Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1396
Tipo: Tese
Título: Repetibilidade de caracteres de fruto, estabilidade fenotípica e divergência genética em cultivares de pessegueiro
Título(s) alternativo(s): Repeatability of fruit traits, phenotypic stability and genetic divergence in peach cultivars
Autor(es): Matias, Rosana Gonçalves Pires
Primeiro Orientador: Bruckner, Claudio Horst
Primeiro coorientador: Silva, Danielle Fabíola Pereira da
Segundo coorientador: Carneiro, Pedro Crescêncio Souza
Primeiro avaliador: Santos, Carlos Eduardo Magalhães dos
Segundo avaliador: Albuquerque, Alejandra Semiramis
Abstract: Objetivou-se avaliar as relações entre caracteres de fruto de cultivares de pessegueiro e nectarineira, bem como seus efeitos diretos e indiretos, mediante análise de trilha, sobre os teores de ácido ascórbico e de carotenoides, estimar o número de frutos e de anos necessários para predizer o valor real das cultivares com base em 14 caracteres de fruto, avaliar a presença de interação entre genótipos e anos, bem como a estabilidade quanto à massa de fruto, relação SS/AT e duração de ciclo, e a diversidade genética de cultivares de pessegueiro e nectarineira cultivadas na região de Viçosa-MG. O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Análise de Fruta do Departamento de Fitotecnia, da Universidade Federal de Viçosa, avaliando-se 28 cultivares de pessegueiro e duas cultivares de nectarineira, pertencentes à coleção do pomar da UFV. As características avaliadas foram massa de fruto (MF), cor de casca e de polpa (coordenada b* e ângulo hue - °h), diâmetros sutural (DS), equatorial (DE) e polar (DP), firmeza (FIR), teor de sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), relação SS/AT, teores de ácido ascórbico (AA) e de carotenoides (CT) e duração de ciclo (DC). Os resultados indicam que as maiores correlações são entre as características MF, DS, DE e DP e entre teor de carotenoides e °h da polpa e que a tonalidade da cor amarela da polpa está associada ao teor de carotenoides, apresentando potencial para ser utilizada na seleção indireta desta característica. Quatro frutos são suficientes para predizer o valor real dos indivíduos com 80% de acurácia com relação à massa de fruto, diâmetros sutural, equatorial e polar, firmeza, teor de sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), relação SS/AT, teores de ácido ascórbico e de carotenoides, b* da casca, °h da casca, b* da polpa e °h da polpa, e com quatro anos de avaliação, é possível predizer o valor real dos indivíduos com 80% de acurácia com relação às 14 características de fruto avaliadas no presente trabalho. Foi constatada interação cultivares x anos em relação à massa de fruto, relação SS/AT e duração de ciclo. Nenhuma das cultivares apresentou adaptabilidade geral para a região de Viçosa-MG quanto às três características avaliadas. Josefina‟ apresentou adaptabilidade geral para relação SS/AT, e Flordaprince‟ e Tropical‟ para duração de ciclo. Para ambientes favoráveis são indicadas as cultivares Capdebosq‟ e Maciel‟ quanto à massa de fruto, e Coral‟ e Talismã‟ quanto à relação SS/AT. Rubimel‟ é indicada para ambiente desfavorável com relação à massa de fruto. A diversidade genética existente nas cultivares de pessegueiro possibilitou a formação de sete, seis e seis grupos distintos nos ciclos de 2011, 2012 e 2013, respectivamente. Massa de fruto, °h da casca, °h da polpa e firmeza são as características que mais contribuíram para a diversidade genética das cultivares de pessegueiro e nectarineira. Maior divergência genética foi observada entre Marli‟ e Rubrosol‟, Josefina‟ e Maciel‟, e Maciel‟ e Rubrosol‟ nos anos de 2011, 2012 e 2013, respectivamente.
This study aimed to assess the relationships among traits of peach and nectarine fruit, as well as its direct and indirect effects through path analysis on the concentration of ascorbic acid and carotenoids. There were estimated the number of fruits and years required to predict the real value of cultivars based on 14 fruit traits, the presence of interaction between genotypes and years; as well as stability to the fruit weigth, SS/TA ratio and cycle duration, and genetic diversity of peach and nectarine cultivars grown in Viçosa-MG. The work was developed in the Department of Plant Science, Universidade Federal de Viçosa, evaluating 28 cultivars of peach and two of nectarine. The traits evaluated were skin and pulp color (coordinate b* and hue angle - °h), fruit weight (FW), suture (SD), equatorial (ED) and polar (PD) diameters, firmness, soluble solids content (SS), titratable acidity (TA), SS/TA ratio, concentration of ascorbic acid and carotenoids, and cycle duration. The results indicate that the highest correlations are between the FW, SD, ED and PD characteristics and between carotenoids content and °h of pulp and hue of yellow flesh color is associated with the carotenoids content, with potential to be used in the selection indirect this characteristic. Four fruits of peach and nectarine trees are sufficient to predict the actual value of individuals with 80% accuracy with respect to fruit weight, suture, equatorial and polar diameters, firmness, soluble solids (SS), titratable acidity (TA), SS/TA ratio, ascorbic acid and carotenoids, b* of skin, °h of skin, b* of pulp and °h of pulp, and with four years of evaluation, it is possible to predict the actual value of individuals with 80% of accuracy with respect to 14 fruit characteristics evaluated in this study. Interaction cultivars x years in relation to fruit weight, SS/TA ratio and cycle duration was observed. None of the cultivars showed high adaptability to Viçosa-MG on the three evaluated traits. 'Josefina' showed the general adaptability for SS/TA ratio, and 'Flordaprince' and 'Tropical' for cycle duration. To favorable environments there are indicated the cultivars 'Capdebosq' and 'Maciel' for fruit weigth, and 'Coral' and 'Talismã' for SS/TA. 'Rubimel' is adaptable for unfavorable environment with respect to fruit weight. The genetic diversity existing in peach cultivars enabled the formation of seven, six and six distinct groups in cycles of 2011, 2012 and 2013, respectively. Fruit weight, °h of skin, °h of pulp and firmness are the characteristics that most contributed to the genetic diversity of peach and nectarine cultivars. Greatest genetic divergence was observed between 'Marli' and 'Rubrosol', 'Josefina' and 'Maciel', and 'Maciel' and 'Rubrosol' in the years 2011, 2012 and 2013, respectively.
Palavras-chave: Pêssego - Melhoramento genético
Prunus persica
Diversidade genética
Peach - Genetic improvement
Prunus persica
Genetic diversity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::MELHORAMENTO VEGETAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me
Programa: Doutorado em Genética e Melhoramento
Citação: MATIAS, Rosana Gonçalves Pires. Repeatability of fruit traits, phenotypic stability and genetic divergence in peach cultivars. 2014. 93 f. Tese (Doutorado em Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1396
Data do documento: 29-Abr-2014
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf596,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.