Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/12878
Tipo: Dissertação
Título: História natural de Antilophia galeata (Lichtenstein, 1823) (Aves: Pipridae) com ênfase na sua biologia reprodutiva
Natural history of Antilophia galeata (Lichtenstein, 1823) (Aves: Pipridae) with emphasis on its reproductive biology
Autor(es): Marçal, Bráulio de Freitas
Abstract: Antilophia galeata é uma espécie endêmica do Cerrado, uma província biogeográfica altamente ameaçada pela ação antrópica. A história natural da espécie é ainda mal conhecida, especialmente no tocante à sua biologia reprodutiva e comportamento de corte, com informações superficiais e baseadas em uma baixa amostragem. O presente estudo visa descrever de forma detalhada a biologia reprodutiva da espécie, seu comportamento de corte e determinar a área de vida no período reprodutivo. Os estudos foram conduzidos na Universidade Federal de Viçosa - Campus Florestal (CAF), em um fragmento florestal de aproximadamente 180 ha localizado em uma área de transição entre Mata Atlântica e Cerrado. Indivíduos machos e fêmeas foram capturados em rede de neblina e anilhados com anilhas metálicas e uma sequência única de anilhas coloridas. Um total de 38 indivíduos foram anilhados, sendo encontrados 11 ninhos, seis dos quais puderam ser monitorados em atividade. Os ninhos encontrados são similares aos descritos para a família Pipridae, sendo do tipo cesto baixo/forquilha, com uma camada decorativa externa. O tamanho da ninhada foi de dois ovos por ninho, com período de incubação de aproximadamente 20 dias e período de ninhegos de até 18 dias. Todo o processo de construção, incubação e cuidados com a prole foram exclusivamente executados pelas fêmeas. A espécie nesse estudo não se mostrou territorialista no período reprodutivo como descrito na literatura, demonstrando ser uma espécie promíscua com comportamento de corte em leks, onde os machos se exibem para as fêmeas em forma de perseguições, ocupando extensas áreas para tal exibição. Foram mensuradas áreas de vida de 12 indivíduos, com média de 9 ha calculado pelo método Kernel e 5,8 ha pelo Mínimo Polígono Convexo. Algumas áreas de vida se estenderam por mais de 20 ha, com extrema sobreposição entre elas. O presente estudo contribui de forma significativa para a história natural da espécie, pois até então essa era considerada como apresentando um comportamento reprodutivo monogâmico e territorialista, com áreas de vida inferiores a 3 ha.
Antilophia galeata is an endemic species of the Cerrado, a biogeographic province highly threatened by anthropic action. The natural history of the species is still poorly known, especially in terms of its reproductive biology and courtship behavior, and the available information is scarce and based on small samples. This study aims to describe in detail the reproductive biology of the species, its courtship behavior and determine its home range during the reproductive period. The studies were conducted at the Universidade Federal de Viçosa - Campus Florestal (CAF), in a forest fragment of about 180 ha located in a transitional area between the Atlantic Forest and the Cerrado. Males and females were mist-netted and banded with metal band and a unique sequence of colored bands. A total of 38 individuals were banded and 11 nests were found, six of which could be monitored in activity. The nests found are similar to those described for the Pipridae family, being of the low cup/fork type, with an external decorative layer. The clutch size is two eggs, with an incubation period of approximately 20 days and nestling period of up to 18 days. The whole process of building, incubating and caring for the nestlings are exclusively performed by the females. The species did not show territorial behavior during the reproductive period as described in the literature, proving to be a promiscuous species with courtship behavior in leks, whit the males exhibit themselves to the females in the form of chasings across extensive areas. Home ranges of 12 individuals were estimated, with a mean of 9 ha calculated by the Kernel and 5.8 ha by the Minimum Convex Polygon. Some home ranges extended over 20 ha, with large overlap between them. The present study contributes significantly to the natural history of the species, which was until now considered monogamous, territorialist, and with home range areas smaller than 3 ha.
Palavras-chave: Antilophia galeata
Aves
Biologia reprodutiva
História natural
Área de vida
CNPq: Biologia Geral
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MARÇAL, Bráulio de Freitas. História natural de Antilophia galeata (Lichtenstein, 1823) (Aves: Pipridae) com ênfase na sua biologia reprodutiva. 2017. 39f. Dissertação (Mestrado em Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários) - Universidade Federal de Viçosa, Florestal. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/12878
Data do documento: 29-Ago-2017
Aparece nas coleções:Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários - CAF

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,91 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.