerais e de composto orgânico sobre o desenvolvimento de goiabeiras, produção de frutos, ocorrência de insetos e conservação pós-colheita dos frutos. Também foi estudado o efeito de doses de adubos minerais (sulfato de amônio e cloreto de potássio) e de composto orgânico pelo fornecimento de proporções da dose recomendada (um terço, uma vez e o triplo) de nutrientes para a cultura da goiabeira. O experimento, em delineamento de blocos casualizados com sete tratamentos, em esquema fatorial [(2x3)+1], foi estabelecido no Pomar Experimental da Universidade Federal de Viçosa, com goiabeiras da cultivar Pedro Sato. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao desdobramento da interação para estudar as proporções das doses dentro de cada tipo de adubo, por meio de análise de regressão, cujos coeficientes foram testados pelo teste t e, para comparar as médias dos tipos de adubo dentro de cada proporção de dose utilizou-se o teste F, a 5% de significância. No estudo da conservação pós-colheita, aplicou-se teste F para verificar a igualdade dos modelos de regressão das perdas de massa fresca dos frutos em função do tempo de armazenamento. Plantas adubadas com composto orgânico e com adubo mineral em doses equivalentes não diferiram quanto ao desenvolvimento vegetativo. Doses de adubo mineral superiores a 1,65 vez a dose recomendada para a cultura prejudicaram o desenvolvimento das plantas, enquanto que doses de composto orgânico proporcionaram aumento linear do desenvolvimento e o triplo da dose não se mostrou prejudicial. A produção de frutos foi similar em goiabeiras adubadas com composto orgânico e adubo mineral. Somente quando se utilizou um terço da dose dos adubos, o composto orgânico propiciou menor produção de frutos. Doses de adubo mineral superiores a 1,82 vez a dose recomendada para a cultura afetaram negativamente a produção de frutos. O aumento das proporções das doses de nutrientes na forma de composto orgânico propiciou aumento linear da produção e não foi verificado efeito prejudicial da dose tripla. A ocorrência de tripes, pulgões, inimigos naturais e total de insetos fitófagos não diferiu com as fontes e doses de adubação proporcionadas às plantas. Goiabeiras adubadas com o triplo da dose de adubo mineral abrigaram maior número de lagartas-dos-ponteiros do que as que receberam dose equivalente de composto orgânico. Danos ocasionados por psilídeo não foram influenciados pelo tipo de adubo, mas responderam às proporções das doses aplicadas de adubo mineral e de composto orgânico. Maiores extensões de danos foram verificadas com 1,83 vez a dose recomendada de adubo mineral e com 1,66 vez a dose de composto orgânico recomendada para a cultura. Foi verificada maior perda de massa fresca em frutos provenientes de plantas que receberam adubo mineral do que em frutos colhidos de plantas adubadas com composto orgânico. De acordo com esses resultados, o composto orgânico apresenta alto potencial para ser utilizado como fonte única de adubação na cultura da goiabeira.
The influence of mineral fertilizers and organic compost on the development of guava trees, fruit yield, insect incidence and fruit post-harvest conservation was evaluated. Also, the effects of different doses of mineral fertilization (ammonium sulphate and potassium chloride) and organic compost was studied by supplying proportions of the recommended dose (one third, total and the triple) of nutrients for the cultivation of guava. The experiment was established in the Experimental Orchard of the Federal University of Viçosa, using plants of cultivar Pedro Sato, in a randomized block design, using a [(2x3)+1] factorial scheme, with seven treatments. Data were examined by variance analysis and by unfolding of the interaction to study the dose proportions within each type of fertilizer, through regression analysis. The regression coefficients were tested by the t-test, and F-test was used to compare the means of fertilizers within each proportion of dose, at 5% significance. The F-test was also used to verify the equality of the regression models for fresh mass losses of fruits as a function of storage time, in the study of post-harvest conservation. Plants fertilized with organic compost and with mineral fertilizer in equivalent doses showed no differences in vegetative development. Doses of mineral fertilizer 1.65 time above the recommended dose for the culture damaged plant development, whereas the dose of organic compost provided linear increase of the development and the triple dose was not shown harmful. Fruit yield was similar for plants fertilized with organic compost and mineral fertilizer. The organic compost gave smaller fruit yield only when one third of the fertilizer dose was used. Doses of mineral fertilizer 1.82 time above the recommended doses for the culture affected fruit yield negatively. The increase in dose proportions in the form of organic compost provided linear increase in yield and no harmful effect was found for the triple dose. The occurrence of thrips, aphids and natural enemies and total phytophagous insects did not differ with the sources and doses of fertilizer applied to the plants. Guava trees fertilized with the triple dose of mineral fertilizer sheltered larger numbers of sprout caterpillars than those that received the equivalent dose of organic compost. Damages caused by Triozoida sp. were not affected by the type of fertilizer, but responded to the proportions of the applied mineral fertilizer and organic compost doses. Larger sizes of damages were found with 1.83 time above the recommended dose of mineral fertilizer and with 1.66 time above the dose of organic compost recommended for the culture. Greater fresh mass loss was found in fruits from plants with mineral fertilization than in fruits from plants fertilized with organic compound. The results showed that organic compost has high potential to be used as the only source of fertilization in guava culture.
Palavras-chave: Goiaba
Qualidade de frutos
Fruticultura orgânica
Psidium guajava
Guava
Fruit quality
Organic agriculture
Psidium guajava
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: TRIVELLATO BARRANTES, Maria Dalva. Plant development, insect incidence, fruit yield and conservation of guava fruits under organic and mineral fertilization. 2006. 82 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1263
Data do documento: 20-Out-2006
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf311,01 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.