Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1474
Tipo: Tese
Título: Fármacos isolados ou combinados no tratamento de ratas com osteoporose induzida
Título(s) alternativo(s): Isolate orcombineduse of drugs in treatment of rats with induced osteoporosis
Autor(es): Amaral, Gláucia Guimarães
Primeiro Orientador: Valadares, Rilene Ferreira Diniz
Primeiro coorientador: Pinto, Aloísio da Silva
Segundo coorientador: Valente, Fabrício Luciani
Primeiro avaliador: Rennó, Luciana Navajas
Segundo avaliador: Louzada, Mario Jefferson Quirino
Terceiro avaliador: Detmann, Edenio
Abstract: Dois experimentosforam conduzidos,utilizando 108 ratas Wistar, com o objetivo de avaliar os efeitos do uso isolado ou combinado de alendronato, atorvastatina e ipriflavona no tratamento da osteoporose induzida por ovariectomia ou por glicocorticoide.A ovariectomia foi feitaem 48 ratas Wistar por incisão retroumbilical e a indução por glicocorticoide foi feita em outras 48 ratas Wistar pela administração semanal de dexametasona, por via intramuscular, na dose de 7,5 mg/Kg de peso corporal, durante cinco semanas. Após 75 dias da cirurgia e ao final da quinta semana da administração de dexametasona, oito tratamentos com seis repetições foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado aos 48 animais de cada grupo. Os tratamentos foram controle, sem medicação; D1 - 0,06 mg de alendronato; D2 - 0,36 mg de atorvastatina; D3 - 30 mg de ipriflavona; D1+D2 - 0,03 mg de alendronato + 0,18 mg de atorvastatina; D1+D3 - 0,03 mg de alendronato + 15 mg de ipriflavona; D2+D3 - 0,18 mg de atorvastatina + 15 mg de ipriflavona; D1+D2+D3 - 0,02 mg de alendronato + 0,12 mg de atorvastatina + 10 mg de ipriflavona. Dois gruposcompostos por seis animais cadaforam mantidos sem indução e submetidos ao estresse de aplicação intramuscular de solução fisiológica ou à SHAM cirurgia, para comparação com os grupos osteoporóticos sem medicação. A medicação foi administrada durante 30 dias. Foi feita uma coleta de amostra de sangue de cada animal antes da eutanásia para avaliação de parâmetros bioquímicos séricos. Após a dissecção do tecido muscular, os ossos fêmur e tíbia foram coletados para estudo densitométrico, biomecânico e histomorfométrico. Os parâmetros bioquímicos séricos e ósseos dos grupos osteoporóticos medicados foram comparados ao grupo sem medicação, utilizando o procedimento GLM do SAS e o teste Dunnett a 0,05. Para a comparação entre os grupos sem indução e os osteoporóticos sem medicação e entre as formas de indução foi avaliado o intervalo de confiança das médias. Para todos os Entre os grupos não induzido e procedimentos estatísticos adotou- osteoporótico sem medicação, em ambas formas de indução, não houve diferença (P>0,05) para os parâmetros bioquímicos séricos, entretanto, foi observada menor (P<0,05) densidade mineral óssea areal e volume trabecular ósseo, para os grupos osteoporóticos. Os medicamentos não afetaram os parâmetros bioquímicos séricos, mas aassociação de ipriflavona e atorvastatina ou a associação tripla (incluindo o alendronato) aumentou (P<0,05) a densidade mineral óssea areal e o volume trabecular ósseo.Conclui-se que essas associações ipriflavona e atorvastatina ou a associação triplapodem ser uma alternativa ao uso isolado do alendronato, apresentando como vantagem a redução da dose e dos efeitos colaterais.
Two experiments were conducted using 108 female Wistar rats to evaluate theeffects of isolate or combined use of alendronate, ipriflavone and atorvastatin in treatment of ovariectomy or glucocorticoid-induced osteoporosis. The ovariectomy was performed by retroumbilical incision in 48 female Wistar rats and theintramuscular administration of dexamethasone in other 48 female Wistar rats was performed at a dose of 7.5 mg/kg body weight, once a week,during 5 weeks. Seventy-five days after surgery and at the end of the fifth week of dexamethasone administration, eight treatmentswere distributed to the rats in random design, resulting in 6 replications per treatment.The treatments were: control without medication; D1 - 0.06 mg alendronate; D2 - 0.36 mg atorvastatin; D3 - 30 mg ipriflavone; D1 + D2 - 0.03 mg alendronate + 0.18 mg atorvastatin; D1 + D3 - 0.03 mg alendronate + 15 mg ipriflavone; D2 + D3 - + 0.18 mg atorvastatin + 15 mg ipriflavone; D1 + D2 + D3 - 0.02 mg alendronate + 0.12 mg atorvastatin + 10 mg ipriflavone. Two groups, each of them with six animals, were maintained without induction and subjected to salineintramuscular administration or SHAM surgery for comparison the osteoporotic groups without medication. The medication was administeredfor 30 days. Blood samples were collected prior to euthanasia for evaluation of serum biochemical parameters. After dissection of muscle tissue, tibia and femur bones were collected for densitometric, histomorphometric and biomechanical study. Serum biochemical and bone parameters of the osteoporotics treated groups were compared to the group without medication, using the GLM procedure of SAS and the Dunnett test. Effects of osteoporosis and type of osteoporosis-induction was evaluated by confidence interval of the mean. For all statistical procedures was adopted = 0.05. There were no difference (P > 0.05) for serum biochemical parameters between groups without induced-osteoporosis and osteoporotic without medication, in both forms of induction, however, lower (P < 0.05) areal bone mineral density and bone trabecular volumewere observed for osteoporotic groups. The drugs did not affect serum biochemical parameters, but the combination of ipriflavone and atorvastatin or the triple combination (including alendronate) increased (P < 0.05) areal bone mineral density and bone trabecular volume. We conclude that the association of ipriflavone and atorvastatin or triple association may be an alternative to the isolate use of alendronate, showing the advantage of reducing the dose and side effects.
Palavras-chave: Patologia experimental
Ratos
Osteoporose
Ovariectomia
Glicocorticoide
Experimental pathology
Rats
Osteoporosis
Ovariectomy
Glucocorticoids
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Doutorado em Medicina Veterinária
Citação: AMARAL, Gláucia Guimarães. Isolate orcombineduse of drugs in treatment of rats with induced osteoporosis. 2014. 63 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1474
Data do documento: 29-Abr-2014
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf714,5 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.