Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/13912
Tipo: Artigo
Título: Avaliação de métodos de estimativa da evapotranspiração de referência para três localidades no norte de Minas Gerais
Autor(es): Alencar, Leonidas Pena de
Sediyama, Gilberto Chohaku
Wanderley, Henderson S.
Almeida, Thomé Simpliciano
Delgado, Rafael Coll
Abstract: No presente trabalho objetivou-se realizar o estudo comparativo dos métodos de estimativa da evapotranspiração de referência de Blaney Criddle, Hargreaves-Samani, Priestley-Taylor e Radiação com o método padrão Penman-Monteith (FAO 56) para as condições climáticas dos municípios de Montes Claros, Espinosa e Salinas, localizados no Norte de Minas Gerais. Foi utilizado um conjunto de dados diários de 10 anos (1996 a 2005) das temperaturas máximas e mínimas, velocidade do vento, insolação e umidade relativa do ar. Para comparar os valores de ETo estimados por meio das equações empíricas com os do método padrão universal de Penman-Monteith (FAO 56), foram considerados os parâmetros a e b da equação de regressão, o coeficiente de determinação (R²) e de correlação de Pearson (r), o erro absoluto médio (EAM), a raiz do erro quadrático médio (REQM), o índice de concordância de Willmott(d) e o índice de confiança ou desempenho (c). Os métodos foram avaliados para duas estações do ano, uma de baixa demanda evaporativa para os meses de abril a setembro e outra de alta demanda entre outubro e março. Em ambos os casos, os métodos de Blaney Criddle e o de Priestley Taylor apresentaram os melhores resultados na estimativa da ETo. O método de Hargreaves-Samani apresentou o pior desempenho para as condições climáticas estudadas.
The objective of this study was to compare the methods of Blaney Criddle, Hargreaves-Samani, Priestley-Taylor and Radiation with the standard method Penman-Monteith (FAO 56), to estimate evapotranspirtaion under the climatic conditions of Montes Claros, Espinosa and Salinas, located in the northern Minas Gerais. Analysis was done using 10 years (1996 to 2005) daily data regarding maximum and minimum temperatures, wind speed, sunshine and relative humidity. To compare the ETo estimated by using empirical equations with the standard method of Penman-Monteith (FAO 56) the following parameters were used: ‘a’ and ‘b’ of the regression equation, coefficient of determination (R2), correlation coefficient (r), the mean absolute error, root mean square error, the agreement index and the confidence or performance index. The methods were evaluated for two seasons, during low evaporative demand in the months of April to September, and high demand during October to March. In both seasons, the methods of Blaney and Criddle Priestley Taylor proved to be more precise. The method of Hargreaves-Samani was unsatisfactory under the weather conditions studied.
Palavras-chave: Blaney Cridlle
Hargreaves-Samani
Penman–Monteith
Priestley-Taylor
Modelos empíricos
Radiação
Editor: Engenharia na Agricultura
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/260
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/13912
Data do documento: 25-Abr-2011
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
260-1386-1-PB.pdftexto completo380,36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.