Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/14584
Tipo: Artigo
Título: Exigência de lisina para mantença determinada com galos de diferentes genótipos
Autor(es): Siqueira, Jefferson Costa de
Sakomura, Nilva Kazue
Rostagno, Horacio Santiago
Bonato, Melina Aparecida
Pinheiro, Sandra Regina Freitas
Nascimento, Dáphinne Cardoso Nagib
Abstract: Para estimar as exigências de lisina digestível para mantença de galos adultos de diferentes genótipos e pesos corporais (Leghorn, ISA Label e Cobb 500), foram conduzidos três ensaios de metabolismo empregando-se a técnica do balanço de nitrogênio (BN). As aves foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com cinco níveis de lisina digestível e seis repetições, sendo as unidades experimentais compostas por uma (ensaios 1) ou duas aves (ensaios 2 e 3). Em cada ensaio, a exigência de lisina para mantença foi obtida por meio da regressão linear do balanço de nitrogênio (mg/kg0,75/dia) pelo consumo de lisina digestível (mg/kg0,75/dia) e definida pelo consumo de lisina digestível necessário para manter o balanço de nitrogênio igual a zero. Para comparar as respostas dos diferentes genótipos, os dados de balanço de nitrogênio obtidos nos ensaios foram analisados por teste de paralelismo, utilizando-se como variável classificatória o genótipo e como covariável o consumo de lisina digestível. A exigência de lisina digestível, quando estabelecida com base no peso metabólico, não variou entre os genótipos e foi definida pela equação geral: BN = _122,163 + 2,706 CLis (P<0,001; r2 = 0,67). Com base nesta equação, estimou-se a exigência de lisina digestível em 45,1 mg/kg0,75/dia (32,3 mg/kg/dia), independentemente do genótipo. Quando estabelecidas com base no conteúdo e no grau de maturidade da proteína corporal, as exigências de lisina para mantença de galos Leghorn, ISA Label e Cobb 500 são de 173,6; 164,0 e 140,9 mg/PBm0,73.u/dia, respectivamente.
To estimate the digestible lysine requirements for maintenance of roosters of different genotypes and body weight (Leghorn, ISA Label and Cobb 500), it was carried out three metabolic trials using the nitrogen balance (NB) technique. The birds were distributed in a completely randomized design with five levels of digestible lysine and six replications, and the experimental units consisted of one (trial 1) or two birds (trial 2 and 3). In each trial, the requirement of lysine for maintenance was obtained by linear regression of nitrogen balance (mg/kg0.75/day) by digestible lysine intake (mg/kg0.75/day), defined by the digestible lysine intake required to maintain nitrogen balance equal to zero. To compare the responses from the different genotypes, the nitrogen balance data obtained in the trials were analyzed by parallelism test, using the genotype as a classificatory variable and the digestible lysine intake as covariate. The requirement of digestible lysine did not vary among the genotypes, when it was established on the basis of metabolic weight, and was defined by the general equation: NB = _122.163 + 2.706 CLYS (P<0.001, r2 = 0.67). Based on this equation, it was estimated the requirement of digestible lysine at 45.1 mg/kg0,75/day (32.3 mg/kg/day), regardless to the genotype. When they are established based on the content and degree of maturity of body protein, the lysine requirements are 173.6, 164.0 and 140.9 mg/PBm0.73.u/day for roosters Leghorn, ISA Label and Cobb 500, respectively
Palavras-chave: Aminoácidos
Balanço de nitrogênio
Frangos de corte
Método fatorial
Editor: Revista Brasileira de Zootecnia
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982011000400015
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/14584
Data do documento: 28-Abr-2010
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
15.pdftexto completo129,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.