Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1432
Tipo: Tese
Título: Fungos nematófagos predadores no controle de ancilostomatídeos de cães
Título(s) alternativo(s): Nematode-trapping fungi in the control of dog s hookworms
Autor(es): Maciel, Alessandro Spalenza
Primeiro Orientador: Araújo, Jackson Victor de
Primeiro coorientador: Freitas, Leandro Grassi de
Segundo coorientador: Campos, Artur Kanadani
Primeiro avaliador: Rodrigues, Maria de Lurdes de Azevedo
Segundo avaliador: Furlong, John
Abstract: Os nematóides do gênero Ancylostoma são endoparasitas cosmopolitas de cães que causam diversas patologias nesses animais e também são geohelmintos zoonóticos que podem infectar o ser humano via solo. O controle do estágio adulto destes nematóides é baseado na utilização de anti- helmínticos, no entanto, o uso de agentes biocontroladores pode ser uma medida complementar reduzindo a população dos estágios pré-parasitários em desenvolvimento no solo. Isto se justifica pelo fato de que cães vadios parasitados são os principais responsáveis pela infestação ambiental com ovos de ancilostomídeos veiculados nas fezes. Dentre os organismos biocontroladores, sabe-se que os fungos nematófagos predadores têm tido eficácia contra os nematóides de animais domésticos. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi testar diversos isolados de fungos predadores, selecionando o mais infectivo para ser utilizado no controle da forma larval infectante (L3) de Ancylostoma spp. no solo sob condições semi-naturais. O fungo Duddingtonia flagrans (Isolado CG768) foi considerado o mais infectivo devido à redução do número de L3 recuperadas e pela característica de produzir numerosos esporos de resistência capazes de sobreviver no solo, prolongando a vida do fungo na ausência da presa. A infectividade deste isolado pôde ser observada em micrografias eletrônicas de varredura que mostraram a destruição completa da L3 de Ancylostoma spp. em cerca 48 horas após a captura. Para testar o seu antagonismo no ambiente foi utilizado um sistema prático e economicamente viável de produção massal de inóculo fúngico em grãos de arroz branco e grãos de milho moído. O fungo foi incorporado ao solo colonizado em grãos de milho moído tendo como parâmetro a concentração de 10.000 clamidósporos/g de solo, efetiva em ensaios in vitro preliminares. Tal abordagem provavelmente favoreceu o estabelecimento do antagonista, havendo redução significativa da população do nematóide alvo em solo não tratado sob condições semi- naturais, mostrando o potencial regulador deste agente biológico.
The nematodes of the genus Ancylostoma are cosmopolitan endoparasites of dogs that cause various diseases in these animals and also are zoonotic geohelminths that can infect humans from soil. The control of the adult stage of these nematodes is based on the use of anti-helminthic; however, the use of biocontrol agents may be an additional measure reducing the population of preparasitic stages in development in the soil. This is justified by the fact that stray dogs parasitized are primarily responsible for environmental infestation with hookworm eggs transmitted in faeces. Among the biocontrol organisms, it is known that nematode-trapping fungi have been effective against nematodes of domestic animals. In this context, the objective of this study was to test various fungi isolated of predacious fungi, selecting the most infective for use in the control of infective larval form (L3) of Ancylostoma spp. in soil under semi-natural conditions. The Duddingtonia flagrans fungus (Isolate CG768) was considered the most infective due to the reduction in the recovery of the target nematode L3 and by the characteristic of producing many spores of resistance that can survive in soil, prolonging the life of the fungus in the absence of prey. The infectivity of this isolate could be observed in scanning electron micrographs that showed the destruction of L3 of Ancylostoma spp. in about 48 hours after capture. To test the antagonism in the environment it was used a practical and economically viable system of mass production of fungal inoculum in grains of white rice and milled maize. The fungus was incorporated into the soil colonized in milled maize, taking as parameter the concentration of 10,000 chlamydospores/g of soil, previously effective in vitro tests. This approach probably favored the establishment of the antagonist with significant reduction of the target nematode population in untreated soil under semi-natural conditions, showing the potential regulator of this biological agent.
Palavras-chave: Controle biológico
Ancylostoma spp
Cães
Biological control
Ancylostoma spp
Dogs
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Doutorado em Medicina Veterinária
Citação: MACIEL, Alessandro Spalenza. Nematode-trapping fungi in the control of dog s hookworms. 2009. 111 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1432
Data do documento: 2-Jul-2009
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.